Imagem de um grupo de mulheres praticando jump.
Ultima atualização: 12 de junho de 2021

Conquistar um corpo saudável não precisa ser um sacrifício. Além de uma alimentação balanceada, é importante praticar atividade física. Para quem prioriza um esporte que queime muitas calorias, tonifique os músculos e seja divertida, precisa conhecer os benefícios do jump.

Muito mais do que saltos em uma cama elástica, os benefícios do jump englobam a saúde, beleza e felicidade. Preparamos um conteúdo completo sobre o esporte queridinho dos praticantes de atividade física.




Primeiro, o mais importante

  • O jump consiste em uma modalidade esportiva que envolve movimentos e saltos em uma mini cama elástica. A atividade é considerada aeróbica, funcional e localizada.
  • Um dos diferenciais do jump é a coreografia, que consiste em movimentos sincronizados com o ritmo da música. O jump é dinâmico e divertido, seja em aulas individuais ou em grupo.
  • Além do gasto calórico acentuado, o jump ajuda a tonificar diversos grupos musculares, especialmente dos membros inferiores.

Benefícios do jump: por que aderir às aulas?

Você deseja queimar calorias, definir a musculatura e participar de uma atividade divertida? Então você pode aderir às aulas de jump, uma modalidade aeróbica, funcional e localizada que consiste em movimentos dinâmicos no embalo de músicas animadas. Como você já pode imaginar, existem diversos benefícios associados ao jump, como vamos detalhar abaixo.

Imagem de um grupo de mulheres fazendo aula de jump.

O jump é uma atividade física com muitos benefícios para a saúde do corpo e da mente. (Fonte: Mariah Solomon/ Unsplash.com)

Ajuda a emagrecer

Como o jump é uma atividade física de ritmo intenso, o gasto calórico é proporcional. Numa aula com 50 minutos é possível queimar 600 calorias ou mais, dependendo da intensidade dos movimentos.

Nesse sentido, o jump é uma das principais atividades físicas para quem deseja queimar calorias, gordura localizada e conquistar um corpo esbelto.

Melhora nos aspectos cognitivos

Os movimentos do jump também podem ajudar nos aspectos cognitivos, pois auxiliam no desenvolvimento dos hemisférios direito e esquerdo. Como consequência você adquire maior consciência espacial, fique mais alerta, com melhor capacidade de leitura e memorização.

Aumento na circulação de oxigênio

Por causa do ritmo intenso da aula, o jump ajuda a promover oxigenação no organismo, pois os movimentos demandam maior aporte de oxigênio. Como resultado, ocorre o fortalecimento do sistema respiratório.

Melhora na capacidade cardiovascular

Além do aumento de oxigenação, ocorre aumento da circulação sanguínea, melhorando a capacidade cardiovascular. Além de melhor desempenho físico durante o esporte, você também notará maior disposição nas atividades do cotidiano.

Fortalecimento da estrutura óssea

Durante os saltos do jump, ocorre uma pressão suave nos ossos que ao invés de desgastar ajuda a fortalecer essas estruturas, prevenindo problemas ósseos. Quando você realiza esses exercícios de maneira regular, ocorre aumento da densidade óssea em cerca de seis meses.

Quem possui alguma condição pré-existente na estrutura óssea, como a osteoporose, já está com os ossos fracos, portanto, a atividade é contraindicada.

Ganho de definição muscular

O jump proporciona ganho de volume e definição muscular, principalmente nos membros inferiores como coxas, panturrilhas e glúteos. Por causa dos exercícios com o peso do próprio corpo, o jump também ajuda a definir os músculos do abdômen que atuam como estabilizadores dos movimentos.

Baixo impacto nas articulações

Por causa da superfície elástica da cama elástica que cede com a aceleração e desaceleração dos saltos, ocorre diminuição de cerca de 80% do impacto nas articulações dos tornozelos, joelhos e quadril, diminuindo o desgaste e as chances de lesões.

Imagem de um trampolim.

O jump não prejudica as articulações. (Fonte: Spikeball/ Unsplash.com)

Fortalecimento do assoalho pélvico

Como os exercícios do jump ajudam a fortalecer os músculos do core, também conhecidos como músculos estabilizadores, ocorre o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico, o que pode auxiliar no tratamento de homens e mulheres com incontinência urinária.

Melhora no sistema linfático e desintoxicação

Outro benefício do jump é estimular o sistema linfático, que compõe uma rede de órgãos e é fundamental para livrar o organismo de toxinas e células mortas, atuando como um antioxidante.

Uma comparação interessante é que uma aula de jump corresponde a uma sessão de drenagem linfática, pois aumenta em cerca de 30 vezes a circulação do líquido linfático.

Reduz a aparência das celulites

Outra consequência da eliminação de toxinas é a diminuição da celulite e inchaço causado pela retenção de líquidos. Isso ocorre também por que a queima calórica favorece a eliminação de gordura.

Não podemos deixar de mencionar, que a contração dos músculos promove uma compressão em direção aos vasos linfáticos causando uma pressão na bexiga, dando vontade de fazer xixi.

Ganho de coordenação motora

Os movimentos e saltos, também ajudam na coordenação motora, principalmente pela necessidade de sincronizar os movimentos dos braços, pernas e manter uma boa postura. Por causa da superfície instável, ocorre melhora no equilíbrio.

Reduz o estresse

A prática regular de aulas de jump também ajuda a diminuir o estresse. Outros benefícios são estabilização do sistema nervoso e redução dos sintomas associados à ansiedade e depressão, devido a liberação de serotonina.

Aula dinâmica e divertida

A coreografia que sincroniza movimentos variados com o ritmo de diversas músicas fazem do jump uma atividade divertida e dinâmica. Além disso, os movimentos alternados categorizam os exercícios como aeróbicos, funcionais e localizados.

Imagem de uma aula de jump.

As aulas de jump são muito dinâmicas e divertidas. (Fonte: 123mn/ 123RF.com)

Aumenta os resultados de outros exercícios

Praticar jump também pode ajudar a aumentar os resultados de outras modalidades físicas e esportes, pois aumenta o condicionamento físico, melhora a postura, aumenta a coordenação motora e equilíbrio.

Qualquer pessoa pode praticar jump?

Embora o jump não prejudique o organismo em nenhum aspecto, algumas condições de saúde não favorecem a prática de jump:

  • Labirintite
  • Problema na coluna
  • Problemas nas articulações 
  • Doenças cardíacas
  • Gestação

Resumo

Se você chegou aqui, temos certeza que você deve estar animado para começar a praticar este esporte e aproveitar os benefícios do jump, certo?

É importante mencionar que antes de praticar qualquer atividade física, é necessário realizar uma avaliação física. Para melhores resultados, associe as aulas de jump com uma alimentação balanceada.

(Fonte da imagem destacada: Mariah Solomon/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas