Ultima atualização: 14 de outubro de 2021

Se correr é muito monótono para você e você não quer se expor ao perigo no trânsito, então nadar é uma maneira rápida de treinar seu corpo na água fria. Quer seja em um derrame mamário, rastejar ou nadar com golfinhos, há uma maneira adequada para que todos possam se locomover na água.

Mas quão saudável é o derrame mamário? É realmente tão fácil nas juntas como ouvimos frequentemente, e outros esportes talvez sejam mais adequados para queimar calorias? No artigo seguinte nós vamos esclarecer estas questões e apresentar objetivamente os fatos.




Os fatos mais importantes em resumo

  • O nado de peito é um estilo de natação popular que a maioria das pessoas aprende primeiro quando aprende a nadar. Entretanto, para indivíduos não treinados, a técnica correta pode ser bastante complicada.
  • Dos quatro principais estilos de natação, crawl, backstroke, dolphin e breaststroke, o breaststroke é o mais exigente fisicamente.
  • Para aprender a técnica correta, é aconselhável ter aulas de natação com um treinador treinado.

Nado peito: nossa recomendação dos melhores produtos

Guia: O que você deve saber sobre o bruços e sua saúde:

A idéia por trás do bruços é que, ao contrário dos esportes em terra, não há tanta gravidade atuando sobre o corpo na água. Isto significa que quando você se move na água, não há tanto peso pressionando as articulações individuais do corpo.

Diz-se que nadar é uma suave alternativa ao exercício, especialmente após uma cirurgia nas articulações.

Quais são os benefícios para a saúde do bruços?

Antes de mais nada, nadar pode fortalecer sua resistência. Não importa se você faz bruços, rastejamento ou golfinhos. A resistência pode ser aumentada não apenas nos músculos das pernas, braços e tronco, mas especialmente nos pulmões.

A razão para isso é que quando você nada, a água pressiona seu peito de todos os lados e você infla seus pulmões contra uma pressão extra que você não tem em terra. Portanto, o aumento do volume pulmonar melhora a capacidade de bombeamento do coração, o que por sua vez tem um efeito positivo na circulação.

De acordo com o CDC (Center for Disease Control and Prevention), cerca de duas horas e meia de atividade física por semana pode reduzir o risco de doenças crônicas (3). Isto se aplica tanto à natação quanto ao jogging e ao ciclismo.

É fácil o derrame nas articulações?

Obter as habilidades motoras certas para nadar pode ser uma história complicada. Pode rapidamente se tornar um caso de erro na água se você não mover seus braços e pernas ao mesmo tempo.

Se os movimentos forem realizados corretamente, a natação ainda é uma grande tensão para algumas pessoas. O Dr. Andreas Bieder da Universidade Esportiva de Colônia explica que, do ponto de vista ortopédico, é mais recomendável nadar de costas ou rastejar do que de bruços.

O problema com o bruços é a dobra das costas que você faz para levantar o rosto para fora da água e recuperar o fôlego.

Por um lado, isso tem um efeito negativo sobre as articulações e, por outro lado, o movimento das pernas, o que enfatiza o interior dos joelhos. Pessoas com problemas de joelho ou osteoartrite enfrentam problemas particularmente dolorosos na posição de pernas para o ar (1, 2). É melhor para as pessoas afetadas obter um auxílio de natação para apoio.

Você pode perder peso nadando de bruços?

Como regra geral, nadar pode ajudar você a perder peso porque você está se movendo e, portanto, consome energia. Não importa realmente se você usa energia na terra ou na água.

Cientistas poloneses realizaram um estudo em 2019 para descobrir como nadar bem ajuda as pessoas a perder peso. Eles analisaram o efeito de doze semanas de treinamento de natação sobre o corpo das jovens mulheres.

brustschwimmen

Em muitos estilos de natação, como o de peito, a seqüência de movimentos representa uma simbiose perfeita entre a respiração e a coordenação. (Fonte da imagem: Brian Mantangalo/unsplash)

As pessoas do teste tinham que nadar três vezes por semana durante uma hora cada. Os resultados foram decepcionantes, já que o treinamento não teve efeito perceptível sobre o peso dos sujeitos.

Deve-se dizer que a alimentação não foi regulamentada no estudo e os sujeitos não adaptaram seu comportamento alimentar ao treinamento (5).

Quantas calorias o peito queima?

Se você se pergunta sobre perda de peso, você inevitavelmente chega ao consumo de calorias. Quantas calorias a natação queima e é mais do que correr? Um estudo clínico da May Clinic fez esta mesma pergunta em 2019 e chegou à conclusão de que depende muito do indivíduo para dar uma resposta abrangente.

Entretanto, foi feito um cálculo para uma pessoa que pesa 73 kg e faz um treinamento de natação moderado. Esta pessoa podia queimar 400 calorias em uma hora com a natação, mas com o jogging eram 600 calorias no mesmo período(6). Deve-se notar que diferentes tipos de esporte diferem em duração e intensidade de execução e que você tem que encontrar o tipo certo de esporte para você individualmente.

Que erros você pode cometer ao nadar de bruços?

Se você quer começar a treinar sozinho sem ter participado de um curso de natação antes, a possibilidade de cometer erros é grande. O primeiro grande obstáculo é, por mais banal que pareça, a respiração correta.

Se você não respira ao mesmo tempo e em harmonia com seus movimentos, todo o processo de natação se torna muito extenuante. É importante lembrar que na maioria das técnicas de natação, a cabeça está debaixo d'água a maior parte do tempo e, portanto, você tem apenas um tempo muito curto para inspirar e expirar.

Tipo de desporto Consumo de calorias 60 kg
Jogging 12km/h 720
Horse riding 300
Breaststroke 600
Backstroke 540

O primeiro erro com a respiração então inevitavelmente leva ao segundo erro comum, a postura. O nado de peito é o tipo de natação que normalmente é ensinado primeiro na Alemanha e é aqui que a postura incorreta pode ter conseqüências.

Em bruços, há muitas pessoas que querem enfiar sua cabeça fora da água sob coação. Isso lhe dá a oportunidade de inspirar e expirar a qualquer momento, mas os músculos do seu pescoço e coluna vertebral ficam tensos e sob constante tensão como resultado (7).

Quais músculos são usados no bruços?

Muitas pessoas que só nadam ocasionalmente encontram no peito o tipo de natação mais agradável. Isto porque a posição do peito na água o torna o menos extenuante. Além disso, as pernas assumem uma grande parte da potência propulsora e para a maioria das pessoas elas já estão "treinadas" pela vida cotidiana.

Uma gama completa de músculos é necessária para nadar de bruços corretamente. Se for tecnicamente realizado corretamente, a nado de peito é o estilo de natação mais extenuante em comparação com o crawl ou o backstroke.

Por exemplo, os músculos do antebraço e antebraço são usados para formar um furo com as mãos. Os puxões na água também treinam os músculos do ombro, assim como intensivamente o grande músculo das costas de ambos os lados. Como o nome sugere, o movimento dos braços naturalmente também coloca tensão sobre os músculos do peito.

brustschwimmen

Para perder peso ao nadar, a regra é escolher o estilo que mais lhe convém e onde você não perde o desejo. (Fonte de imagem: Drew Dau/ unsplash)

Devido à complexa seqüência de movimentos das pernas, os músculos da frente e das costas das coxas estão particularmente estressados. Isto é completado por tensões no abdômen e no tronco causadas pelo típico movimento das pernas.

Quando eu devo começar a aprender o bruços?

De acordo com uma recomendação do DLRG, você deve começar um curso de natação adequado aos cinco anos de idade. Em linguagem natatória, esta é a transição do Seahorse para o Bronze Badge. Somente a partir dos cinco anos de idade as crianças são capazes de coordenar sua respiração com os vários movimentos.

A maioria das pessoas aprendeu a nadar após cerca de dez a doze aulas de natação e são nadadores seguros.

Também é recomendado não ensinar seus filhos a nadar sozinho, mas levá-los a um curso de natação com um instrutor treinado. Os próprios erros dos pais, que passam despercebidos, podem ser rapidamente passados para as crianças.

Qual é o melhor treinamento de bruços?

Esta pergunta está intimamente relacionada com a questão de quais objetivos se quer realmente alcançar com a natação. O Dr. Andreas Bieder da Universidade Esportiva de Colônia afirma que nadar uma vez por semana durante meia hora provavelmente não tem efeito positivo.

Se você entrar na água uma vez por semana por meia hora, você provavelmente verá poucos efeitos.

Para iniciantes, é recomendado nadar duas a três vezes por semana. Quando os primeiros sucessos são alcançados, a duração e a intensidade podem ser aumentadas. Ao contrário dos esportes terrestres, os movimentos na água podem ser realizados durante um longo período de tempo.

Para quais doenças o derrame mamário é útil?

Aqui está uma breve visão geral das doenças para as quais o bruços ou a natação em geral podem ajudar.

  • Diabetes
  • Doença cardíaca
  • Sobrepeso
  • Artrite

No caso de diabetes, doenças cardíacas e obesidade, o movimento e a estimulação da circulação podem, por si só, aliviar essas condições. Queimar calorias no bruços pode ter um efeito positivo no peso, o que por sua vez pode ter um efeito positivo no diabetes.

As pessoas que sofrem de artrite podem ser ajudadas pela terapia debaixo d'água. Um estudo no Indian Journal of Physiology and Pharmacology descobriu que o exercício na água aumentou a mobilidade dos sujeitos e reduziu a dor (8, 9).

Conclusão

Em resumo, o bruços e a natação em geral são saudáveis para o corpo. Os movimentos na água criam pressão sobre o corpo, o que adicionalmente fortalece o volume pulmonar e assim também tem um efeito positivo sobre o sistema cardiovascular.

Embora isto não queime tantas calorias quanto o jogging, o derrame mamário, em particular, trabalha os músculos em todo o corpo. Por isso, nadar e, especialmente, o bruços, com a ajuda de uma dieta correta, também é bastante adequado para perder peso.

Deve-se notar, no entanto, que a execução correta do derrame mamário é um processo complicado. As pessoas tendem a enfiar constantemente a cabeça fora da água, o que pode levar a problemas com a coluna vertebral e pescoço.

Como os movimentos das pernas constituem uma parte significativa do bruços, as pessoas com problemas de joelho devem preferir escolher um estilo de natação diferente.

Fonte da imagem: JonHoefer / pixabay

Referências (9)

1. Georg Bergmann;Alwina Bender;Jörn Dymke;Georg Duda;Philipp Damm; et. al. Physical Activities That Cause High Friction Moments at the Cup in Hip Implants, in The Journal of Bone and Joint Surgery, 2018 Okt.
Fonte

2. Collins AC, Ward KD, McClanahan BS, Slawson DL, Vukadinovich C, Mays KE, Wilson N, Relyea G. Bone Accrual in Children and Adolescent Nonelite Swimmers: A 2-Year Longitudinal Study. Clin J Sport Med. 2019; 29: 43-48.
Fonte

3. Centers for Disease Control and Prevention (CDC), Health Benefits of Water-based Exercise
Fonte

4. Sable M. et al: Comparative Study of lung functions in swimmers and runners, in Indian Journal of Physiology and Pharmacology, 2012
Fonte

5. Charmas M. & Gromisz W.: Effect of12-week swimming composition in young women, in International Journal of Environmental Research in Public Health, 2019
Fonte

6. Excercise if weight loss: Calories burned in 1 hour, in Mayo Clinic, 2019
Fonte

7. Dr. Kutzner I. Die Belastung des Knie- und Hüftgelenks beim Schwimmen und bei der Wassergymnastik, in Deutsche Forschungsgemeinschaft (DFG), 2017
Fonte

8. Mohammed Alkatan, Jeffrey R. Baker, Daniel R. Machin, Wonil Park, Amanda S. Akkari, Evan P. Pasha and Hirofumi Tanaka: Improved Function and Reduced Pan after Swimming and Cycling Training in Patients with Osteoarthritis, in The Journal of Rheumatology March 2016
Fonte

9. Yuan W.-X et al.: Effects of 8-week swimming training on carotid aterial stiffness and hermodynamics on young overweight adults in Biomed Eng Online, 2016
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Klinische Studie
Georg Bergmann;Alwina Bender;Jörn Dymke;Georg Duda;Philipp Damm; et. al. Physical Activities That Cause High Friction Moments at the Cup in Hip Implants, in The Journal of Bone and Joint Surgery, 2018 Okt.
Ir para a fonte
Wissenschaftliche Untersuchung
Collins AC, Ward KD, McClanahan BS, Slawson DL, Vukadinovich C, Mays KE, Wilson N, Relyea G. Bone Accrual in Children and Adolescent Nonelite Swimmers: A 2-Year Longitudinal Study. Clin J Sport Med. 2019; 29: 43-48.
Ir para a fonte
Wissenschaftlicher Artikel
Centers for Disease Control and Prevention (CDC), Health Benefits of Water-based Exercise
Ir para a fonte
Wissenschaftliche Untersuchung
Sable M. et al: Comparative Study of lung functions in swimmers and runners, in Indian Journal of Physiology and Pharmacology, 2012
Ir para a fonte
Wissenschaftlicher Artikel
Charmas M. & Gromisz W.: Effect of12-week swimming composition in young women, in International Journal of Environmental Research in Public Health, 2019
Ir para a fonte
Klinische Studie
Excercise if weight loss: Calories burned in 1 hour, in Mayo Clinic, 2019
Ir para a fonte
Wissenschaftliche Untersuchung
Dr. Kutzner I. Die Belastung des Knie- und Hüftgelenks beim Schwimmen und bei der Wassergymnastik, in Deutsche Forschungsgemeinschaft (DFG), 2017
Ir para a fonte
Klinische Studie
Mohammed Alkatan, Jeffrey R. Baker, Daniel R. Machin, Wonil Park, Amanda S. Akkari, Evan P. Pasha and Hirofumi Tanaka: Improved Function and Reduced Pan after Swimming and Cycling Training in Patients with Osteoarthritis, in The Journal of Rheumatology March 2016
Ir para a fonte
Wissenschaftlicher Artikel
Yuan W.-X et al.: Effects of 8-week swimming training on carotid aterial stiffness and hermodynamics on young overweight adults in Biomed Eng Online, 2016
Ir para a fonte
Resenhas