Imagem de uma mini cama elástica.
Ultima atualização: 9 de junho de 2021

Como escolhemos

14Produtos analisados

16Horas investidas

5Estudos avaliados

65Comentários coletados

A mini cama elástica é um equipamento de ginástica utilizado em treino aeróbico, funcional e localizado. Os saltos ajudam a tonificar a musculatura, especialmente dos membros inferiores, eliminar gordura localizada, queimar calorias, fortalecer o sistema respiratório, cardiovascular, aumentar o equilíbrio e a coordenação motora.

O melhor é que a mini cama elástica é utilizada em movimentos de alta intensidade mas com baixo impacto nas articulações, portanto não prejudica seus tornozelos, joelhos e quadril. Continue a leitura e conheça mais benefícios deste equipamento de ginástica.




O mais importante

  • Você encontra opções de mini cama elástica com sistema de propulsão em elásticos ou molas. Geralmente o acessório possui formato redondo, mede 90cm de diâmetro e pesa no máximo 10Kg.
  • Qualquer pessoa pode utilizar um mini trampolim para fazer exercícios, pois o equipamento possui capacidade mínima de 80Kg e máxima de 220Kg.
  • Embora a cama elástica possa ser usada em exercícios aeróbicos, funcionais e localizados, é importante realizar essas atividades com a orientação de um profissional de educação física, para não correr o risco de lesionar.

Mini camas elásticas: nossa recomendação dos melhores produtos

Nem sempre conhecemos um profissional de educação física que possa nos orientar na escolha de um equipamento de ginástica, certo? Pensando nisso, preparamos algumas sugestões de compra de mini camas elásticas, todos os modelos são bem avaliados pelos consumidores:

Guia de compras: O que você precisa saber sobre mini cama elástica

Algumas modalidades esportivas recrutam os músculos do corpo inteiro, pelo dinamismo e intensidade. Essas atividades podem ser realizadas no solo ou sobre uma mini cama elástica, um equipamento que praticamente anula o impacto nas articulações. Continue a leitura e aprenda tudo sobre esse incrível acessório.

Imagem de um grupo de mulheres praticando jump.

A cama elástica é item indispensável para praticantes de jump. (Fonte: Mariah Solomon/ Unsplash.com)

Qual modalidade física posso fazer com uma mini cama elástica?

Um dos principais esportes realizados com o auxílio de uma mini cama elástica é o jump, que consiste em movimentos dinâmicos sincronizados com o ritmo das músicas e que incluem saltos, coreografias e corridas estacionárias.

Existem exercícios com diferentes níveis de intensidade e complexidade que podem ser realizados no jump, fazendo desta uma atividade física uma opção democrática para pessoas com diferentes níveis de habilidade e condicionamento físico.

Geralmente, uma sessão de jump dura entre 45 e 60 minutos e pode queimar até 900 calorias, dependendo da intensidade do treino e do metabolismo do praticante. O melhor é que a mini cama elástica reduz em até 80% o impacto causado pelos movimentos nas articulações dos tornozelos, joelhos e quadril.

Quais são os benefícios de se exercitar com uma mini cama elástica?

Quando você utiliza a mini cama elástica para praticar atividade aeróbica de alta intensidade, os benefícios decorrentes do esporte são inúmeros, a começar pela queima de 400 a 900 calorias em 60 minutos e da redução de impactos em 80%, que mencionamos acima.

Outros benefícios notáveis são: fortalecimento dos músculos estabilizadores do core, em especial dos músculos abdominais e da coluna lombar, que precisam ser contraídos durante os movimentos para garantir suporte à coluna.

Por causa da superfície instável, ocorre o desenvolvimento da consciência corporal, coordenação motora e equilíbrio, que beneficiam não apenas os movimentos durante o treino, como os movimentos realizados no cotidiano.

Também ocorre fortalecimento do sistema cardiovascular, estímulo da circulação sanguínea e ativação do sistema linfático, que ajuda a eliminar toxinas através do suor e urina, auxiliando na perda de gordura localizada e celulite.

Não podemos deixar de mencionar o fortalecimento do sistema respiratório, resistência e do condicionamento físico, você sentirá muito mais energia e disposição durante o treino e após a atividade física.

Os movimentos intensos realizados na cama elástica ajudam a fortalecer os ossos e a musculatura do corpo inteiro, resultando no processo de hipertrofia muscular. Outro ponto positivo é ser um bom exercício para o quadril.

Qualquer pessoa pode se exercitar em uma mini cama elástica?

Não. Pessoas que sofrem com problemas na coluna como lordose, escoliose e cifose ou nas articulações dos tornozelos, joelhos e quadril precisam tratar esses problemas antes de praticar a atividade física, seja sobre uma cama elástica ou não.

Mulheres gestantes também devem evitar, principalmente se existem complicações na gravidez. O mesmo vale para pessoas acima do peso, que sofrem com incontinência urinária ou varizes, em todos os quadros, é necessário orientação médica.

Treinar com cama elástica em casa traz os mesmos resultados do que treinar na academia?

Depois de aprender como realizar diferentes exercícios em um trampolim, você pode comprar uma mini cama elástica e fazer os exercícios em casa. Os benefícios são grandes: você economiza o valor da mensalidade, não precisa se locomover até a academia e consegue treinar no horário que for mais conveniente para você.

Não podemos deixar de mencionar que ao treinar com frequência, os resultados começam a aparecer rapidamente, pois apenas uma sessão de jump com 60 minutos de duração chega a queimar até 900 calorias.

Quando você tem o equipamento em casa, isso o motiva a treinar com mais regularidade.

Existem diferenças entre mini cama elástica de uso pessoal ou profissional?

Com certeza existem diferenças entre uma mini cama elástica para uso pessoal ou profissional, sendo essas diferenças nas dimensões do equipamento, sistema de propulsão, resistência, durabilidade e faixa de preço.

Um equipamento de uso profissional é indispensável em um contexto em que várias pessoas compartilham a mini cama elástica, pois além da qualidade, aros de reforço, sistema de propulsão de molas, o equipamento suporta até 220Kg, o que garante a variedade de uso.

Critérios de compra: Como escolher a melhor mini cama elástica

Quando investimos em produtos de qualidade, a satisfação é garantida. Isso não é diferente com a compra de equipamentos de academia, que garantem a progressão nos treinos. Portanto, para escolher uma boa mini cama elástica, é necessário avaliar os seguintes critérios de compra:

Sistema de propulsão

Você encontra a mini cama elástica com dois sistema de propulsão distintos: molas ou elásticos.

Geralmente, o modelo com sistema de propulsão em elásticos é menos resistente, pois os elásticos se desgastam com o tempo, como consequência, este modelo apresenta desempenho, resistência e durabilidade inferiores, embora seja mais barato.

Em contrapartida, a mini cama elástica com sistema de propulsão em molas é super resistente e proporciona um desempenho igualmente melhor, pois o conjunto de molas ajuda a impulsionar os movimentos.

Imagem de uma mini cama elástica.

O sistema de propulsão em molas é melhor do que em elásticos. (Fonte: Schanin/ Pixabay.com)

Aro simples ou reforçado

Você encontra a mini cama elástica com aro simples ou reforçado. Quando o modelo conta com um aro de reforço, existe maior sustentação do equipamento e consequentemente maior segurança para o praticante da atividade física.

Além da sustentação extra, essa adição garante a durabilidade do equipamento. O aro adicional fica localizado logo abaixo do aro principal.

Formato da mini cama elástica

Engana-se quem pensa que a mini cama elástica é encontrada apenas em formato redondo. Você encontra modelo em formato quadrado, que é o mini trampolim acrobático, redondo que é ideal para treinar e oval, que é ideal para quem tem pouco espaço em casa.

Uma outra opção é o mini trampolim dobrável, que embora seja ideal para quem transporta o equipamento ou tem pouco espaço em casa para guardar o equipamento, não é tão estável como um modelo tradicional.

Dimensões e peso

É muito importante analisar as dimensões da mini cama elástica e preferir um modelo que tenha pelo menos 90 cm de diâmetro, pois essa proporção garante a segurança e conforto necessários para realizar os movimentos.

A altura ideal é cerca de 20 cm que não é nem muito baixa, que não possa acontecer a expansão e contração da superfície elástica, nem muito alto que possa causar lesões no caso de uma queda acidental.

O peso do equipamento pode variar de 5 a 10 quilos e essa variável não é muito relevante se você não pretende transportar a peça. Mas é necessário avaliar o peso suportado, que varia muito de um modelo para o outro e pode ser 80, 120 ou 220 Kg.

Pés reforçados e capa de proteção

Quando a mini cama elástica possui pés emborrachados e antiderrapantes, você pode se movimentar com muita mais tranquilidade, pois não haverá risco de a cama elástica se movimentar. Essa proteção também diminui os ruídos inconvenientes.

Esses pés podem ser fixos ou removíveis. Modelos com pés removíveis são interessantes apenas para quem pretende mover o equipamento, caso contrário, não é necessário.

Por fim, a capa de proteção é encontrada apenas em modelos com sistema de propulsão de molas e é muito importante, pois o protege caso você pise sobre as molas durante os movimentos, além de diminuir o desgaste nas molas.

Resumo

Com a leitura deste texto, você entendeu as vantagens de comprar uma mini cama elástica para treinar em casa, e quais características analisar para encontrar a opção com melhor custo-benefício.

Esperamos que tenha achado o conteúdo informativo e interessante, publicamos muitos outros textos sobre atividade física, dieta e estilo de vida saudável.

(Fonte da imagem destacada: Spikeball/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas