Mulher com roupa fitness realizando exercício com mini band
Ultima atualização: 26 de abril de 2021

Como escolhemos

8Produtos analisados

35Horas investidas

6Estudos avaliados

87Comentários coletados

Cansado de realizar sempre os mesmos exercícios em casa? Saiba que uma atividade específica tem ganhado cada vez mais fãs. Estamos falando dos exercícios com mini band.

Quando bem executados, os exercícios com mini band podem trazer benefícios gigantescos para os nossos músculos e articulações.

Ficou curioso? Neste artigo nós preparamos um conteúdo exclusivo para você sobre o assunto. Veja!




Primeiro, o mais importante

  • Por conta da facilidade de locomoção, os exercícios com mini band podem ser realizados em qualquer lugar.
  • Os exercícios são muito fáceis de serem realizados. Entretanto, é importante você ter acompanhamento profissional.
  • As mini bands possibilitarão o fortalecimento dos músculos, articulações e melhora da flexibilidade.

Tudo o que você precisa saber sobre exercícios com mini band

Por que você está treinando? Qual o seu objetivo? Perder gordura, ganhar massa muscular, melhorar a flexibilidade? Saber essas informações é essencial antes de começar uma série de treinos.

Já possui o objetivo claro em sua mente? Já está orientado por um profissional de Educação Física? Hora de partir para a ação!

Prepare-se, a partir de agora você conhecerá as principais informações a respeito de exercícios com mini band. Veja:

Jovem loira praticando exercício com Mini Band ao ar livre

Os mini bands são excelentes para aumentar a intensidade do treino, sem perigo machucar as articulações. (Fonte: Gustavo Fring/ Pexels.com)

Antes de mais nada, o que são e para que servem as mini bands?

As mini bands são faixas elásticas circulares, curtas e finas utilizadas para o exercício físico. A intenção dessas faixas é a de dificultar o exercício realizado apenas com o corpo e oferecer resistência ao movimento.

Elas podem trabalhar todas as partes do corpo. Continue a leitura, que em breve vamos lhe passar exercícios para os ombros, pernas/glúteos, bíceps, tríceps e costas.

Normalmente elas são vendidas em kits, com vários níveis de dificuldade. Como são fáceis de transportar, são perfeitas para quem busca praticidade.

Um exercício bem realizado pode melhorar a sua força, tônus e resistência muscular.

Um exercício bem realizado pode melhorar a sua força, tônus e resistência muscular. O mais legal é que esse equipamento oferece baixíssimo risco de lesão.

É importante ressaltar que o acompanhamento de um profissional de educação física, mesmo que de forma on-line, é de fundamental importância.

Qual mini band usar em meu exercício?

Isso vai depender de pessoa para pessoa e do nível de cada um. Os diferentes tipos de cores, geralmente representam os diversos níveis de tensão oferecidos. Essa classificação dependerá de cada marca. Porém, na maioria das vezes, as mais claras representarão baixa intensidade. Enquanto as mais escuras servirão para treinos mais pesados.

Não se esqueça de respeitar sempre o seu limite. Assim você evitará possíveis lesões.

Você encontrará no mercado marcas que oferecem resistências de 5 a 12kg. A sugestão é comprar mini bands de várias intensidades, para conseguir variar as repetições e estilos de treino.

Exercícios para realizar com o mini band

Vamos passar para você alguns exercícios bem simples que podem ser feitos em casa com a sua mini band. Pensamos em todas as partes do seu corpo. A intenção é que você faça o número de repetições indicada pelo seu professor. Veja:

Para as costas

Encaixe uma das extremidades da miniband no seu pé. Em seguida afaste uma das pernas para trás e segure a outra extremidade da mini band com a mão do lado oposto do pé que está o elástico.

Inclinando assim o seu tronco, não esqueça de manter as costas eretas. Sem mexer o corpo, apenas o braço que está segurando o elástico, faça uma puxada deste em direção ao quadril. Repita para o outro lado.

Para o tríceps

Encaixe uma das extremidades da mini band em seu punho e encoste sua mão no ombro contrário, de maneira que o elástico fique pendurado.

Com a outra mão segure a extremidade solta do elástico, e com o cotovelo encostado no corpo o tempo todo, realize o movimento de extensão do cotovelo e em seguida retorne para a posição inicial. Repita para o outro lado.

Para os ombros

Encaixe os dois punhos dentro do elástico, voltando as palmas da mão uma para outra e com os braços na altura dos ombros, com o elástico levemente tensionado.

Em seguida abra e feche os braços lateralmente sem modificar a altura os braços e sem perder a tensão do elástico.

Para o bíceps

Com o elástico encaixado novamente nos punhos, porém, desta vez os braços estarão abaixados e os punhos cerrados.

Flexione um cotovelo e em seguida o outro. O movimento será semelhante ao da rosca direta, na academia.

mulher no centro da sala sentada em um tapete de yoga no chão com uma mini band nas pernas

Fique atento à resistência da sua mini band na hora da compra. (Fonte: Gustavo Fring/ Pexels.com)

Para as pernas/glúteos

Encaixe a mini band nos joelhos, de maneira que ela fique levemente tensionada por um pequeno afastamento das pernas. Eleve uma perna lateralmente, aumentando a tensão do elástico e ficando apoiado em uma perna de base. (Você pode apoiar os braços em alguma parede ou cadeira). Repita com a outra perna.

Ainda com o elástico no joelho, faça um agachamento e pare na posição agachada. Realize dois passos laterais de forma que o elástico fique tensionado o tempo todo. Repita para o outro lado.

Qual mini band escolher?

Listamos as melhores opções disponíveis no mercado para você usar no seu treino. Veja:

Resumo

Ideais para serem realizados em qualquer lugar, os exercícios com mini band podem fazer uma tremenda diferença para você. Eles vão fortalecer suas articulações e músculos, além de melhorarem a sua flexibilidade.

Você conheceu durante o artigo os principais exercícios com mini band para os ombros, bíceps, tríceps, costas e pernas/glúteos. Além disso, também te apresentamos as melhores opções disponíveis no mercado. A partir de agora você não possui mais desculpas para não treinar, ein?

Bons treinos!

(Fonte da imagem destacada: Lesia Sementsova/123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas