Imagem de um kit funcional.
Ultima atualização: 23 de junho de 2021

Como escolhemos

29Produtos analisados

17Horas investidas

6Estudos avaliados

70Comentários coletados

O treino funcional está conquistando cada vez mais adeptos pois proporciona benefícios para o corpo todo como fortalecimento da musculatura, ganho de força, estabilidade, flexibilidade, coordenação motora e melhora na saúde. Você só precisa investir em um kit funcional.

Mas você sabe quais equipamentos compõem um kit funcional? Como usar cada um destes acessórios? Quais são os benefícios associados ao treino funcional? Quais resultados esperar? Continue a leitura e descubra.




O mais importante

  • Os equipamentos utilizados em um treino funcional são acessíveis, simples de usar e muito eficientes.
  • Embora você não precise frequentar uma academia de ginástica para realizar um treino funcional, indicamos que você procure o auxílio de um profissional de educação física, que montará um treino adequado para você e ensinará como realizar os exercícios corretamente.
  • Compõem um kit funcional: Kettlebell, mini ball, mini band, escada funcional, corda de pular, chapéu chinês, roda de exercício, fita de suspensão, cinto de tração, discos de equilíbrio, cones e bola feijão.
  • Você encontra diversas opções de kit funcional. Os mais simples são ideais para quem deseja praticar atividade física em espaços abertos como praças, parques e praias e os mais completos são indicados para profissionais e academias de ginástica.

Kit funcional : nossa recomendação dos melhores produtos

O treino funcional é ideal para quem deseja conquistar a boa forma através de exercícios dinâmicos e divertidos. Para variar nos exercícios, você precisa de alguns equipamentos que compõem um kit funcional. Confira algumas sugestões de compras listadas abaixo:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre kit funcional

Geralmente, um kit funcional é montado de acordo com o perfil de treino do praticante, nesse sentido, você precisa entender seus pontos fortes, fracos e objetivos para encontrar um conjunto que atenda às suas necessidades. Preparamos um guia de compra que ajudará a entender essa modalidade e seus acessórios.

Imagem de um homem praticando treino funcional.

O treino funcional promove inúmeros benefícios para a saúde do corpo e da mente. (Fonte: Alonso Reyes/ Unsplash.com)

O que é treino funcional?

O treino funcional consiste em exercícios baseados nos movimentos que realizamos no cotidiano, ou seja, correr, pular, agachar, puxar, empurrar, girar, entre outros.

Os exercícios são dinâmicos e executados com equipamentos básicos como anilha, bola, corda, halteres, discos, elásticos etc. Com os equipamentos em mãos, você deve realizar um circuito de exercícios elaborado de acordo com seu nível de habilidade e objetivos.

O treino funcional é ideal para quem procura uma atividade dinâmica e divertida, ou não gosta de praticar musculação, mas gostaria de conquistar ganho de massa e definição muscular.

Imagem de uma mulher treinando.

O treino funcional é ideal para quem gosta de se movimentar. (Fonte: Pixabay/ Pexels.com)

Quais são os benefícios do treino funcional?

Inúmeros benefícios estão associados ao treino funcional. Fizemos uma lista com alguns deles:

  • Fortalecimento do sistema cardiovascular.
  • Prevenção de lesões nas articulações, tendões e músculos.
  • Ganho de força, resistência, flexibilidade, agilidade e equilíbrio.
  • Redução no percentual de gordura corpórea.
  • Ganho de massa e definição muscular.

Quais equipamentos compõem um kit funcional?

Um kit funcional pode ser adquirido pronto para o treino ou você pode montar seu próprio conjunto, incluindo os equipamentos listados abaixo:

  • Kettlebell: promove força, agilidade e amplitude dos movimentos executados em diversos exercícios. Ajuda a tonificar os músculos, fortalecer as articulações e prevenir lesões nessas estruturas.
  • Mini ball: auxilia no ganho de força e resistência muscular e melhora o equilíbrio como um todo. Proporciona uma grande variedade de exercícios, especialmente o peitoral, adutores de coxa e glúteos.
  • Mini band: substitui as caneleiras e halteres nos exercícios para abdômen, adutores de coxa e glúteos. Os exercícios com mini band favorecem a força, resistência, reabilitação e alongamento, sem oferecer riscos de lesões.
  • Escada funcional: você deve realizar uma sequência de movimentos coordenados no menor tempo possível para aumentar o grau de dificuldade. O equipamento promove ganho de agilidade, equilíbrio e coordenação motora e recruta músculos dos membros superiores e inferiores.
  • Corda de pular: estimula a queima calórica, aceleração do metabolismo, perda de peso, ganho de agilidade, coordenação motora e equilíbrio. Ideal para exercitar os músculos do core e dos membros inferiores.
  • Cones: ajudam no ganho de agilidade, velocidade, coordenação motora e força. Podem ser utilizados em diferentes exercícios, pois permitem diversos movimentos como arranques, corridas e saltos.
  • Cinto de tração: promove ganho de força e resistência muscular pois atua em exercícios de arranque e explosão, bem como atividades que visam a recuperação muscular e ganho de condicionamento físico.
  • Roda de exercício: a roda dupla pode ser utilizada em exercícios para os membros superiores como peito, costas, braços, core, lombar e abdômen, ou para membros inferiores como pernas, quadris e glúteos, auxiliando no ganho de força, definição muscular e queima calórica.
  • Fita de suspensão: pode ser usada em exercícios para membros superiores ou inferiores, pois trabalha toda a musculatura e tem como benefícios o ganho de equilíbrio, coordenação motora, força, resistência e flexibilidade.
  • Discos de equilíbrio: servem para exercícios funcionais ou de reabilitação, sendo que potencializam esses exercícios por causa da instabilidade que provocam, causando ganho de equilíbrio e consciência corporal.
  • Bola feijão: apesar do nome inusitado, esse acessório promove inúmeros benefícios como ganho de força, equilíbrio, coordenação motora, condicionamento físico e reabilitação.
  • Chapéu chinês: é utilizado em diversas modalidades físicas, entre exercícios de explosão, agilidade ou arranque. Entre os benefícios, estão o ganho de condicionamento e desempenho físico.

Esses equipamentos podem ser adquiridos individualmente ou em um conjunto com diversos acessórios.

Imagem de uma kettlebell.

Diversos equipamentos compõem um kit funcional. (Fonte: Pixabay/ Pexels.com)

Quais são os kits utilizados em um treino funcional?

Além dos equipamentos que listamos na seção anterior, você pode encontrar kits de treino funcional, que contêm tudo o que você precisa para praticar o esporte:

  • Kit de agilidade: composto por cones e bastões que podem ser utilizados para formar barreiras em exercícios com movimentos para frente, para trás e para os lados, seja em treino de agilidade, velocidade, pliometria ou corrida. Além de fortalecer os músculos, ajuda no ganho de resistência física e coordenação motora.
  • Kit de argolas: são utilizadas em circuitos funcionais, que visam o ganho de agilidade, velocidade e coordenação motora e proporcionam inúmeros benefícios para o corpo como fortalecimento, resistência e tonificação muscular.
  • Kit de bolas: contém diversos tipos de bolas usadas no treino funcional com o objetivo de ganho de força, coordenação e equilíbrio. Algumas dessas bolas são: meia bola, bola suíça, bola com peso, etc.
  • Kit de pesos: contam com diversos equipamentos que visam o ganho de força e resistência muscular como halteres, barras, sacos de areias, kettlebells, entre outros equipamentos.
  • Kit com extensores e elásticos: são perfeitos para quem deseja exercitar membros superiores, garantindo o máximo de qualidade e amplitude de movimentos, sem causar impacto nas articulações.

Critérios de compra: como escolher o melhor kit funcional

O treino funcional é ideal para quem prefere praticar exercícios dinâmicos ao invés de estáticos. Esses exercícios são realizados com o auxílio de um conjunto de equipamentos que visam aumentar o grau de dificuldade e intensidade da atividade física. Para encontrar um bom kit funcional, você deve analisar as seguintes características do produto:

Objetivo do treino

Existem equipamentos funcionais específicos para cada objetivo de treino como ganho de força, agilidade e condicionamento físico, portanto, é necessário entender os objetivos do treino e procurar um kit funcional alinhado ou escolher cada item de acordo com os resultados esperados.

Número de itens

Um kit funcional pode ser menos ou mais completo, depende da variedade de equipamentos e quantidades de itens.

Quanto maior a variedade de objetos no kit funcional, mais diversificado será seu treino, enquanto quanto maior a quantidade de objetos, maior será seu circuito funcional e mais pessoas poderão participar do treino.

Tamanho e peso dos acessórios

Você encontra opções de kit funcional em diversos tamanhos e pesos. Um modelo de uso portátil cabe dentro de uma bolsa esportiva que costuma acompanhar o produto e é perfeita para quem gosta de praticar treino funcional em espaços abertos.

Opções mais completas e com tamanho tradicional não são adequados para transporte, por causa do volume e peso desses acessórios, nesse sentido, devem ser mantidos em sua sala de ginástica.

Modalidade esportiva

Você pode comprar um conjunto de acessórios voltados para o treino funcional tradicional ou destinado para praticar velocidade, agilidade e destreza em modalidades esportivas específicas, como futebol, basquete e vôlei, seja você um atleta amador ou profissional.

Imagem de um homem treinando futebol.

Um kit funcional também pode ajudar a torná-lo um bom atleta. (Fonte: RODNAE Productions/ Pexels.com)

Resumo

Sejam itens comprados separadamente ou um conjunto com acessórios utilizados para praticar diversos exercícios físicos, o kit funcional deve se moldar ao praticante da atividade física, de acordo com condicionamento, habilidade e modalidade praticada.

Adquirindo um kit completo, você consegue praticar uma grande variedade de exercícios e garantir a progressão e resultados desejados. Ficou com alguma dúvida? Então deixe um comentário abaixo.

(Fonte da imagem destacada: Karolina Grabowska/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas