Imagem de equipamentos esportivos.
Ultima atualização: 25 de junho de 2021

Como escolhemos

14Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

78Comentários coletados

Quem busca ganho de performance em modalidades esportivas como futebol, vôlei, basquete e corrida, precisa desenvolver certas habilidades como arranque, explosão, força e resistência. Todas essas habilidades podem ser adquiridas com um cinto de tração.

Este mesmo equipamento também serve para exercícios direcionados para o reganho de condicionamento físico, após afastamento por lesão muscular ou cirurgia. Se é de um cinto de tração que você precisa para começar a treinar, continue a leitura deste conteúdo especial.




Primeiro, o mais importante

  • A escolha de um cinto de tração depende de alguns fatores como esporte praticado pelo atleta, espaço em que será realizado o treino e objetivos a curto, médio e longo prazos.
  • O cinto de tração é desenvolvido para realizar exercícios de explosão e arranque, movimentos laterais, oblíquos, posteriores e deslocamentos frontais curtos.
  • O ideal é que você utilize um cinto de tração em um ambiente que disponha de pelo menos seis metros quadrados para que você possa se exercitar.

Melhores modelos de cinto de tração: nossas recomendações

O cinto de tração é um dos melhores equipamentos de preparação para outros esportes como corrida, futebol, vôlei e basquete, pois permite que você desenvolva as competências e técnicas necessárias para melhorar sua performance nesses outros esportes. Para ajudá-lo a encontrar o melhor cinto de tração, preparamos uma lista com algumas opções de compra:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre cinto de tração

A habilidade esportiva não é desenvolvida apenas com a prática de determinado esporte. Também é necessário realizar exercícios complementares para desenvolver diferentes técnicas. Para auxiliá-lo nesta trajetória, utilize um cinto de tração. Vamos esclarecer quais são as funcionalidades e características deste acessório neste guia de compra.

Imagem de pessoas praticando treino funcional.

O cinto de tração é um excelente equipamento de preparação esportiva e reabilitação muscular. (Fonte: Gabin Vallet/ Unsplash.com)

Qual a finalidade de um cinto de tração?

Em esportes como futebol, basquete e vôlei, uma das principais habilidades requeridas é a capacidade de arranque, também chamada de explosão, que consiste no ganho de aceleração e força durante o deslocamento do atleta pelo campo ou quadra. Quem pretende começar a correr também pode utilizar um cinto de tração durante o treino.

Para desenvolver essas habilidades, além de treinar tais esportes, é importante que você realize treinos estacionados regularmente, utilizando um cinto de tração, um equipamento colocado em volta de sua cintura e preso a uma estrutura fixa para simular diferentes movimentos realizados no esporte.

Existem versões básicas e elaboradas de um cinto de tração, com elásticos extensos que ajudam no preparo esportivo de um ou dois atletas. Esses novos modelos surgiram para atender as necessidades dos preparados físicos e atletas.

Falando neles, é fundamental que o treino estacionado seja acompanhado por um profissional de educação física, que será capaz de avaliar seu condicionamento físico, nível de habilidade e necessidades e indicar exercícios alinhados com seus objetivos.

Como é a dinâmica de um cinto de tração?

Um cinto de tração funciona da seguinte maneira: quanto maior o comprimento do elástico, maior o percurso resistido, no entanto a resistência é menor. Quando o elástico é menor, a resistência acontece instantaneamente.

Quando o elástico é esticado na metade do percurso de alongamento ocorre uma resistência de 1,5 Kg, em 75% do percurso, essa resistência sobe para 2,5 Kg e em 100% do percurso finaliza em 5,5 Kg.

Imagem de um homem se preparando para correr.

O cinto de tração também pode ajudar quem corre como atividade esportiva profissional ou amadora. (Fonte: nappy/ Pexels.com)

Quais são os diferentes modelos de cinto de tração?

Existem diferentes modelos de cintos de tração. Cada modelo possui suas características e indicações de uso. Conheça suas opções abaixo:

Cinto de tração individual

O modelo tradicional consiste em um cinto de tecido, faixas elásticas conectadas a uma peça que serve para prender o cinto de tração a um ponto estático.

Este modelo pode ser utilizado em qualquer ambiente, desde que você disponha de pelo menos três metros para se exercitar. Você pode praticar exercícios de arranque, explosão, corrida estática, deslocamento em percurso curto nas direções frontais, laterais ou posteriores.

Cinto de tração lateral

Este modelo é desenvolvido especialmente para desenvolver os movimentos para as laterais direita e esquerda, muito importantes para atletas que atuam como jogadores de voleibol, goleiro ou tenista.

O cinto de tração lateral tem como diferencial duas estruturas por onde saem os elásticos, permitindo que o atleta corra em direções oblíquas, aumentando o dinamismo do treino. Este modelo também permite o desenvolvimento da técnica de deslocamento em longo percurso, em que os movimentos ocorrem de maneira progressiva.

Quais são os principais benefícios do cinto de tração?

O cinto de tração é um acessório muito utilizado por preparadores físicos em quase todos os treinamentos esportivos e em diversas aplicações do treino estacionado. Uma das principais contribuições do cinto de tração é o fortalecimento dos músculos do core, conhecidos por serem músculos estabilizadores.

Mas existem outros benefícios como desenvolvimento da capacidade de arranque ou explosão, habilidade de se mover para frente, para os lados e para trás rapidamente, técnicas fundamentais em esportes como futebol, vôlei e basquete.

Imagem de um homem jogando futebol.

O cinto de tração é um equipamento esportivo imprescindível para quem joga futebol. (Fonte: RODNAE Productions/ Pexels.com )

Critérios de compra: como comparar os modelos de cinto de tração

Os cintos de tração não são todos iguais e as diferenças entre os modelos podem fazer um equipamento ser adequado ou completamente inadequado de acordo com seu condicionamento e habilidade físicas. Pensando nisso, preparamos uma lista com os principais critérios de compra que devem ser analisados e comparados em busca do modelo ideal:

Comprimento do elástico

Antes de comprar seu cinto de tração, sugerimos que você analise o comprimento do(s) elástico(s) em sua(s) forma(s) original(is) e em sua(s) versão(ões) alongada(s), conforme a tabela de referência que preparamos abaixo:

Comprimento do elástico em descanso Estiramento máximo
Elástico pequeno com 60 cm de comprimento Estica em até 210 cm
Elástico pequeno com 100 cm de comprimento Estica em 350 cm
Elástico médio com 150 cm de comprimento Estica em até 525 cm
Elástico grande com 200 cm de comprimento Estica em até 700 cm
Elástico duplo com 200 cm cada Estica em até 1400 cm

Como você pôde notar com a leitura da tabela, o(s) elástico(s) em um cinto de tração tem a capacidade de esticar em 3,5 vezes o tamanho original.

Respeite essa medida de referência, para não danificar o equipamento, pois quando o elástico é esticado além de seu limite, pode ocorrer afrouxamento do material, perdendo a eficiência ou mesmo pode estourar o elástico, causando acidentes graves. Dica: escolha um cinto de tração com elásticos revestidos em tecido.

Cinto de tração tradicional ou lateral

Conforme mencionamos anteriormente, existem dois modelos de cintos de tração. O modelo tradicional é ideal para exercícios de explosão, arranque, deslocamento em percurso curto e em diferentes direções e corrida estacionária.

O cinto de tração lateral também serve para esses movimentos, especialmente nas direções direita e esquerda. Outro diferencial deste modelo é a aplicação da técnica de deslocamento em longo percurso.

Qualidade do cinto

É muito importante que você analise a qualidade do cinto de tração no que diz respeito ao cinto propriamente dito. A peça precisa ser confeccionada em material resistente, oferecer tamanho ajustável e conforto, pois exercerá pressão em sua barriga.

Sistema de fixação

Outra característica que julgamos importante mencionar é que você deve analisar o sistema de fixação do cinto de tração. É interessante escolher um modelo que acompanhe uma alça fixadora ou prolongadora para ancorar uma segunda pessoa e realizar o treino em dupla.

Mas é importante que o equipamento seja 100% seguro, para não causar acidentes entre os membros desta dupla. Uma presilha de aço com engate rápido mantém o equipamento bem ajustado e prolonga a vida útil do mesmo.

Tensão gerada pelo (s) elástico (s)

É muito importante que você cheque se o cinto de tração escolhido oferece tensão suave, média ou forte e qual é a carga exercida pelo(s) elástico(s) quando o(s) elástico(s) está(ão) estendido(s) em 50%, 75% e 100%.

Lembre-se que o aumento de carga é progressivo, mas você sempre precisa verificar se a tensão e carga geradas são compatíveis com o nível de condicionamento físico, habilidade esportiva e objetivos traçados para não comprar um cinto de tração que seja ineficaz em seus treinos ou que seja muito complexo para sua pouca experiência.

Resumo

O cinto de tração é um equipamento necessário para quem pratica certas modalidades esportivas que envolvem mobilidade, amplitude de movimentos e agilidade física, pois ele desenvolve certas habilidades imprescindíveis nesses esportes como capacidade de arranque, explosão, força, resistência e velocidade.

Com as dicas que compartilhamos neste artigo, será bem mais fácil encontrar o cinto de tração alinhado com seu nível de habilidade, condicionamento físico, modalidade de treino praticada e objetivos a curto, médio e longo prazos. Qualquer dúvida, sugestão ou opinião, deixe um comentário abaixo.

(Fonte da imagem destacada: Mikhail Nilov/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas