Ultima atualização: 3 de junho de 2021

Em uma dieta low carb, ocorre a redução do consumo de carboidratos, uma das principais fontes de energia para o organismo. O ideal é diminuir o aporte de carboidratos, para que esse macronutriente represente no máximo 40% da fonte de energia no organismo.

Os carboidratos simples devem ser substituídos pelos carboidratos complexos e pelas proteínas e gorduras boas. O resultado da dieta low carb é a perda de peso e diminuição do inchaço causado pela retenção de líquidos. Mas assim como em qualquer dieta, é preciso conhecimento para aderir a dieta low carb.




Primeiro, o mais importante

  • A dieta low carb favorece o emagrecimento saudável, pois diminui a quantidade e melhora a qualidade dos carboidratos consumidos na alimentação. Você deve priorizar o carboidrato integral e evitar o carboidrato refinado.
  • Com a diminuição do consumo de carboidratos, deve aumentar o consumo de alimentos que forneçam proteínas, como carnes magras e fontes de proteínas vegetais, além de gorduras boas como azeite, óleo de coco e manteiga.
  • Com a redução do consumo de carboidratos, o corpo começa a utilizar gordura armazenada como fonte de energia, resultando em perda de calorias e de gordura localizada.

Dieta low carb: quem deve restringir o consumo de carboidratos

Quem deseja emagrecer, encontra uma grande variedade de dietas voltadas para a perda de peso, uma delas é a low carb, que consiste na redução do consumo de carboidratos. Mas para manter a saúde do organismo, é necessário realizar a dieta de maneira equilibrada. Continue a leitura para saber mais.

Imagem de uma mulher comendo uma fruta.

A dieta low carb deve ser realizada por um período de 30 a 90 dias. (Fonte: Pavel Danilyuk/ Pexels.com)

A dieta low carb é segura?

Depende da quantidade de carboidratos que será reduzida. Em uma dieta comum, você deve consumir de 50 a 55% de carboidratos, 30% de gorduras boas e 15 a 20% de proteínas de origem vegetal ou animal.

Enquanto a dieta low carb, que deve durar de 30 a 90 dias, deve reduzir os carboidratos de 40%, gorduras em 40% e no máximo 20% de proteínas. Uma dieta com menos de 40% de carboidratos pode ser prejudicial para a saúde a longo prazo quando realizada inadequadamente, como a dieta cetogênica.

Quais são os benefícios da dieta low carb?

Muitos benefícios estão associados a uma dieta low carb, como os listados e detalhados abaixo:

  • Sensação de saciedade, proporcionado pelo aumento do consumo de proteínas e gorduras boas, diminuindo a vontade de comer repetidamente.
  • Controle dos níveis de colesterol e triglicerídeos, devido ao menor consumo de carboidratos. Também ocorre aumento do colesterol HDL (“colesterol bom”) e menor risco de doenças cardiovasculares.
  • Controle da diabetes, pois ocorre a diminuição da quantidade de açúcar no sangue.
  • Melhora no funcionamento do intestino, pois o consumo de alimentos ricos em fibras solúveis e insolúveis regulam a flora intestinal.
  • Favorece o emagrecimento, pois ocorre o menor consumo de carboidratos simples, além da redução de calorias consumidas.
  • Diminuição do inchaço, pois a dieta low carb combate a retenção de líquidos, e favorece a eliminação através da urina e suor.

A dieta low carb deve ser acompanhada por um profissional?

Assim como com qualquer dieta para emagrecer, é necessário acompanhamento de um nutricionista ou nutrólogo para aderir a dieta low carb. O profissional solicitará exames sobre os principais indicadores de saúde e montará uma dieta personalizada de acordo com suas necessidades nutricionais.

O nutricionista ou nutrólogo sabe exatamente a quantidade de carboidratos em cada alimento, então não deixará com que você ultrapasse o limite diário.

Imagem de uma balança.

A dieta low carb ajuda a emagrecer. (Fonte: 9dreamstudio / 123rf.com)

Como aderir a dieta low carb?

Em uma dieta low carb, você deve parar de comer alimentos que fornecem carboidratos simples como preparados com farinha branca ou açúcar refinado, e carboidratos complexos como encontrados na aveia, pão, arroz ou macarrão.

A quantidade de carboidrato que deixará de ser consumida depende do seu metabolismo, sendo necessário reduzir o aporte de carboidratos progressivamente, para que não ocorram efeitos adversos como dor de cabeça, tontura ou alterações no humor.

A maneira correta de seguir a dieta low carb é realizar três refeições principais e dois lanches, ambas devem ser porções pequenas, mas com alimentos que promovam saciedade, como vamos detalhar na próxima seção.

Quais alimentos estão liberados na dieta low carb?

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, a dieta low carb pode ser bastante diversificada e saborosa, pois você pode consumir os seguintes alimentos, sempre em porção moderada:

  • Proteínas: carnes magras como peru ou frango, ovos e peixes mais gordos como atum, sardinha, truta ou salmão.
  • Laticínios: queijo, iogurte e leite de coco ou amêndoas.
  • Frutas e verduras crus, com casca e bagaço.
  • Fontes de gorduras boas: óleo de coco, azeite e manteiga.
  • Oleaginosas: nozes, avelãs, amêndoas, castanhas e amendoim.
  • Sementes: linhaça marrom ou dourada, girassol, gergelim e chia.

Outros alimentos podem ser consumidos com moderação como arroz integral, pão integral, batata, batata doce, inhame, abóbora e lentilha. Quem pratica atividade física diariamente, pode ingerir esses alimentos antes do treino.

Quais alimentos estão proibidos em uma dieta low carb?

Alguns alimentos não devem compor a dieta low carb, pois possuem uma maior quantidade de carboidratos, como os listados abaixo:

  • Farinhas: de trigo, cevada ou centeio, utilizadas no preparo de arroz branco, macarrão, pães, biscoitos, torradas e salgados.
  • Açúcar refinado: presente em refrigerantes, sucos industrializados, bolos, biscoitos, sorvetes de massa e doces.
  • Gorduras trans: estão presentes em alimentos congelados.
  • Carnes processadas: como peito de peru, presunto, mortadela, salame, bacon, salsicha e linguiça.

Quem não deve fazer a dieta low carb?

Nem todas as pessoas podem fazer a dieta low carb, como as mulheres gestantes ou lactantes, crianças ou adolescentes em fase de crescimento, idosos, pessoas com doenças hepáticas ou renais.

Resumo

A dieta low carb é muito eficiente para quem deseja emagrecer, no entanto, assim como qualquer dieta, é necessário buscar a orientação de um médico, realizar exames e seguir um plano estruturado de acordo com suas necessidades.

Embora a dieta low carb seja categorizada em alimentos permitidos, proibidos ou para ingerir com moderação, é possível se alimentar bem e com muito sabor. Esperamos que tenha gostado deste conteúdo exclusivo.

(Fonte da imagem destacada: Pixabay/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas