A sociedade atual vive em um ritmo cada vez mais competitivo. As extenuantes horas de trabalho consomem muita energia mental e física. Com isso, a maioria das pessoas vive com a sensação de cansaço e fadiga, o que torna muito difícil se manter ativo e criativo frente às demandas diárias de trabalho. Alguns suplementos alimentares, como a l-teanina, têm sido grandes aliados para se manter com mais disposição sem causar danos à saúde.

Neste artigo, vamos apresentar os benefícios dessa substância ainda pouco conhecida no país e mostrar de que forma ela poderá ajudá-lo a superar todos os desafios do mundo corporativo. Trata-se de um composto natural, originado a partir do chá verde. Surpreendentemente, ele tem alta capacidade de melhorar a concentração e reduzir o estresse. Siga-nos nas próximas linhas e conheça os benefícios da l-teanina.

O mais importante

  • A l-teanina é um aminoácido procedente do chá verde.
  • Trata-se de um composto muito eficiente para diminuir a ansiedade em pessoas com essa pré-disposição e, ainda, favorece a concentração e o alto desempenho intelectual.
  • Antes de se decidir por um suplemento de l-teanina, é importante levar em conta certas particularidades, como restrições alimentares, garantia de procedência e a relação custo-benefício.

Os melhores suplementos de l-teanina do mercado: nossas recomendações

Preparamos uma seleção de produtos entre os que têm as melhores avaliações do mercado. Aqui, recomendamos aqueles que já foram testados e possuem garantia para comercialização. Dessa forma, você pode conhecer as características básicas dos suplementos de l-teanina atualmente à sua disposição.

O suplemento de l-teanina que combate os efeitos da cafeína

Conhecida por reduzir o estresse e promover o relaxamento sem sedação, esse suplemento apoia a saúde do cérebro ao mesmo tempo em que ajuda a reduzir alguns dos efeitos nocivos do excesso de consumo de cafeína.

Fabricado a partir de chá verde e preto de alta qualidade, o produto possui licença de comercialização certificado pela FDA — agência americana que regulamenta a fabricação e comercialização de alimentos e medicamentos.

O suplemento de l-teanina mais indicado para veganos

Sem soja, sem glúten, sem OGM e com certificação Kosher, as cápsulas de 200 mg de l-teanina contêm o aminoácido de forma livre, na sua forma mais pura e cristalina.

O isolamento do aminoácido é feito através da Suntheanine, o único isômero de L-teanina do mundo produzido através de um processo de fermentação enzimática. Disponível em cápsulas vegetais fáceis de engolir para máxima assimilação e absorção. Esse produto é vendido pela Amazon Americana.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre a l-teanina

Isolada pela primeira vez a partir da Camellia sinensis, a planta do chá verde, a l-teanina é uma substância natural, com ação relaxante, mas não sedativa, favorecendo o desempenho intelectual de pessoas ansiosas, reduzindo os efeitos do estresse. Os suplementos de l-teanina são muito populares devido à sua alta eficácia e por não causar dependência ao usuário.

girl eating

A l-teanina é útil para diminuir a ansiedade em pessoas com essa pre-disposição e favorece a concentração e o bom rendimento intelectual. (Fonte: Maryia Bahutskaya: 37045164/ 123rf.com)

O que é a l-teanina?

Trata-se de uma substância natural, com propriedades relaxantes. Ao contrário dos aminoácidos essenciais, como a arginina, essa molécula não faz parte regular da dieta e é considerada um aminoácido não essencial. Ela está presente quase exclusivamente no chá verde, embora quantidades mínimas de l-teanina também tenham sido encontradas em alguns fungos (3).

A l-teanina é capaz de exercer sua ação diretamente no cérebro (4). Sua estrutura se assemelha à do aminoácido glutamina, um precursor de certas moléculas de sinal do sistema nervoso, através dos neurotransmissores (5.6). Graças aos seus efeitos no tecido cerebral, a l-teanina é capaz de regular o funcionamento neuronal, proporcionando benbefícios como(7):

  • Predominância de ondas alfa: trata-se de uma ma atividade cerebral é extremamente complexa. Basicamente, os neurônios se comunicam oscilando padrões de energia elétrica ou ondas cerebrais. A l-teanina pode induzir um padrão de comportamento neuronal relacionado ao relaxamento sem sedação, chamado “ondas alfa”(7, 8, 9).
  • Aumento da concentração de dopamina e serotonina: a dopamina e a serotonina são neurotransmissores conhecidos por influenciar o humor. A l-teanina pode estimular a produção dessas substâncias, melhorando o humor e estimulando a atenção e o aprendizado (10, 11).
  • Mudança nos níveis de GABA: O ácido gama-aminobutírico (GABA) é o neurotransmissor inibitório por excelência, capaz de promover relaxamento e evitar o excesso de ativação neuronal. Acredita-se que o consumo de l-teanina possa aumentar as concentrações de GABA neuronal, induzindo uma sensação de tranquilidade e relaxamento.
  • Inibição da liberação de glutamato: Ao contrário do GABA, o glutamato é um neurotransmissor que promove excitação. No entanto, um aumento excessivo nessa molécula tem efeitos deletérios nos neurônios. Nesse sentido, a l-teanina atua como antagonista do glutamato, atenuando seus efeitos no sistema nervoso (12, 13, 14).
  • Redução de danos oxidativos: De acordo com diferentes estudos, a l-teanina é capaz de se ligar aos receptores de neurônios, evitando danos a longo prazo e degeneração neuronal causada pela exposição excessiva a certos neurotransmissores emitidos durante situações estressantes. (11, 15, 16).

Diante desses resultados promissores, é necessário segurar a empolgação! Vale lembrar que a maioria dos estudos atualmente disponíveis ainda carecem de ratificação por meio de estudos clínicos mais avançados antes de serem totalmente aceitos pela comunidade científica. Estudos isolados também encontraram possíveis efeitos da l-teanina em outros sistemas e dispositivos corporais (4):

  • Redução da pressão arterial: Doses muito altas de l-teanina (1000 mg ou mais) se mostraram capazes de reduzir a pressão arterial em experimentos com animais.
  • Proteção arterial: Apesar de ainda estarem em fase inicial, alguns estudos descobriram que o consumo de l-teanina pode impedir a oxidação e a deposição de colesterol arterial. A aterosclerose, a principal causa de doença cardiovascular, começa com a deposição de colesterol na parede dos vasos sanguíneos.
  • Aumento da imunidade: Suspeita-se que a l-teanina possa ter alguma função antibacteriana. Assim, ela seria capaz de aumentar a atividade das células do sistema imunológico.
  • Antioxidante: Estudos preliminares apontam que a l-teanina pode ser responsável por modular ou inibir o acúmulo de toxinas nas células do corpo, Isso a posiciona como uma substância de alto poder antioxidante e protetor do organismo.
Michael J. BreusPsicólogo clínico. Especialista em distúrbios do sono

“Alguns ansiolíticos, como valeriana ou lúpulo, também têm efeito sedativo. A l-teanina, no entanto, favorece o relaxamento e a redução do estresse sem sedação. Ajuda a alcançar um estado de concentração e atenção calma (1)“.

Porque utilizar um suplemento de l-teanina?

As propriedades da l-teanina no sistema nervoso a fazem ser considerada como um potente nootrópico. Em outras palavras, isso significa uma substância capaz de melhorar ou acelerar o desempenho intelectual, ativando a memória, a atenção e a cognição (17). Assim, o efeito nootrópico da l-teanina pode ser resumido em três benefícios principais:

  • Concentração: A l-teanina ajuda a melhorar o tempo de reação e a capacidade de concentração de indivíduos saudáveis ​​que sofrem de altos níveis de ansiedade. Esse efeito, porém, não aparece em pessoas sem propensão ao nervosismo (18).
  • Relaxamento: O consumo de l-teanina induz a uma sensação subjetiva de relaxamento, notadamente em pessoas predispostas a desenvolverem ansiedade (3). Em um ensaio clínico, o aminoácido foi capaz de demonstrar um efeito ansiolítico superior ao do alprazolam em situações específicas (19). No entanto, a substância não é útil para reduzir a ansiedade antecipatória (pensamentos catastróficos).
  • Descanso: Um ensaio clínico com jovens que sofrem de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) descobriu que a l-teanina é capaz de melhorar a qualidade do sono (20). Embora ainda seja preciso mais estudos adicionais para confirmar a influência da l-teanina no sono em indivíduos saudáveis, alguns especialistas já a recomendam como auxílio ao repouso (1).
foco

Essa série de vantagens, mesmo que ainda não comprovadas em sua totalidade, tornam a l-teanina uma aliada para estudantes, pessoas propensas ao estresse e para adultos mais velhos que desejam aproveitar o potencial neuro protetor dessa substância. De fato, os japoneses desfrutam dos benefícios do chá e da l-teanina há séculos.

Como utilizar a l-teanina?

Os suplementos de l-teanina podem ser adquiridos na forma de cápsulas, comprimidos, pó e comprimidos para mastigar, ainda que o mais comum sejam as cápsulas. De forma geral, é aconselhável seguir as instruções do fabricante para tirar o máximo proveito do suplemento. No entanto, se você ainda tiver dúvidas sobre o uso de l-teanina, preparamos as seguintes dicas (18, 19, 20):

  • Qual a dosagem: Em geral, é aconselhável o uso de doses entre 50 e 400 mg de l-teanina por dia. Embora não tenha sido estabelecido um limite máximo para este suplemento, é aconselhável não exceder a dose diária recomendada.
  • Qual horário: Consumidos antes de uma tarefa mentalmente exigente, o suplemento pode ajudar no desempenho intelectual. Ele também pode ser tomado de manhã ou no meio da tarde para melhorar a qualidade do sono e promover um estado de relaxamento.
  • Pode ser consumido junto com alimentos? Ainda não há dados disponíveis sobre o efeito dos alimentos na absorção da l-teanina. Por isso, vale seguir a orientação do fabricante. A maioria deles recomenda tomar qualquer tipo de suplemento com o estômago vazio.

O efeito nootrópico da l-teanina aparece normalmente entre 45 e 60 minutos após a ingestão do suplemento, e deve permanecer ativo por cerca de 15 horas. As características desta molécula não predispõem dependência ou resistência aos seus princípios ativos. Portanto, o mais provável é que a dose possa ser mantida ao longo do tempo (22).

Green drink

As propriedades da l-teanina no sistema nervoso fazem com que a substância seja considerada um potente nootrópico. (Fonte: Avemario: 53610410/ 123rf.com)

A l-teanina é mais eficaz que a cafeína?

A l-teanina e a cafeína compartilham muitos benefícios. Ambas são populares nootrópicas, consideradas capazes de aumentar a atenção e a concentração. No entanto, o alto consumo de cafeína pode acompanhar sintomas desagradáveis, como nervosismo ou ansiedade, por exemplo. Por isso, ela é uma opção nem sempre recomendada para pessoas mais sensíveis aos seus efeitos (23).

Por outro lado, alguns especialistas afirmam que a l-teanina tem os benefícios da cafeína com a vantagem de não apresentar os mesmos efeitos colaterais. De acordo com estudos recentes, esta hipótese parece ser apoiada pelo aparecimento de ondas alfa (que promovem atenção e relaxamento) nos padrões do comportamento neuronal (16). A tabela a seguir mostra uma comparação dos efeitos de cada uma das duas substâncias e, ainda, da sua combinação (23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 30):

Efeito Cafeína L-teanina Cafeína + L-teanina
Energia Aumenta Mantém-se estável Aumenta
Atenção Aumenta Aumenta Aumenta
Memória Efeito variável Leve melhora Melhora
Relaxamento Diminui Aumenta Aumenta
Descanso Prejudica Favorece Mantém-se neutro
Ansiedade Aumenta Diminui Mantém-se neutra
Pressão arterial Aumenta Normaliza Normaliza

Seguramente, quando você precisar de energia rápida, a cafeína será a melhor opção. A l-teanina, no entanto, será mais útil em tarefas que exigem atenção e pensamentos claros. Finalmente, a combinação das duas oferece o que há de melhor em cada substância. Assim, garante atenção e energia, sem afetar os níveis de sono ou aumentar a ansiedade.

foco

A suplementação de l-teanina e cafeína segue a proporção de 1: 2, sempre dobrando a quantidade de l-teanina para a de cafeína. Se você preferir, pode consumir a dose de cafeína por meio do café — uma xícara contém cerca de 80 mg — ao invés de optar por um complemento.

Quais os cuidados necessários no uso da l-teanina?

Até o momento, não há na literatura médica relatos de efeitos adversos relacionados a  superdosagem da l-teanina. No entanto, não é recomendado exceder 400 mg por dia. Além disso, a substância não deve ser usada para tratar distúrbios psiquiátricos e nunca deve substituir o tratamento prescrito por um médico (31).

O efeito nootrópico da l-teanina costuma aparecer entre 45 e 60 minutos após a ingestão.

Ainda faltam informações confirmadas ​​sobre os efeitos desse suplemento, seja para o uso a longo prazo, em mulheres grávidas, mulheres que amamentam, em menores de dezoito anos ou indivíduos em tratamento quimioterápico (31, 32). Se você estiver em algum desses grupos, nossa recomendação é que procure um especialista antes de iniciar a suplementação.

Além disso, existem dados conflitantes sobre a relação da l-teanina com o aparecimento de fenômenos convulsivos (33). Portanto, pessoas que tomam anti-hipertensivos podem sofrer alterações no tratamento (34). Por essa razão, recomenda-se que quem sofre de epilepsia ou hipertensão não consuma o aminoácido sem supervisão médica.

Os suplementos de l-teanina são considerados seguros para pessoas saudáveis. Em alguns casos, houve relato de desconforto gastrointestinal e dor de cabeça, que foram aliviados após a redução da dose — o que comprovaria a relação com essas reações. É bom lembrar que a l-teanina pode baixar a pressão arterial em pessoas predispostas, o que levaria a tonturas ou enjoos, por exemplo.

Darío PescadorAutor do livro “Operación Transformer”

“A L-teanina atua em sinergia com a cafeína. Ao combinar os efeitos das duas substâncias, você fica mais desperto, mas sem nervosismo. É a situação perfeita para começar a trabalhar de manhã e poder se concentrar melhor(2)“.

Critérios de compra

Agora que você acabou de conhecer todos os benefícios da l-teanina, já sabe como escolher o produto que melhor se adaptaria às suas necessidades? Formulamos critérios de compra essenciais para que você possa tomar a decisão mais inteligente e tenha acesso a um suplemento seguro, que só traga benefícios à sua saúde.

Restrição alimentar

A l-teanina é obtido do extrato de Camellia sinensis, a planta do chá verde. Na sua forma pura, este suplemento é adequado para veganos, celíacos, intolerantes à lactose e alérgicos à soja. No entanto, alguns produtos podem usar excipientes fora da sua dieta alimentar. Portanto, sempre verifique a formulação antes da compra.

drink

Até o momento, não foram descritos efeitos adversos relacionados a ingestão exagerada de l-teanina, mesmo em doses muito superiores às recomendadas. (Fonte: Anna Pustynnikova: 107428818/ 123rf.com)

Embalagem

Os suplementos de l-teanina devem ser vendidos em recipientes perfeitamente selados e, de preferência escuros. Isso mantém o produto em melhores condições. Se comprar on-line, verifique a embalagem assim que receber. Se não estiver intacta, entre em contato com a loja onde efetuou a compra.

Validade

Apesar de não haver registro de efeitos tóxicos ou perigosos caso a l-teanina seja consumida após a data de vencimento, é sempre mais prudente evitar. Além disso, é muito provável que o efeito da suplementação seja menos potente ou até inexistente em comparação com os itens dentro da data de uso recomendada.

Custo-benefício

Este suplemento costuma ter preço mais baixo do que outros produtos ​​para melhorar a função intelectual. No entanto, é sempre bom ficar atento aos preços excessivamente baixos. Lembre-se de considerar que muitas vezes o valor inferior pode significar o uso de produtos de procedência duvidosa ou até com composição híbrida com outros compostos. Vale a pena calcular a relação custo-benefício e não pensar apenas na economiza no momento da compra.

Drink

A l-teanina é obtida a partir do extrato de Camellia sinensis, a planta do chá verde. (Fonte: Diana Vyshniakova: 43881869/ 123rf.com)

Resumo

A l-teanina é um aminoácido com efeito nootrópico cada vez mais adotado por quem precisa melhorar o desempenho intelectual. Esta substância completamente natural, proveniente de uma de nossas bebidas favoritas, pode revolucionar o seu dia a dia, ajudando a alcançar o máximo do seu potencial criativo e produtivo.

Consumida individualmente — ou em combinação com o querido café preto — a l-teanina vai elevar consideravelmente seus níveis de concentração e contribuir para sua produtividade, fazendo de você um “biohacker”, capaz de extrair do seu organismo o desempenho que deseja, de forma natural.

Se você gostou do nosso guia sobre a l-teanina, por favor,sinta-se a vontade para compartilhar esse material. Obrigado e até logo!

(Fonte da imagem destacada: Cseh Ioan: 51629488/ 123rf.com)

Referências (34)

1. Adhikary R, Mandal V. L-theanine: A potential multifaceted natural bioactive amide as health supplement. Vol. 7, Asian Pacific Journal of Tropical Biomedicine. Hainan Medical University; 2017. p. 842–8.
Fonte

2. Schallier A, Vermoesen K, Loyens E, Van Liefferinge J, Michotte Y, Smolders I, et al. L-Theanine intake increases threshold for limbic seizures but decreases threshold for generalized seizures. Nutr Neurosci [Internet]. 2013 Mar [cited 2019 Oct 6];16(2):78–82.
Fonte

3. Yan Q, Tong H, Tang S, Tan Z, Han X, Zhou C. L-Theanine administration modulates the absorption of dietary nutrients and expression of transporters and receptors in the intestinal mucosa of rats. Biomed Res Int. 2017;2017.
Fonte

4. Theanine: Health Benefits, Uses, Side Effects, Dosage & Interactions [Internet]. [cited 2019 Oct 9].
Fonte

5. Yoto A, Motoki M, Murao S, Yokogoshi H. Effects of L-theanine or caffeine intake on changes in blood pressure under physical and psychological stresses. J Physiol Anthropol. 2012;31:28.
Fonte

6. Erikson GC, Hager LB, Houseworth C, Dungan J, Petros T, Beckwith BE. The effects of caffeine on memory for word lists. Physiol Behav [Internet]. 1985 Jul [cited 2019 Oct 9];35(1):47–51.
Fonte

7. Blaise JH, Park JE, Bellas NJ, Gitchell TM, Phan V. Caffeine consumption disrupts hippocampal long-term potentiation in freely behaving rats. Physiol Rep. 2018 Mar 1;6(5).
Fonte

8. Sherman SM, Buckley TP, Baena E, Ryan L. Caffeine enhances memory performance in young adults during their non-optimal time of day. Front Psychol. 2016 Nov 14;7(NOV).
Fonte

9. Giesbrecht T, Rycroft JA, Rowson MJ, De Bruin EA. The combined effects of L-theanine and caffeine on cognitive performance and mood. Nutr Neurosci [Internet]. 2010 [cited 2019 Oct 6];13(6):283–90.
Fonte

10. Owen GN, Parnell H, De Bruin EA, Rycroft JA. The combined effects of L-theanine and caffeine on cognitive performance and mood. Nutr Neurosci [Internet]. 2008 Aug [cited 2019 Oct 6];11(4):193–8.
Fonte

11. Kelly SP, Gomez-Ramirez M, Montesi JL, Foxe JJ. L-theanine and caffeine in combination affect human cognition as evidenced by oscillatory alpha-band activity and attention task performance. J Nutr [Internet]. 2008 Aug [cited 2019 Oct 6];138(8):1572S-1577S.
Fonte

12. Lara DR. Caffeine, mental health, and psychiatric disorders. J Alzheimers Dis [Internet]. 2010 [cited 2019 Oct 9];20 Suppl 1:S239-48.
Fonte

13. NIH. L-theanine [Internet]. Pubchem.ncbi.nlm.nih.gov. 2019.
Fonte

14. Boros K, Jedlinszki N, Csupor D. Theanine and Caffeine content of infusions prepared from commercial tea samples. Pharmacogn Mag. 2016 Jan 1;12(45):75–8.
Fonte

15. Kapoor M, Lyon M, Juneja L. The effects of L-theanine on objective sleep quality in boys with attention deficit hyperactivity disorder. Altern Med Rev [Internet]. 2011 [cited 2019 Oct 6];16(4):348–54.
Fonte

16. Lu K, Gray MA, Oliver C, Liley DT, Harrison BJ, Bartholomeusz CF, et al. The acute effects of L-theanine in comparison with alprazolam on anticipatory anxiety in humans. Hum Psychopharmacol. 2004 Oct;19(7):457–65.
Fonte

17. Higashiyama A, Htay HH, Ozeki M, Juneja LR, Kapoor MP. Effects of l-theanine on attention and reaction time response. J Funct Foods. 2011 Jul;3(3):171–8.
Fonte

18. Suliman NA, Mat Taib CN, Mohd Moklas MA, Adenan MI, Hidayat Baharuldin MT, Basir R. Establishing Natural Nootropics: Recent Molecular Enhancement Influenced by Natural Nootropic. Vol. 2016, Evidence-based Complementary and Alternative Medicine. Hindawi Limited; 2016.
Fonte

19. Lardner AL. Neurobiological effects of the green tea constituent theanine and its potential role in the treatment of psychiatric and neurodegenerative disorders. Nutr Neurosci [Internet]. 2014 Jul [cited 2019 Oct 8];17(4):145–55.
Fonte

20. Takeshima M, Miyazaki I, Murakami S, Kita T, Asanuma M. L-Theanine protects against excess dopamine-induced neurotoxicity in the presence of astrocytes. J Clin Biochem Nutr. 2016 Sep 1;59(2):93–9.
Fonte

21. Zhou Y, Danbolt NC. Glutamate as a neurotransmitter in the healthy brain. Vol. 121, Journal of Neural Transmission. 2014. p. 799–817.
Fonte

22. Egashira N, Hayakawa K, Osajima M, Mishima K, Iwasaki K, Oishi R, et al. Involvement of GABA(A) receptors in the neuroprotective effect of theanine on focal cerebral ischemia in mice. J Pharmacol Sci [Internet]. 2007 Oct [cited 2019 Oct 8];105(2):211–4.
Fonte

23. Yamada T, Terashima T, Okubo T, Juneja LR, Yokogoshi H. Effects of theanine, r-glutamylethylamide, on neurotransmitter release and its relationship with glutamic acid neurotransmission. Nutr Neurosci [Internet]. 2005 Aug [cited 2019 Oct 8];8(4):219–26.
Fonte

24. Nathan PJ, Lu K, Gray M, Oliver C. The neuropharmacology of L-theanine(N-ethyl-L-glutamine): a possible neuroprotective and cognitive enhancing agent. J Herb Pharmacother [Internet]. 2006 [cited 2019 Oct 8];6(2):21–30.
Fonte

25. Shen M, Yang Y, Wu Y, Zhang B, Wu H, Wang L, et al. L-theanine ameliorate depressive-like behavior in a chronic unpredictable mild stress rat model via modulating the monoamine levels in limbic-cortical-striatal-pallidal-thalamic-circuit related brain regions. Phytother Res [Internet]. 2019 Feb [cited 2019 Oct 8];33(2):412–21.
Fonte

26. Roohi-Azizi M, Azimi L, Heysieattalab S, Aamidfar M. Changes of the brain’s bioelectrical activity in cognition, consciousness, and some mental disorders. Vol. 31, Medical Journal of the Islamic Republic of Iran. Iran University of Medical Sciences; 2017. p. 307–12.
Fonte

27. Klimesch W. Alpha-band oscillations, attention, and controlled access to stored information. Vol. 16, Trends in Cognitive Sciences. 2012. p. 606–17.
Fonte

28. Nobre AC, Rao A, Owen GN. L-theanine, a natural constituent in tea, and its effect on mental state.: Discovery Service for Endeavour College of Natural Health Library. Asia Pac J Clin Nutr [Internet]. 2008 [cited 2019 Oct 6];17(S1):167–8.
Fonte

29. Başkan MH, Aydın M. Electron paramagnetic resonance studies of gamma-irradiated DL-alanine ethyl ester hydrochloride, L-theanine and L-glutamic acid dimethyl ester hydrochloride. Spectrochim Acta A Mol Biomol Spectrosc [Internet]. 2013 Aug [cited 2019 Oct 7];112:280–2.
Fonte

30. Petroff OAC. GABA and glutamate in the human brain. Neuroscientist [Internet]. 2002 Dec [cited 2019 Oct 7];8(6):562–73.
Fonte

31. Eschenauer G, Sweet B V. Pharmacology and therapeutic uses of theanine. Am J Heal Pharm. 2006;63(1).
Fonte

32. Chu DC, Okubo T, Nagato Y, Yokogoshi H. L-theanine - A unique amino acid of green tea and its relaxation effect in humans. Trends Food Sci Technol. 1999;10(6–7):199–204.
Fonte

33. Pescador D. Drogas para mezclar con el café. eldiario.es. 2017
Fonte

34. Breus MJ. What You Need to Know About L-theanine [Internet]. Psychology Today. 2017.
Fonte

Por que você pode confiar em nós?

Anabel Rodríguez Formada em Medicina
Formada em Medicina, tem como missão utilizar o método científico para encontrar novas formas de potencializar o rendimento esportivo e intelectual das pessoas. Quer conversar com as pessoas que desejam se informar sobre suplementação com base em evidências. Seus suplementos favoritos são a L-teanina e as vitaminas do grupo B.
Redatora do Saudável&Forte, Vera pesquisa com muito cuidado e auxiliar na redação e edição de artigos relevantes que envolvem um dos temas que mais lhe interessam: o universo da suplementação.
Artigo científico
Adhikary R, Mandal V. L-theanine: A potential multifaceted natural bioactive amide as health supplement. Vol. 7, Asian Pacific Journal of Tropical Biomedicine. Hainan Medical University; 2017. p. 842–8.
Ir para a fonte
Artigo científico
Schallier A, Vermoesen K, Loyens E, Van Liefferinge J, Michotte Y, Smolders I, et al. L-Theanine intake increases threshold for limbic seizures but decreases threshold for generalized seizures. Nutr Neurosci [Internet]. 2013 Mar [cited 2019 Oct 6];16(2):78–82.
Ir para a fonte
Artigo científico
Yan Q, Tong H, Tang S, Tan Z, Han X, Zhou C. L-Theanine administration modulates the absorption of dietary nutrients and expression of transporters and receptors in the intestinal mucosa of rats. Biomed Res Int. 2017;2017.
Ir para a fonte
Página web (divulgação médica)
Theanine: Health Benefits, Uses, Side Effects, Dosage & Interactions [Internet]. [cited 2019 Oct 9].
Ir para a fonte
Artigo científico
Yoto A, Motoki M, Murao S, Yokogoshi H. Effects of L-theanine or caffeine intake on changes in blood pressure under physical and psychological stresses. J Physiol Anthropol. 2012;31:28.
Ir para a fonte
Artigo científico
Erikson GC, Hager LB, Houseworth C, Dungan J, Petros T, Beckwith BE. The effects of caffeine on memory for word lists. Physiol Behav [Internet]. 1985 Jul [cited 2019 Oct 9];35(1):47–51.
Ir para a fonte
Artigo científico
Blaise JH, Park JE, Bellas NJ, Gitchell TM, Phan V. Caffeine consumption disrupts hippocampal long-term potentiation in freely behaving rats. Physiol Rep. 2018 Mar 1;6(5).
Ir para a fonte
Artigo científico
Sherman SM, Buckley TP, Baena E, Ryan L. Caffeine enhances memory performance in young adults during their non-optimal time of day. Front Psychol. 2016 Nov 14;7(NOV).
Ir para a fonte
Artigo científico
Giesbrecht T, Rycroft JA, Rowson MJ, De Bruin EA. The combined effects of L-theanine and caffeine on cognitive performance and mood. Nutr Neurosci [Internet]. 2010 [cited 2019 Oct 6];13(6):283–90.
Ir para a fonte
Artigo científico
Owen GN, Parnell H, De Bruin EA, Rycroft JA. The combined effects of L-theanine and caffeine on cognitive performance and mood. Nutr Neurosci [Internet]. 2008 Aug [cited 2019 Oct 6];11(4):193–8.
Ir para a fonte
Artigo científico
Kelly SP, Gomez-Ramirez M, Montesi JL, Foxe JJ. L-theanine and caffeine in combination affect human cognition as evidenced by oscillatory alpha-band activity and attention task performance. J Nutr [Internet]. 2008 Aug [cited 2019 Oct 6];138(8):1572S-1577S.
Ir para a fonte
Artigo científico
Lara DR. Caffeine, mental health, and psychiatric disorders. J Alzheimers Dis [Internet]. 2010 [cited 2019 Oct 9];20 Suppl 1:S239-48.
Ir para a fonte
Ficha técnica. (Base de dados NIH)
NIH. L-theanine [Internet]. Pubchem.ncbi.nlm.nih.gov. 2019.
Ir para a fonte
Artigo científico
Boros K, Jedlinszki N, Csupor D. Theanine and Caffeine content of infusions prepared from commercial tea samples. Pharmacogn Mag. 2016 Jan 1;12(45):75–8.
Ir para a fonte
Ensaio clínico
Kapoor M, Lyon M, Juneja L. The effects of L-theanine on objective sleep quality in boys with attention deficit hyperactivity disorder. Altern Med Rev [Internet]. 2011 [cited 2019 Oct 6];16(4):348–54.
Ir para a fonte
Ensaio clínico
Lu K, Gray MA, Oliver C, Liley DT, Harrison BJ, Bartholomeusz CF, et al. The acute effects of L-theanine in comparison with alprazolam on anticipatory anxiety in humans. Hum Psychopharmacol. 2004 Oct;19(7):457–65.
Ir para a fonte
Ensaio clínico
