Bola de vôlei.
Ultima atualização: 29 de junho de 2021

Como escolhemos

18Produtos analisados

15Horas investidas

4Estudos avaliados

88Comentários coletados

Seja para se divertir, se exercitar ou jogar profissionalmente, quem curte voleibol precisa investir na bola de vôlei certa. Até porque, existe uma bola ideal para cada modalidade e categoria. Por isso, nosso artigo de hoje vai ajudar você a identificar a melhor bola.

Infantil, profissional, nível iniciante ou intermediário, para quadra ou areia. As bolas de vôlei são bem diferenciadas e devem ser escolhidas de acordo com o seu objetivo e experiência no esporte. Para facilitar sua pesquisa, também vamos mostrar quais os modelos mais populares à venda.




O mais importante

  • As características da bola de vôlei se diferenciam para melhorar a sua performance dependendo do estilo de jogo, seja na areia ou na quadra.
  • Além do material de fabricação, é importante levar em conta o design e o peso da bola.
  • Para investir na melhor bola de vôlei, você também precisa considerar se a partida será infantil, amadora ou profissional.

Bola de vôlei:nossa recomendação dos melhores produtos

Aqui você descobre quais são as bolas de vôlei mais populares. Confira e compre a melhor para você:

Guia de compra: o que você precisa saber sobre bola de vôlei

Não pense que toda bola de vôlei é igual. E nem que seja difícil entender a diferença entre os vários modelos. No Guia que começa agora, vamos tirar todas as suas dúvidas para que você escolha a sua bola com confiança.

Partida de voleibol na quadra.

A bola de vôlei é o instrumento mais importante em uma partida. (Fonte: marcellomigliosi1956/Pixabay)

Bola de vôlei de praia x de quadra: Qual a diferença?

Antes de mais nada é preciso pontuar que a bola de vôlei de praia não deve ser usada na partida que rola na quadra e vice-versa. Isso porque cada bola é feita, primeiramente, de acordo com a modalidade do esporte. E isso é importante para garantir uma melhor performance para os jogadores durante as partidas.

Assim, embora à primeira vista as bolas de areia e de quadra sejam, de fato, muito parecidas, existem diferenças na circunferência, na pressão de calibragem e no material com a qual elas são fabricadas.

A bola de vôlei de quadra, por exemplo, é menor e, por isso, é perfeita para garantir uma maior velocidade nos saques, cortadas, levantamentos, bloqueios e recepções.

Para identificar a bola de vôlei de quadra você deve levar em conta a circunferência que tem uma medida padrão entre 65 e 67 cm. Em seguida, verifique a pressão da calibragem da bola. O mais recomendado é que essa medida varie de 0,3 e 0,325 kg/cm².

Homem jogando vôlei de praia.

A bola do vôlei de praia precisa ser resistente à umidade e a areia. (Fonte: valentinaalemanno/ Pixabay)

Outro ponto que varia entre a bola de vôlei de quadra e de praia é o material de confecção, que garante não apenas a resistência e durabilidade do acessório, mas também um melhor desempenho nas jogadas.

O mais comum é que a bola de quadra seja revestida com material sintético, como a microfibra ou o couro.

Já a bola de vôlei de praia precisa, obrigatoriamente, ser feita com material impermeável. Bons exemplos são o PVC e o poliuretano, que além de impedirem que a bola absorva água da chuva e suor, também são mais resistentes aos atritos com a areia.

Além disso, a bola de vôlei de areia é maior do que a de quadra, e a circunferência e a calibragem variam, respectivamente, de 66 e 68 cm e 0,175 e 0,225 kg/cm². Abaixo, você confere um resumo que mostra as características de cada tipo de bola:

Bola de vôlei de praia Bola de vôlei de quadra
Material Sintético, como a microfibra e o couro Impermeável, como o PVC e o poliuretano
Circunferência Entre 65 e 67 cm Entre 66 e 68 cm
Pressão da calibragem De 0,3 e 0,325 kg/cm² De 0,175 e 0,225 kg/cm²

Como diferenciar a bola de vôlei infantil, amadora e profissional?

Depois de determinar a bola de vôlei ideal de acordo com a modalidade do esporte, é preciso considerar que existem bolas diferentes para cada categoria, que pode ser: infantil, amadora ou profissional.

E, é claro, dentre de cada uma delas, ainda existem os níveis iniciante, intermediário e avançado. Para as crianças, os modelos de bola infantis são mais leves e macias justamente para evitar que os pequenos se machuquem nos saques, cortadas e na manchete.

Jogadora se preparando para sacar bola de vôlei.

A bola de vôlei profissional é mais pesada e dura. (Fonte: TaniaVdB/ Pixabay)

A bola de vôlei mais indicada para jogadores que estão começando a aprender as regras do esporte também terá um toque mais macio.

É somente quando tratamos de treinos profissionais e competições que podemos considerar uma bola de vôlei dura. Até porque os jogadores dessa categoria tem uma musculatura mais forte, já que praticam alongamento e exercícios de alta intensidade.

Por que a bola de vôlei profissional precisa de certificação?

Em competições oficiais de voleibol, além das regras do jogo e da quadra que seguem padrões internacionais, também existe uma bola oficial.

Por isso, para saber se a bola de vôlei é profissional, procure o selo de certificação da Federação Internacional de Voleibol (FIVB). As bolas que possuem esse selo passaram por testes para garantir peso, pressão, material e design adequados.

Como cuidar da bola de vôlei?

Além de escolher a melhor bola de vôlei, e praticar bastante para dominá-la, você também deve saber como cuidar desse acessório para preservar e aumentar a sua vida útil, e também evitar lesões e desconforto durante as jogadas. A seguir, você confere algumas recomendações para cuidar da bola de vôlei:

  • Não deixe sua bola de vôlei murcha, já que isso pode deslocar o gomos e inutilizar o acessório;
  • Não deixe a bola cheia demais para não causar dor e lesões durante as partidas;
  • Asfalto e piso com com pedras e terra podem acelerar o desgaste, rasgar e furar o revestimento da bola;

Critérios de compra: O que verificar ao comparar as bolas de vôlei

Até aqui, nós vimos que, para escolher a melhor bola de vôlei, você precisa considerar a modalidade do jogo, a categoria e o nível dos jogadores. Mas para aumentar o seu desempenho na partida e garantir a sua segurança, recomendamos que você também verifique os componentes abaixo:

Modalidade

Como vimos, existe uma bola de vôlei ideal para cada modalidade do esporte. Por isso, o primeiro critério que você deve levar em conta na hora de comprar a sua bola é se ela será usada em partidas na areia ou na quadra.

Não se preocupe tanto com as especificações, no entanto, porque, de modo geral, as melhores fabricantes já indicam no anúncio ou na embalagem que a bola é para uso na praia ou em ambientes internos.

Peso e firmeza

Também mencionamos que as bolas mais pesadas devem ser usadas apenas por profissionais, já que elas podem ser mais difíceis de dominar e podem causar lesões.

Nesse caso, você vai encontrar modelos com peso variando entre 260 a 280 gramas. Isso vale para os jogos oficiais, tanto na areia quanto na quadra.

No entanto, para as crianças, as bolas de vôlei recreativas precisam ter um peso indicado de acordo com a idade. Veja:

  • Até os 11 anos: A bola de vôlei deve pesar entre 200 a 220 gramas;
  • Dos 11 aos 13 anos: O peso da bola deve variar entre 230 e 250 gramas;
  • A partir dos 13 anos: A bola pode pesar acima de 260 gramas.

Tecnologias de impermeabilidade

As bolas de vôlei também acompanharam a evolução da tecnologia. Tanto é que, hoje em dia, você vai encontrar opções mais resistentes, principalmente no que se refere à impermeabilização.

Essas tecnologias variam bastante dependendo da marca fabricante da bola. Mas nós listamos as características das principais a seguir:

  • Termotec: Essa tecnologia garante impermeabilidade total à bola de vôlei;
  • Ultra Fusion: Com esse recurso, o revestimento da bola é reforçado com dupla camada de cola;
  • Anti-suor: Aqui, a bola de vôlei resiste ao suor e à umidade;
  • TwinSTLock: Essa função serve para impedir que a bola absorva água.

Coloridas ou não

A cor de uma bola de vôlei vai muito além da estética. Afinal, com a velocidade com que a bola cruza a rede, é preciso que ela fique visível aos jogadores. Por isso, existe uma combinação de cores ideal para cada modalidade.

Na quadra, a bola de vôlei costuma ter cores mais claras que contrastam com a tonalidade da própria quadra. Já no vôlei de areia, as cores da bola são mais fortes para facilitar a visualização mesmo sob a luz do sol.

Resumo

A bola de vôlei precisa ser adequada para cada modalidade, seja na areia ou na quadra. Além disso, existe uma bola ideal para cada jogador, que pode ser criança, amador ou profissional.

Para acertar na compra da melhor bola de vôlei, portanto, leve em conta o material de fabricação, a calibragem, o peso, as tecnologias de impermeabilização e as cores.

(Fonte da imagem destacada: TaniaVdB/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas