Imagem de uma mulher medindo a circunferência do quadril.
Ultima atualização: 23 de junho de 2021

Um dos termos mais usados quando o assunto é emagrecimento é “metabolismo lento”. Embora muitas pessoas saibam que existe uma relação entre o metabolismo e o peso corporal, poucas entendem esse processo.

Em poucas palavras, o metabolismo transforma o alimento ingerido em energia. Com o metabolismo lento, esse processo é igualmente devagar e ocorre menor gasto de energia, resultando em ganho de peso. Mas é possível acelerar o metabolismo, continue a leitura e aprenda.




Primeiro, o mais importante

  • O processo metabólico é dividido em duas partes: catabolismo, em que ocorre a quebra das moléculas dos alimentos, e anabolismo, em que ocorre o fornecimento de energia e nutrientes para o organismo.
  • O metabolismo lento pode ser causado por alguma disfunção no organismo. Quem está com a resposta metabólica devagar, costuma gastar menos energia e ganha peso.
  • Com uma alimentação balanceada e prática de atividade física, ocorre uma adaptação positiva das enzimas responsáveis pelo aumento do metabolismo.

Metabolismo lento: como reverter esse quadro

Quem deseja perder peso, sabe que o metabolismo lento é um problema. Esse processo metabólico pode estar diretamente relacionado ao ganho de peso, mas também à perda de peso, desde que você aprenda como acelerar seu metabolismo.

Imagem de uma mulher com uma toalha no pescoço.

O metabolismo lento pode ser consequência do avanço da idade. (Fonte: Kampus Production/ Pexels.com)

O que é metabolismo?

O metabolismo é um processo biológico em que o corpo absorve os alimentos consumidos, transformando em energia e nutrientes para manter as funções básicas do organismo. Esse processo é complexo e envolve duas etapas.

Na primeira etapa ocorre a reação catabólica que consiste em transformar o alimento ingerido em moléculas menores para que percorram o sistema digestivo.

A segunda etapa consiste em uma sequência de reações anabólicas. O alimento processado na primeira etapa fornece ao organismo os nutrientes necessários para manter o metabolismo basal, funções vitais do organismo.

Quais são as principais causas do metabolismo lento?

O processo de transformação dos alimentos em nutrientes e energia pode ser lento ou rápido, dependendo de um conjunto de fatores. Algumas causas para o metabolismo lento estão descritas abaixo:

  • Dormir pouco: uma pessoa adulta deve dormir entre seis e nove horas para o descanso do corpo. Quando você não dorme o suficiente, o metabolismo pode ficar lento.
  • Longas horas sentado: quem passa muitas horas sentado para estudar ou trabalhar, pode sofrer com o metabolismo lento.
  • Períodos prolongados em jejum: quem passa muitas horas sem comer, não gasta muitas calorias, pois quando você não se alimenta direito, o corpo diminui a velocidade e intensidade da queima de calorias.
  • Uso de medicamentos: Alguns remédios podem ajudar a retardar o metabolismo e causam aumento de apetite, resistência à insulina, aumento da glicemia e armazenamento de gordura.
  • Faixa etária: com o avanço da idade, o metabolismo diminui naturalmente, sendo que após os 30 anos de idade, a taxa metabólica basal diminui entre 1% e 2% anualmente.
  • Gênero: geralmente, os homens possuem um percentual de gordura menor e massa muscular maior do que as mulheres nessa mesma idade.

Alimentação e o metabolismo lento

Quem mantém uma alimentação inadequada, sofre com o metabolismo lento. Alimentos pobres em nutrientes como vitaminas, minerais e aminoácidos e ricos em gorduras e açúcar causam uma desaceleração do metabolismo.

O mesmo fenômeno ocorre em quem realiza dieta restritiva e fornece ao organismo apenas o aporte calórico suficiente para manter a taxa metabólica basal, fazendo com que o metabolismo desacelere para conservar a energia.

Imagem de potes com refeições.

Para equilibrar o metabolismo é necessário manter uma alimentação equilibrada. (Fonte:
Ella Olsson/ Pexels.com)

Relação entre atividade física e metabolismo lento

Um indivíduo sedentário também pode sofrer com o metabolismo lento. Isso ocorre, pois a atividade física aumenta a frequência cardíaca e o fluxo sanguíneo nos músculos, que  queimam calorias devido aos exercícios.

Nesse sentido, para reverter o metabolismo lento, sugerimos prática de atividade física diariamente, sendo atividade aeróbica e treino funcional os mais indicados para acelerar o metabolismo.

Imagem de um grupo de mulheres fazendo uma aula de ginástica.

Exercícios aeróbicos e funcionais também ajudam a acelerar o metabolismo. (Fonte: Andrea Piacquadio/ Pexels.com)

Como acelerar o metabolismo com dicas simples

Quem sofre com metabolismo lento pode apostar em algumas estratégias para reverter esse quadro e evitar problemas de saúde decorrentes do metabolismo lento. Aconselhamos:

  1. Comer de três em três horas: lembra o que falamos sobre períodos prolongados em jejum? Quando você demora a comer, o organismo entende que deve diminuir o gasto de energia e exige uma compensação.
  2. Mantenha uma dieta saudável: enquanto as proteínas demandam bastante energia para serem absorvidas e as gorduras boas ajudam na quebra de moléculas de gordura ruins do organismo, essa combinação retarda a liberação da glicose fornecida pelos carboidratos.
  3. Aumente o consumo de fibras: alimentos ricos em fibras exigem maior esforço do organismo durante a digestão, além de retardar a liberação de glicose e prolongar a sensação de saciedade.
  4. Utilize termogênicos: café, gengibre, pimentas e chá verde ajudam a estimular a termogênese, aumentam a taxa metabólica e resultam em um metabolismo acelerado.
  5. Prática de atividade e repouso: depois de praticar atividade física, ocorre aumento da taxa metabólica e o gasto calórico se mantém elevado por algumas horas após o treino. Mas é importante respeitar o tempo de descanso do corpo, para recuperar o tecido muscular.

Sinais que seu metabolismo está lento

Quem está com o metabolismo lento, pode apresentar um conjunto de fatores que indicam o problema:

  • Ganho de peso.
  • Cansaço mental e físico.
  • Pele seca.
  • Unhas quebradiças.
  • Queda de cabelo.
  • Enxaqueca.
  • Vontade excessiva de comer doces.

Caso apresente esses sintomas e suspeite de metabolismo lento, consulte um médico endocrinologista para realizar um teste de taxa metabólica em repouso. Se os resultados indicarem o metabolismo lento, você poderá fazer um tratamento.

Resumo

Com a leitura deste artigo, você entendeu a importância do processo metabólico no organismo e como um metabolismo lento pode provocar malefícios, enquanto um metabolismo acelerado é fundamental para manter o corpo saudável e em forma.

Caso você esteja com o metabolismo lento, pode manter uma alimentação saudável, atividade física e incluir os termogênicos para acelerar o processo de transformação de alimentos em nutrientes e energia. Esperamos que tenha gostado deste artigo.

(Fonte da imagem destacada: Huha Inc./ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas