Espirulina.

Você sente que não tem energia suficiente para enfrentar o dia? Você sofre de diabetes e/ou colesterol alto? Quer complementar sua dieta com um suplemento de alta qualidade nutricional? Se você se identifica com alguma destas situações, a espirulina pode ser uma excelente opção para o seu caso.

A espirulina é uma microalga cianofícea que oferece diversos benefícios para a saúde. Fonte de proteínas, gorduras saudáveis, vitaminas e minerais, este superalimento tem um alto valor agregado graças às suas propriedades energizantes, antioxidantes e imunoestimulantes.

O mais importante

  • A espirulina pertence ao grupo dos superalimentos porque não apenas cumpre uma função nutritiva, mas também melhora a saúde e ajuda a prevenir algumas doenças.
  • Revitalizante, desintoxicante e antioxidante, pode ser consumida em pó, em comprimidos ou em cápsulas.
  • Apta para veganos, celíacos e intolerantes ao glúten, a espirulina é um suplemento que pode elevar significativamente o nível de bem-estar de quem a consome.

Os melhores suplementos de espirulina: Nossas recomendações

No momento de escolher um suplemento de espirulina, você vai encontrar uma infinidade de marcas comerciais e formas de apresentação. A seguir, revelamos quais são as melhores opções disponíveis para que você possa definir qual é a ideal para o seu caso.

A melhor espirulina orgânica brasileira

Neste suplemento, a espirulina é cultivada no Brasil, mais especificamente nas águas puras do subsolo da Fazenda Tamanduá, no semi-árido paraibano, garantindo a ausência de contaminação por pesticidas ou metais pesados. Conta com a certificação nacional de produto orgânico. Esta embalagem vem com 360 comprimidos de 500 mg cada, sendo que a dosagem recomendada é de 3 comprimidos por dia.

A melhor espirulina em pó

Se você não se incomoda com o sabor da espirulina, esta versão em pó da Mais Nutrition pode ser uma excelente escolha. É cultivada a partir de água de nascente alcalina e extratos minerais de rochas especiais. A composição deste produto é 100% espirulina, naturalmente rica em ferro e outros nutrientes essenciais. A recomendação de consumo é adicionar 5 gramas (1 colher de chá) em 300 mL da sua bebida preferida.

A melhor espirulina para veganos e vegetarianos

Embora a espirulina em si seja vegana, na maioria dos casos as cápsulas dos suplementos que a contêm são feitas à base de produtos de origem animal, como a gelatina. No entanto, esta versão da Espirulife é 100% vegetal e não é testada em animais, tornando-se a opção perfeita para os que mantêm um estilo de vida livre de crueldade animal. A dosagem recomendada é de 3 cápsulas por dia.

A melhor espirulina importada

Este suplemento de espirulina importado da Now Foods é muito bem avaliado pelos compradores online. São 200 cápsulas de 500 mg, sendo que a recomendação nos Estados Unidos é ingerir 6 cápsulas por dia. Trata-se de uma espirulina orgânica, sem a presença de organismos geneticamente modificados, certificada pelos órgãos competentes norte-americanos. Seu consumo é apto para vegetarianos e veganos.

Guia de Compras: O que você precisa saber sobre a espirulina

Não há dúvida de que a espirulina é um superalimento com alto potencial para melhorar a saúde das pessoas. No entanto, é importante que, antes de comprá-la, você tenha todas as informações disponíveis para confirmar que se trata do suplemento certo para você.

Além disso, é preciso saber como ingeri-la corretamente para tirar proveito de todas as suas propriedades.

Esperamos poder responder a todas as suas perguntas em relação aos suplementos de espirulina nas seções a seguir.

Mulher correndo com suco verde.

Muitos estudos confirmaram que esta microalga é capaz de reduzir os níveis de colesterol e de triglicerídeos no sangue. (Fonte: Marinav: 36864940 / 123rf.com)

O que exatamente é a espirulina?

Popularmente, nos referimos à espirulina como uma alga porque ela cresce na água, tem a capacidade de fazer fotossíntese, e forma filamentos verde-azulados quando se agrupa.

No entanto, o suplemento que conhecemos como espirulina na verdade é uma cianobactéria fotossintética com formato de espiral. Quando ela cresce e atinge uma densidade suficiente, é dissecada e pulverizada para ser consumida em pó, ou administrada na forma de cápsulas e comprimidos.

O que faz com que a espirulina seja tão saudável?

Em primeiro lugar, a espirulina possui um excelente perfil nutricional, que detalhamos a seguir:

  • 57-60% do seu peso seco é composto por proteínas, as quais contêm todos os aminoácidos essenciais. Estes últimos são aqueles que os seres humanos precisam obter a partir dos alimentos ou da suplementação, pois o organismo não é capaz de sintetizá-los.
  • Aproximadamente 20% de carboidratos complexos.
  • Entre 5% e 7% de gorduras, com predomínio do ômega 3 e ômega 6.
  • Contém provitamina A (betacaroteno), vitaminas B1, B2, B3, B5, B6 e B9 (ácido fólico), e vitamina E (tocoferol).
  • Possui ferro, zinco, magnésio, manganês, potássio, selênio, cálcio e sódio.
foco

Você sabia que uma publicação histórica da UNESCO (1969) definiu a espirulina como “uma alga três vezes mais nutritiva do que um bom filé”?

Quais outros benefícios a espirulina oferece?

A espirulina oferece outros benefícios que vão além do seu aporte nutricional e que constituem uma ótima oportunidade de melhorar a saúde e o bem-estar. Por isso, ela é considerada um superalimento com propriedades:

  • Energizantes e revitalizantes
  • Imunoestimulantes
  • Antioxidantes
  • Desintoxicantes
  • Saciantes e supressoras do apetite
  • Hipoglicemiantes (redução dos níveis de glicose em jejum e após as refeições)

Por que a espirulina está se tornando tão popular?

Apesar de ser um alimento milenar, o interesse dos profissionais de saúde e pesquisadores ocidentais em relação às propriedades saudáveis desta microalga só surgiu há algumas poucas décadas.

Um dos primeiros antecedentes de reconhecimento dos benefícios da espirulina para a saúde remonta ao ano de 1974, quando a Conferência Mundial da Alimentação da Organização das Nações Unidas (ONU) a classificou como “o melhor alimento para o futuro”.

Pó verde.

Atualmente, após inúmeros estudos e pesquisas que comprovaram seus efeitos, a espirulina se tornou um dos suplementos mais consumidos. (Fonte: Chepko: 82271552 / 123rf.com)

Por que o consumo de espirulina é recomendado?

Quem consome este suplemento regularmente costuma exaltar os seus benefícios:

  • Aumento do nível de energia e sensação revitalizante. Menos cansaço e fadiga.
  • Menor apetite e maior saciedade, ou seja, a sensação de se sentir satisfeito por várias horas após as refeições.
  • Redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue.
  • Melhora da resistência à insulina e redução da glicemia.
  • Fortalecimento do sistema imunológico.

Por que o suplemento de espirulina é recomendado para combater a fadiga?

A espirulina é um concentrado de vitaminas e minerais. Muitos deles participam das reações metabólicas que ocorrem no corpo humano para obter energia dos nutrientes.

Como o cansaço pode ser o resultado da deficiência de vitaminas e minerais que participam da transformação energética, este suplemento assegura que o organismo receba os nutrientes necessários para manter níveis satisfatórios de energia.

Por outro lado, esta microalga é muito recomendada para prevenir e/ou tratar a anemia, já que proporciona uma boa quantidade de ferro e de folato. Estes dois nutrientes são fundamentais para a produção de glóbulos vermelhos na medula óssea.

É verdade que a espirulina é um suplemento quase indispensável para os veganos?

A verdade é que nenhum suplemento, por melhor que seja, é capaz de substituir uma dieta equilibrada. Portanto, a espirulina pode ser uma grande aliada para que as pessoas veganas melhorem a sua ingestão nutricional, mas a alimentação global deve ser cuidadosamente planejada e supervisionada por um nutricionista.

Esta microalga pode ser uma importante fonte proteica para os veganos por conter proteínas de alto valor biológico que proporcionam todos os aminoácidos essenciais que o corpo humano não consegue produzir por si mesmo. Além disso, é rica em ferro, zinco e folato, nutrientes que costumam ser deficientes na dieta vegana.

Os veganos podem melhorar significativamente seu estado nutricional se combinarem este suplemento com uma dieta equilibrada.

A espirulina é uma fonte de vitamina B12?

Provavelmente você vai notar que as informações nutricionais de todos os suplementos de espirulina exibem um teor considerável de vitamina B12. Alguns autores citam estas algas como fontes vegetais deste nutriente. No entanto, esta informação é equivocada e arriscada.

A espirulina contém uma falsa vitamina B12 que não é funcional. Ou seja, não cumpre o papel que a verdadeira vitamina B12 desempenha no organismo.

O arriscado é que muitas pessoas veganas acreditam que, com a espirulina (ou outra alga) podem cobrir suas necessidades desta vitamina, mas acabam desenvolvendo uma deficiência.

É bom consumir espirulina para reduzir o colesterol e os triglicerídeos?

Não há dúvidas de que os efeitos hipolipemiantes da espirulina estão entre os principais benefícios que este suplemento pode oferecer. Isso acontece graças ao seu teor de ômega 3, ômega 6 e fibras solúveis.

Há muitas evidências científicas que respaldam a eficácia dos suplementos de espirulina para reduzir o colesterol total, o colesterol LDL (“mau”) e os triglicerídeos no sangue. Isso diminui o risco de desenvolver doenças cardiovasculares, a primeira causa de morte no mundo segundo a Organização Mundial da Saúde.

O que as propriedades antioxidantes da espirulina significam?

O betacaroteno, a vitamina E e a clorofila da espirulina possuem uma capacidade antioxidante, o que significa que bloqueiam os radicais livres que causam dano oxidativo às células.

As doenças cardiovasculares, o câncer, a fibromialgia e as doenças neurodegenerativas (mal de Alzheimer, demência, mal de Parkinson) são patologias relacionadas ao estresse oxidativo. Daí a importância dos suplementos de espirulina para prevenir estas doenças.

foco

 Você sabia que o estresse oxidativo acelera o envelhecimento? Se você quer envelhecer de forma saudável, a suplementação com espirulina pode ser uma ótima alternativa. 

O uso de suplementos de espirulina tem contraindicações?

Os suplementos de espirulina costumam ser seguros para a população adulta saudável. É muito pouco provável que eles provoquem reações adversas, e não há registros de interações com medicamentos.

Ainda assim, os seguintes grupos devem consultar um médico antes de consumir espirulina para prevenir riscos e complicações:

  • Crianças;
  • Mulheres grávidas e lactantes;
  • Pessoas com doenças renais, hepáticas ou hormonais;
  • Qualquer indivíduo que esteja fazendo uso de medicamentos de forma crônica.

Por que é importante não exceder a dose diária recomendada dos suplementos de espirulina?

Geralmente, a dose recomendada de espirulina em pó é de 2 a 3 gramas diários; no caso dos comprimidos, a recomendação é de 4 a 6 unidades por dia.

É importante não exceder as quantidades mencionadas anteriormente, já que alguns nutrientes, como o ferro e a vitamina E, se acumulam no organismo e podem provocar doenças se forem consumidos em excesso.

Romina CeruttiNutricionista e dietista

“O excesso de ferro está relacionado a sintomas gastrointestinais e problemas cardíacos, enquanto a hipervitaminose E pode provocar alterações na coagulação sanguínea.”

Como fazer uso da espirulina para favorecer a perda de peso?

Para tirar proveito da capacidade saciante e supressora do apetite da espirulina, é conveniente tomar o suplemento de 15 a 30 minutos antes do almoço e do jantar, acompanhado de bastante água.

A mucilagem da espirulina retém a água e se transforma em um gel no estômago. Este gel permanece várias horas no trato digestivo, prolongando a sensação de saciedade e controlando o apetite. Desta maneira, é possível consumir menos alimentos ao longo do dia e favorecer a perda de peso.

Quais tipos de suplementos de espirulina existem e qual é o melhor para cada caso?

Os suplementos de espirulina podem ser divididos em dois grandes grupos: em pó e em comprimidos. A seguir, falaremos sobre as características de cada um, expondo suas vantagens e desvantagens.

Comprimidos e pó de espirulina.

Este superalimento é a estrela de sites e perfis no Instagram que promovem uma dieta saudável. (Fonte: Gojda: 28875574 / 123rf.com)

Espirulina em pó

A espirulina em pó pode ser encontrada em sacos ou frascos cujo conteúdo costuma variar entre os 100 e os 500-1000 gramas. É aconselhável consumir entre 2 e 3 gramas por dia, misturada com água, sucos, vitaminas, iogurte, sopas, etc.

Para escolher o suplemento em pó, é fundamental apreciar ou pelo menos tolerar bem o sabor peculiar da espirulina. Caso contrário, vai ser quase impossível consumi-la.

Espirulina em comprimidos

O suplemento em comprimidos ou cápsulas é composto pela espirulina em pó misturada com uma quantidade muito pequena de estearato de magnésio, hidroxipropilmetilcelulose ou sílica. Seu sabor é suave e basta tomá-lo com bastante água. É fácil de armazenar e transportar.

O aporte calórico do suplemento em comprimidos, assim como no caso da versão em pó, é insignificante. Quanto à composição nutricional, não há diferenças relevantes em comparação com a espirulina em pó. Os comprimidos e as cápsulas costumam exigir um trabalho digestivo maior do que o pó.

Esta é a opção ideal se você não gosta do sabor da espirulina. Além disso, se você costuma fazer suas refeições fora de casa, os comprimidos e as cápsulas são mais fáceis de transportar.

Comprimidos
Dose 2-3 gramas diários 4 a 6 unidades diárias
Sabor  Intenso, peculiar Suave
Cor Verde-azulado intenso Esverdeado
Digestão Mais rápida e eficiente Requer um maior trabalho digestivo
Versatilidade Muito versátil, se adapta a diversas receitas culinárias Não admite variações na forma de consumo
Conservação Deve ser protegido da luz e da umidade para evitar a alteração dos seus componentes Mais simples
Pureza 100% espirulina Os comprimidos de boa qualidade têm 99% de espirulina
Preço Mais econômico Mais caro

Critérios de Compra

Uma vez que você tenha decidido melhorar sua saúde e estado nutricional com o suplemento de espirulina, deve considerar algumas características para selecionar a melhor alternativa para você.

  • Sabor
  • Comodidade
  • Preço
  • Certificações
  • Presença de glúten, lactose e componentes alergênicos

Sabor

A espirulina tem um sabor intenso e distintivo, muito perceptível no suplemento em pó. Por isso, se você não gosta do sabor, deve optar pelos comprimidos ou cápsulas, que são mais suaves.

Se você vai comprar este suplemento pela primeira vez e quiser experimentar a espirulina em pó, recomendamos que escolha uma embalagem pequena, de 100 gramas, por exemplo.

Comodidade

Os comprimidos e cápsulas são muito mais cômodos de tomar, armazenar e transportar, enquanto a versão em pó precisa ser misturada com água ou outro líquido (sopas, sucos, vitaminas, bebidas vegetais, etc).

Preço

A melhor forma de comparar o custo dos suplementos é dividir o preço pelo número de doses presentes na embalagem. De modo geral, no que diz respeito ao rendimento, a espirulina em pó costuma ser mais econômica do que a versão em comprimidos.

View this post on Instagram

Conoces la ESPIRULINA? Es un tipo de alga, que tiene más hierro que la espinaca, súper recomendado para veganos/vegetarianos ya que aporta proteina, hierro y vitaminas B1, B2 y B6. 📍Si lo comparas con Carne Roja te sorprenderás de los beneficios que puede tener 100 gramos: Espirulina Carne Roja Proteina 57gr. Proteina 25gr. Calcio 12gr. Calcio 1gr Grasa 8gr. Grasa 19gr Hierro 158gr. Hierro 19gr 📍Receta: Guacamole con Espirulina 🥑 Ingredientes: -1 Aguacate -1 Limón sin semilla -1/4 de Cebolla blanca -1 manojo de cilantro -1 cucharadita de espirulina viva o una pastilla -Sal y pimienta al gusto Preparación: 1. Desinfectar los ingredientes 2. Picar la cebolla y cilantro finamente 3.Cortar el aguacate y poner su pulpa en un bowl, agregar el limón y la espirulina 4. Agregar la cebolla y cilantro 5. Revolver todos los ingredientes 6.Poner sal y pimienta al gusto! 7. Disfrutalo con unas tostadas @nomsbotanas. . . #recetaespirulina #saludable #sanabanana #healthyfood #salud #espirulina

A post shared by Sana Banana (@sana.banana.mx) on

Certificações

Este é um ponto fundamental, já que a espirulina deve ser produzida de maneira ecologicamente correta e com muito cuidado. Ela se contamina facilmente com tóxicos e metais pesados (chumbo, mercúrio, arsênico, cádmio), se estas substâncias estiverem presentes no meio de cultivo.

Além disso, as pessoas veganas devem se assegurar de que os excipientes dos comprimidos e os materiais de composição das cápsulas sejam de origem 100% vegetal.

Presença de glúten, lactose e componentes alergênicos

A espirulina é livre de glúten, lactose e componentes alergênicos, e por isso não deve conter nenhuma destas substâncias, a não ser que tenha sofrido contaminação durante sua produção ou processo de envase.

Resumo

Ao longo deste artigo apresentamos os benefícios e as propriedades da espirulina, os diferentes tipos de suplemento que existem e as características de cada um deles. Nosso objetivo é fornecer informações de qualidade para que você possa tomar a melhor decisão para a sua saúde.

Se o conteúdo deste guia foi útil e interessante para você, compartilhe para que mais pessoas possam conhecer as vantagens dos suplementos de espirulina.

(Fonte da imagem destacada: Maddlen: 29370380 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

SAUDÁVEL&FORTE
Os redatores do portal SAUDÁVEL E FORTE estão preparados para pesquisar a fundo e escrever artigos de alta qualidade e com as informações necessárias para que você saiba tudo o que precisa sobre suplementos e boa forma.