Higashiyama A, Htay HH, Ozeki M, Juneja LR, Kapoor MP. Effects of l-theanine on attention and reaction time response. J Funct Foods. 2011 Jul;3(3):171–8.
Ir para a fonte
Artigo científico
Suliman NA, Mat Taib CN, Mohd Moklas MA, Adenan MI, Hidayat Baharuldin MT, Basir R. Establishing Natural Nootropics: Recent Molecular Enhancement Influenced by Natural Nootropic. Vol. 2016, Evidence-based Complementary and Alternative Medicine. Hindawi Limited; 2016.
Ir para a fonte
Artigo científico
Lardner AL. Neurobiological effects of the green tea constituent theanine and its potential role in the treatment of psychiatric and neurodegenerative disorders. Nutr Neurosci [Internet]. 2014 Jul [cited 2019 Oct 8];17(4):145–55.
Ir para a fonte
Artigo científico
Takeshima M, Miyazaki I, Murakami S, Kita T, Asanuma M. L-Theanine protects against excess dopamine-induced neurotoxicity in the presence of astrocytes. J Clin Biochem Nutr. 2016 Sep 1;59(2):93–9.
Ir para a fonte
Artigo científico
Zhou Y, Danbolt NC. Glutamate as a neurotransmitter in the healthy brain. Vol. 121, Journal of Neural Transmission. 2014. p. 799–817.
Ir para a fonte
Artigo científico
Egashira N, Hayakawa K, Osajima M, Mishima K, Iwasaki K, Oishi R, et al. Involvement of GABA(A) receptors in the neuroprotective effect of theanine on focal cerebral ischemia in mice. J Pharmacol Sci [Internet]. 2007 Oct [cited 2019 Oct 8];105(2):211–4.
Ir para a fonte
Artigo científico
Yamada T, Terashima T, Okubo T, Juneja LR, Yokogoshi H. Effects of theanine, r-glutamylethylamide, on neurotransmitter release and its relationship with glutamic acid neurotransmission. Nutr Neurosci [Internet]. 2005 Aug [cited 2019 Oct 8];8(4):219–26.
Ir para a fonte
Artigo científico
Nathan PJ, Lu K, Gray M, Oliver C. The neuropharmacology of L-theanine(N-ethyl-L-glutamine): a possible neuroprotective and cognitive enhancing agent. J Herb Pharmacother [Internet]. 2006 [cited 2019 Oct 8];6(2):21–30.
Ir para a fonte
Artigo científico
Shen M, Yang Y, Wu Y, Zhang B, Wu H, Wang L, et al. L-theanine ameliorate depressive-like behavior in a chronic unpredictable mild stress rat model via modulating the monoamine levels in limbic-cortical-striatal-pallidal-thalamic-circuit related brain regions. Phytother Res [Internet]. 2019 Feb [cited 2019 Oct 8];33(2):412–21.
Ir para a fonte
Artigo científico
Roohi-Azizi M, Azimi L, Heysieattalab S, Aamidfar M. Changes of the brain’s bioelectrical activity in cognition, consciousness, and some mental disorders. Vol. 31, Medical Journal of the Islamic Republic of Iran. Iran University of Medical Sciences; 2017. p. 307–12.
Ir para a fonte
Artigo científico
Klimesch W. Alpha-band oscillations, attention, and controlled access to stored information. Vol. 16, Trends in Cognitive Sciences. 2012. p. 606–17.
Ir para a fonte
Artigo científico
Nobre AC, Rao A, Owen GN. L-theanine, a natural constituent in tea, and its effect on mental state.: Discovery Service for Endeavour College of Natural Health Library. Asia Pac J Clin Nutr [Internet]. 2008 [cited 2019 Oct 6];17(S1):167–8.
Ir para a fonte
Artigo científico
Başkan MH, Aydın M. Electron paramagnetic resonance studies of gamma-irradiated DL-alanine ethyl ester hydrochloride, L-theanine and L-glutamic acid dimethyl ester hydrochloride. Spectrochim Acta A Mol Biomol Spectrosc [Internet]. 2013 Aug [cited 2019 Oct 7];112:280–2.
Ir para a fonte
Artigo científico
Petroff OAC. GABA and glutamate in the human brain. Neuroscientist [Internet]. 2002 Dec [cited 2019 Oct 7];8(6):562–73.
Ir para a fonte
Artigo científico
Eschenauer G, Sweet B V. Pharmacology and therapeutic uses of theanine. Am J Heal Pharm. 2006;63(1).
Ir para a fonte
Publicação científica
Chu DC, Okubo T, Nagato Y, Yokogoshi H. L-theanine - A unique amino acid of green tea and its relaxation effect in humans. Trends Food Sci Technol. 1999;10(6–7):199–204.
Ir para a fonte
Artigo jornalístico
Pescador D. Drogas para mezclar con el café. eldiario.es. 2017
Ir para a fonte
Revista de divulgação científica (Psychology Today)
Breus MJ. What You Need to Know About L-theanine [Internet]. Psychology Today. 2017.
Ir para a fonte