Ultima atualização: 5 de outubro de 2021

Como escolhemos

67Produtos analisados

12Horas investidas

13Estudos avaliados

128Comentários coletados

Se você é um amante da medicina holística e natural, nós temos certeza que você já ouviu falar de óleos essenciais. Estes extratos das flores, frutos e folhas de plantas são usados há milênios para tratar de tudo, desde ansiedade até certas infecções de pele. Mas eles são realmente eficazes?

Neste novo artigo do Guia de Suplementos, nós descobriremos o que são óleos essenciais realmente. Nós também lhe falaremos sobre os óleos mais populares e discutiremos sua eficácia de acordo com a literatura científica. Finalmente, vamos olhar para algumas das controvérsias mais atraentes em torno desses produtos - não perca!




Destaques

  • Óleos essenciais são substâncias que são extraídas após a destilação de flores, folhas e frutas. Eles são ricos em compostos com efeitos medicinais, tais como terpenos.
  • Os óleos essenciais são usados para aliviar sintomas de ansiedade, depressão, dores nas costas, acne e outros. Infelizmente, nós precisamos de mais estudos para provar sua eficácia e segurança.
  • Se você quiser comprar um produto com óleos essenciais, considere seu potencial de causar alergias, suas intolerâncias alimentares, o tipo de embalagem e a relação custo-benefício do item.

Óleos essenciais: nossa recomendação dos melhores produtos

Prepare-se, porque a seguinte lista de óleos essenciais não o deixará indiferente. Nós reunimos quatro produtos que combinam inovação, qualidade e segurança para tornar sua experiência com esses remédios naturais o mais satisfatória possível. Acredite em nós, você voltará para mais!

Guia: All About Essential Oils

Os óleos essenciais são compostos naturais que são muito populares na indústria de suplementação. Muitos especialistas em medicina tradicional atribuem a eles ações de relaxamento e cura. Entretanto, atualmente temos muito pouca informação cientificamente validada sobre estes óleos, seus benefícios e efeitos adversos.

O óleo essencial de lavanda é altamente valorizado por suas propriedades relaxantes. (Fonte:
Iakovenko: 132589230/ 123rf)

O que são óleos essenciais?

Os óleos essenciais são obtidos pelo processamento das folhas, frutos, raízes ou flores de plantas com propriedades medicinais. Quando esses produtos vegetais são vaporizados, prensados, destilados ou filtrados, um óleo contendo centenas de substâncias diferentes é obtido.

A composição do óleo essencial varia dependendo de muitos fatores (tipo de planta, parte da planta utilizada e método de extração, entre outros), mas geralmente será muito rico em terpenos (substâncias vegetais anti-inflamatórias).

Outras moléculas que podem ser encontradas nestes óleos são, por exemplo, (1, 2, 3)

  • Limoneno: Esta substância é abundante em cascas de cítricos, dando-lhes seu aroma característico.
  • Linalool: Um terpeno especial com um aroma floral. Ele pode ser encontrado em óleo de lavanda.
  • Mentol: Como o nome sugere, esta substância é encontrada em óleos essenciais de hortelã-pimenta e hortelã-da-índia.
  • Canela: Este produto é abundante em óleo essencial de canela - cuidado, em sua forma pura, ele pode irritar a pele!

Sabe-se atualmente que até 400 moléculas diferentes são encontradas em óleos essenciais. As combinações de substâncias (e óleos essenciais) resultantes são infinitas, por isso os especialistas advertem que é muito difícil saber que efeito um determinado óleo essencial terá sobre o corpo. Tenha cuidado se você decidir usá-los!

Para que são usados os óleos essenciais?

Cozinha, perfumaria, higiene pessoal e detergentes são apenas alguns dos usos mais "mundanos" dos óleos essenciais, que dão aquele "toque especial" a produtos que de outra forma não seriam tão atraentes.

Entretanto, os óleos essenciais também são usados nas indústrias farmacêutica e de suplementação por suas supostas propriedades ansiolíticas, anti-inflamatórias, antimicrobianas e analgésicas.

Neste caso, os óleos mais puros serão usados em uma concentração maior para maximizar seus efeitos benéficos. Se você quiser saber mais sobre as funções dos óleos essenciais, recomendamos que você dê uma olhada mais detalhada na tabela a seguir.

Ele resume os principais usos dos óleos essenciais mais populares (1, 2, 3):

Óleo essencial Usos
Lavanda Relaxante, calmante, anti-inflamatório e estimulante do crescimento do cabelo
Limão Cura, desodorizante, hidratante e anti-séptico
Canela Antiparasitário, antidepressivo e melhorador do desejo.
Citronela Repelente de insectos, anti-séptico, antifúngico e antibacteriano.
Hortelã-pimenta Descongestionante e digestivo (alivia digestores pesados).
Tomilho Antibacteriano, calmante e descongestionante.
Cúrcuma Antioxidante, anti-inflamatório e analgésico.
Árvore do chá Anti-séptico e antiacne.

O que a ciência diz sobre os benefícios dos óleos essenciais?

Atualmente, os óleos essenciais continuam sendo um grande mistério para a ciência. Embora estes produtos tenham se mostrado úteis em modelos animais de laboratório, seus efeitos (benéficos e prejudiciais) sobre os seres humanos não são totalmente claros, e mais pesquisas são necessárias antes que possamos saber a verdade sobre estes compostos.

Nos parágrafos seguintes discutiremos os supostos efeitos benéficos dos óleos essenciais com mais detalhes e revisaremos a literatura científica disponível. Os óleos essenciais são "tudo o que estão rachados para ser" - mito ou fato? (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9)

Remédio anti-stress

Há numerosos estudos sobre o efeito relaxante de alguns óleos essenciais (inalados, ingeridos ou aplicados diretamente na pele) no alívio de sintomas de ansiedade.

Por exemplo, os óleos de lavanda e bergamota demonstraram ter um efeito relaxante tanto em animais quanto em humanos. Curiosamente, tem sido observado que o efeito "anti-ansiedade" da lavanda aparece mesmo em sujeitos sem olfato, demonstrando que as ações deste óleo vão "além" de um simples aroma florido.

Tratamento de cabelo e pele

O óleo essencial de lavanda mostrou-se útil para estimular o crescimento de pêlos em animais (ratos), embora seu efeito no pêlo humano não possa ser tão claramente demonstrado.

O óleo de árvore de chá (um arbusto que não tem nada a ver com chás de ervas), por outro lado, tem um efeito anti-acne clinicamente comprovado. Embora o efeito deste óleo essencial seja mais fraco do que o de outros preparados para o tratamento da acne (como o peróxido de benzoíla), seus poucos efeitos colaterais o tornam uma opção muito atraente.

Aumento do apetite

Você já pensou em aumentar ou controlar seu apetite usando óleos essenciais? Se esse é o seu plano, temos que lhe dizer que não há muitos estudos humanos confiáveis sobre o assunto.

Entretanto, em experimentos com ratos, descobriu-se que óleos essenciais de caril e lavanda podem aumentar o apetite, enquanto óleo essencial de toranja pode inibi-lo. Curioso!

Alívio da dor

Massagens com óleos essenciais de lavanda, eucalipto e hortelã-pimenta têm mostrado funcionar bem em estudos humanos. A inalação destes odores ou sua aplicação em áreas dolorosas (costas, barriga, pescoço, ombros, etc.) aliviou com sucesso dores em problemas como menstruação dolorosa ou dores crônicas nas costas.

Infecções, câncer e outras doenças graves

Os óleos essenciais podem curar o câncer? Ou uma infecção grave, como a pneumonia? É verdade que as substâncias contidas nos óleos essenciais têm um grande potencial terapêutico.

E também é possível que, dentro de alguns anos, os cientistas sejam capazes de isolar certas moléculas nesses óleos e aproveitar ao máximo suas propriedades. Mas infelizmente, até sabermos toda a verdade sobre essas substâncias, não podemos usá-las com segurança para tratar doenças graves.

Precisamos de mais experiências, mais dados e uma melhor compreensão dos benefícios e efeitos adversos desses óleos antes de usá-los como medicamentos. Nosso conselho? Lembre-se que os óleos essenciais não devem ser usados para tratar ou curar qualquer doença.

Para qualquer problema de saúde, consulte seu médico e explore com ele um tratamento apropriado para seus sintomas. Sua saúde lhe agradecerá!

Aromaterapia é um tipo de medicina alternativa na qual o aroma dos óleos essenciais é usado para tentar tratar diferentes doenças.

Como os óleos essenciais são usados?

Os óleos essenciais são muito versáteis e, portanto, podem ser usados de três maneiras diferentes (3, 10, 11):

Inalados . Apreciar o aroma de lavanda ou cítricos é uma maneira muito agradável de aproveitar os benefícios dos óleos essenciais, também conhecidos como aromaterapia. Especialistas recomendam que se você vive com crianças ou pessoas com alergias, não use difusores, mas use pequenos "palitos" perfumados que só você pode cheirar.

Aplicado à pele . Misture algumas gotas de seu óleo essencial escolhido com seu creme, sabonete ou shampoo (nunca use diretamente sobre a pele) e aplique no seu corpo. Você notará seus efeitos relaxantes, energizantes ou analgésicos quase imediatamente!

Ingerido . Como os óleos essenciais não são considerados medicamentos, eles não estão sujeitos aos mesmos regulamentos que os farmacêuticos e podem conter elementos que não são recomendados.

Por esta razão, recomendamos que você não ingira óleos essenciais, a menos que sejam encontrados em produtos farmacêuticos de qualidade e segurança comprovadas (de preferência prescritos pelo seu médico).

Os óleos essenciais podem ser inalados, aplicados na pele ou ingeridos. (Fonte: Solerf: 25025023/ 123rf)

É verdade que os óleos essenciais são ruins para a sua saúde?

Os óleos essenciais também têm seus detratores. Há especialistas que nos avisam que as moléculas desses óleos podem ter um efeito sobre nossos hormônios. Em outras palavras, os óleos essenciais podem agir como "disruptores endócrinos" que afetam nosso equilíbrio metabólico (11, 12).

O efeito dos disruptores endócrinos pode ser particularmente prejudicial para os muito jovens. Por exemplo, suspeita-se que o uso de óleos essenciais em meninas e meninos poderia promover a puberdade ou afetar seu desenvolvimento.

Assim, recomenda-se que menores de idade não usem produtos com óleos essenciais (incluindo o óleo de árvore de chá, que é amplamente usado por adolescentes para a acne!) Como precaução, mulheres grávidas ou amamentando também não devem usar esses produtos.

Finalmente, estudos com animais mostraram que o óleo de citronela pode induzir o crescimento de tumores (13).

Embora este efeito não pareça afetar os seres humanos, alguns países limitaram o uso da citronela por razões de segurança. Em nosso país, por exemplo, esta substância pode ser comprada em qualquer supermercado, enquanto no Canadá ela foi proibida em 2014.

Critérios de compra

A escolha de um produto com óleos essenciais não precisa ser um incômodo. Se você aplicar nossos critérios de compra, você poderá escolher um produto com qualidade imbatível a um preço imbatível. Não acredite em nós, continue lendo e você ficará surpreso!

Alergias

Infelizmente, os óleos essenciais podem causar reações alérgicas e até mesmo sensibilizar pessoas que antes não eram intolerantes a esses compostos. Este problema ocorre principalmente quando o mesmo óleo essencial é usado por longos períodos de tempo.

Se durante o uso de óleos essenciais você notar que sua pele fica irritada ou com pás, ou começar a sentir falta de ar, tonturas ou náuseas, pare de usar o produto (tome banho se você o aplicou na pele) e procure ajuda médica urgente.

O óleo essencial de eucalipto pode ajudar com os sintomas do resfriado comum. (Fonte: madeleinesteinbach: 90667553/ 123rf)

Intolerâncias alimentares

Você é vegano, vegetariano ou celíaco? Então você está com sorte! Os óleos essenciais são de origem vegetal e não necessariamente contêm glúten, portanto você tem uma ampla gama de opções para escolher se desejar.

Entretanto, recomendamos que você leia cuidadosamente a lista de ingredientes e excipientes do seu óleo essencial, pois em alguns casos, substâncias adicionais podem ser usadas que contenham compostos de origem animal. Tenha cuidado!

Embalagem

Se você comprar óleos essenciais, lembre-se que suas formas puras são particularmente sensíveis à luz solar. Por esta razão, eles devem ser embalados em frascos, garrafas ou frascos opacos (marrom ou azul escuro) que os protejam da radiação ultravioleta. Desconfie de itens com óleos essenciais em garrafas transparentes; eles podem ser imitações ou ter perdido sua eficácia devido à luz.

Valor por dinheiro

Mas quanto deve custar um bom óleo essencial? Surpreendentemente, estes produtos são bastante acessíveis, principalmente porque são usados em quantidades muito pequenas.

Assim, um frasco de 10 mililitros vai custar entre cinco e dez euros. Não se deixe enganar por óleos "muito baratos", pois sua qualidade pode não ser a que você espera.

Resumo

Os óleos essenciais têm uma grande variedade de efeitos em nosso bem-estar. Podemos usá-los para relaxar após um dia estressante, aliviar a dor de forma mais natural ou até mesmo melhorar a aparência de nossa pele.

No entanto, a falta de conhecimento sobre óleos essenciais significa que precisamos ser cautelosos ao usá-los. Escolher produtos de boa qualidade e aplicá-los com cuidado nos poupará muito do incômodo.

Diga-nos, você tem um óleo essencial favorito e nós queremos ouvir de você! Se você descobriu óleos essenciais através deste artigo, por favor deixe um comentário e compartilhe este artigo.

(Fonte da imagem em destaque: Littleny: 71891128/ 123rf.com)

Referências (13)

1. Valdivieso-Ugarte M, Gomez-Llorente C, Plaza-Díaz J, Gil Á. Antimicrobial, Antioxidant, and Immunomodulatory Properties of Essential Oils: A Systematic Review. Nutrients. 2019 Nov 15;11(11):2786.
Fonte

2. Kozics K, Bučková M, Puškárová A, Kalászová V, Cabicarová T, Pangallo D. The Effect of Ten Essential Oils on Several Cutaneous Drug-Resistant Microorganisms and Their Cyto/Genotoxic and Antioxidant Properties. Molecules . 2019 Dec 13 ;24(24):4570.
Fonte

3. Ramsey JT, Shropshire BC, Nagy TR, Chambers KD, Li Y, Korach KS. Essential Oils and Health. The Yale journal of biology and medicine . 2020 Jun 1 ;93(2):291–305.
Fonte

4. Lakhan SE, Sheafer H, Tepper D. The Effectiveness of Aromatherapy in Reducing Pain: A Systematic Review and Meta-Analysis. Pain Research and Treatment . 2016 Dec 14 ;2016:1–13
Fonte

5. Ou M-C, Lee Y-F, Li C-C, Wu S-K. The Effectiveness of Essential Oils for Patients with Neck Pain: A Randomized Controlled Study. The Journal of Alternative and Complementary Medicine . 2014 Oct 1 ;20(10):771–9.
Fonte

6. Shen J, Niijima A, Tanida M, Horii Y, Maeda K, Nagai K. Olfactory stimulation with scent of grapefruit oil affects autonomic nerves, lipolysis and appetite in rats. Neuroscience Letters . 2005 Jun 3 ;380(3):289–9
Fonte

7. Ogawa K, Ito M. Appetite-Enhancing Effects of Curry Oil. Biological & Pharmaceutical Bulletin . 2016 ;39(9):1559–63.
Fonte

8. Bassett IB, Barnetson RSC, Pannowitz DL. A comparative study of tea‐tree oil versus benzoylperoxide in the treatment of acne. Medical Journal of Australia . 1990 Oct ;153(8):455–8.
Fonte

9. Yap WS, Dolzhenko A v., Jalal Z, Hadi MA, Khan TM. Efficacy and safety of lavender essential oil (Silexan) capsules among patients suffering from anxiety disorders: A network meta-analysis. Scientific Reports . 2019 Dec 2 ;9(1):18042.
Fonte

10. Goepfert M, Liebl P, Herth N, Ciarlo G, Buentzel J, Huebner J. Aroma oil therapy in palliative care: a pilot study with physiological parameters in conscious as well as unconscious patients. Journal of Cancer Research and Clinical Oncology . 2017 Oct 20 ;143(10):2123–9
Fonte

11. de Groot AC, Schmidt E. Tea tree oil: contact allergy and chemical composition. Contact Dermatitis . 2016 Sep 1 ;75(3):129–43.
Fonte

12. Deroo BJ. Estrogen receptors and human disease. Journal of Clinical Investigation . 2006 Mar 1 ;116(3):561–70.
Fonte

13. Tan KH, Nishida R. Methyl Eugenol: Its Occurrence, Distribution, and Role in Nature, Especially in Relation to Insect Behavior and Pollination. Journal of Insect Science . 2012 Apr ;12(56):1–60.
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Revisión sistemática
Valdivieso-Ugarte M, Gomez-Llorente C, Plaza-Díaz J, Gil Á. Antimicrobial, Antioxidant, and Immunomodulatory Properties of Essential Oils: A Systematic Review. Nutrients. 2019 Nov 15;11(11):2786.
Ir para a fonte
Estudio in vitro
Kozics K, Bučková M, Puškárová A, Kalászová V, Cabicarová T, Pangallo D. The Effect of Ten Essential Oils on Several Cutaneous Drug-Resistant Microorganisms and Their Cyto/Genotoxic and Antioxidant Properties. Molecules . 2019 Dec 13 ;24(24):4570.
Ir para a fonte
Artículo científico
Ramsey JT, Shropshire BC, Nagy TR, Chambers KD, Li Y, Korach KS. Essential Oils and Health. The Yale journal of biology and medicine . 2020 Jun 1 ;93(2):291–305.
Ir para a fonte
Revisión sistemática
Lakhan SE, Sheafer H, Tepper D. The Effectiveness of Aromatherapy in Reducing Pain: A Systematic Review and Meta-Analysis. Pain Research and Treatment . 2016 Dec 14 ;2016:1–13
Ir para a fonte
Estudio en humanos
Ou M-C, Lee Y-F, Li C-C, Wu S-K. The Effectiveness of Essential Oils for Patients with Neck Pain: A Randomized Controlled Study. The Journal of Alternative and Complementary Medicine . 2014 Oct 1 ;20(10):771–9.
Ir para a fonte
Estudio con animales
Shen J, Niijima A, Tanida M, Horii Y, Maeda K, Nagai K. Olfactory stimulation with scent of grapefruit oil affects autonomic nerves, lipolysis and appetite in rats. Neuroscience Letters . 2005 Jun 3 ;380(3):289–9
Ir para a fonte
Artículo científico
Ogawa K, Ito M. Appetite-Enhancing Effects of Curry Oil. Biological & Pharmaceutical Bulletin . 2016 ;39(9):1559–63.
Ir para a fonte
Estudio en humanos
Bassett IB, Barnetson RSC, Pannowitz DL. A comparative study of tea‐tree oil versus benzoylperoxide in the treatment of acne. Medical Journal of Australia . 1990 Oct ;153(8):455–8.
Ir para a fonte
Estudio en humanos
Yap WS, Dolzhenko A v., Jalal Z, Hadi MA, Khan TM. Efficacy and safety of lavender essential oil (Silexan) capsules among patients suffering from anxiety disorders: A network meta-analysis. Scientific Reports . 2019 Dec 2 ;9(1):18042.
Ir para a fonte
Estudio en humanos
Goepfert M, Liebl P, Herth N, Ciarlo G, Buentzel J, Huebner J. Aroma oil therapy in palliative care: a pilot study with physiological parameters in conscious as well as unconscious patients. Journal of Cancer Research and Clinical Oncology . 2017 Oct 20 ;143(10):2123–9
Ir para a fonte
Artículo científico
de Groot AC, Schmidt E. Tea tree oil: contact allergy and chemical composition. Contact Dermatitis . 2016 Sep 1 ;75(3):129–43.
Ir para a fonte
Artículo científico
Deroo BJ. Estrogen receptors and human disease. Journal of Clinical Investigation . 2006 Mar 1 ;116(3):561–70.
Ir para a fonte
Artículo científico
Tan KH, Nishida R. Methyl Eugenol: Its Occurrence, Distribution, and Role in Nature, Especially in Relation to Insect Behavior and Pollination. Journal of Insect Science . 2012 Apr ;12(56):1–60.
Ir para a fonte
Resenhas