Imagem de uma mulher fazendo pilates.
Ultima atualização: 18 de maio de 2021

Durante a gestação, as mudanças corporais ocorrem de modo intenso, podendo causar desconforto. Uma maneira de lidar com essas dores é praticar atividade física. Nesse texto falaremos especialmente sobre o pilates para gestantes.

Essa atividade é indicada pois proporciona saúde, equilíbrio e bem-estar para a futura mamãe. Mas você sabe quais são as particularidades e benefícios do pilates para gestantes? Continue a leitura e descubra.




Primeiro, o mais importante

  • O pilates promove fortalecimento muscular, melhora na postura, ganho de consciência corporal e combate a incontinência urinária, comum durante a gestação.
  • O pilates também proporciona benefícios para o bebê, pois aumenta a oxigenação, deixando o neném mais tranquilo.
  • Pratique pilates no segundo e terceiro trimestres da gestação. Prefira exercícios simplesm, que podem ser realizados no solo, com o uso de elástico e bola.

Pilates para gestante: Como se exercitar

O ideal é que a gestante mantenha uma vida ativa e pratique atividade física regularmente. Uma das modalidades esportivas mais indicadas nessa fase da vida é o pilates, tema deste conteúdo exclusivo.

Imagem de gestantes em uma aula de pilates.

O pilates é uma excelente atividade física para mulheres gestantes. (Fonte: Gustavo Fring/ Pexels.com)

Como o pilates prepara o corpo para a gestação?

O pilates pode beneficiar a mulher antes, durante e após a gestação. Para quem planeja engravidar, preparar o corpo para as diversas mudanças que ocorrerão em 40 semanas é a melhor alternativa.

Como os benefícios do pilates incluem fortalecimento das articulações e musculatura, estabilização da coluna, ganho de consciência corporal e controle emocional, essa atividade é perfeita para as mulheres que buscam uma gravidez saudável.

É importante reforçar que a prática de pilates não evitará nenhum dos sintomas ou mudanças relacionados à gravidez, no entanto, suavizará a maioria dos desconfortos característicos da gravidez, como dores, incontinência urinária e prisão de ventre na gravidez.

Outro benefício é o fortalecimento do assoalho pélvico, uma musculatura que compreende da parte inferior das costelas à parte inferior da pelve e atua na sustentação dos órgãos, continência de urina e fezes e movimentos do parto.

Por fim, o pilates ajuda no controle dos hormônios, principalmente do hormônio relaxina, que acomoda o bebê e facilita o parto natural.

O pilates combate a lombalgia em gestantes?

A lombalgia é um desconforto na região da coluna lombar que afeta a maioria das gestantes, pois a transformação anatômica causada pelo aumento da barriga ocasiona esforço e desgaste intenso das costas.

Além das dores, a lombalgia pode causar incapacidade motora, insônia e depressão. Para evitar essa condição, você pode praticar pilates em busca do alinhamento corporal, melhora na postura e equilíbrio.

Os movimentos executados no pilates diminuem a curvatura nas costas e relaxam os músculos tensionados. Outros benefícios são estímulo à circulação sanguínea e fortalecimento dos músculos das pernas e glúteos.

Melhores exercícios de pilates para gestantes

Os melhores exercícios de pilates para gestantes estão listados abaixo:

  1. Contração do períneo: deite de barriga para cima, estique os braços ao longo do corpo e posicione as pernas em cima de uma bola de pilates. Nessa posição, inspire lentamente e ao expirar contraia os músculos pélvicos, repetindo o movimento dez vezes.
  2. Elevação das pernas: deite de barriga para cima, dobre uma perna e eleve a outra, contraindo os músculos pélvicos, em movimentos lentos e controlados, repetindo o movimento cinco vezes.
  3. Gato arrepiado: fique em posição de quatro apoios, tente encostar o queixo no peito enquanto movimenta o quadril para frente e estique as costas. Novamente, contraia os músculos pélvicos e repita o movimento cinco vezes.
  4. Ponte: Deite de barriga para cima e eleve o quadril. Enquanto você eleva o corpo, é importante contrair os músculos pélvicos.
  5. Saudação ao sol: sente o bumbum sobre os calcanhares, estique os braços para frente e incline o corpo, para alongar os músculos da coluna. Permaneça nessa posição por cerca de 20 segundos.

Benefícios do pilates para gestantes

A prática de pilates proporciona inúmeros benefícios para quem está gestante:

  • Melhora na postura.
  • Fortalecimento dos músculos abdominais.
  • Redução de dores nas costas.
  • Melhora a qualidade do sono.
  • Fortalecimento e controle da zona pélvica.
  • Aumento da resistência física.
  • Controle da respiração.
  • Melhora a circulação sanguínea.
  • Preparo para o parto.

Imagem de uma mulher grávida fazendo pilates.

O pilates proporciona inúmeros benefícios para gestantes. (Fonte: Jessica Monte/ Pexels.com)

Quais cuidados uma gestante deve ter ao praticar pilates?

Em primeiro lugar, a prática de pilates, ou qualquer atividade física deve ser evitada nos primeiros três meses de gravidez. Depois do primeiro trimestre, a gestante pode realizar pilates duas ou três vezes na semana até o oitavo mês da gestação.

Desde que a mulher e o bebê estejam saudáveis, o pilates não apresenta qualquer risco à saúde, no entanto, recomenda-se orientação médica.

Restrições à prática de pilates por gestantes

Nem todas as gestantes devem praticar pilates ou qualquer atividade física. Essas mulheres apresentam certos impedimentos, como acelerção dos batimentos cardíacos, pressão alta, dificuldade para respirar, dores abdominais, sangramento vaginal, contrações, gravidez de risco ou risco de aborto espontâneo.

Como deve ser realizado o treino de pilates de acordo com o trimestre da gravidez?

No primeiro trimestre, a aula deve ser suave, para evitar enjoos e fadiga. Nessa fase, indica-se trabalhar a respiração, ativação da musculatura do assoalho pélvico, mobilidade e estabilidade das escápulas e da pelve.

No segundo trimestre, deve-se trabalhar a estabilidade e a tonificação muscular, além de manter o trabalho realizado no primeiro trimestre. Também pode ser trabalhado o fortalecimento das pernas e braços.

No terceiro trimestre, deve ser trabalhada a respiração com ênfase na mobilidade das costelas. Os exercícios devem estimular a descompressão da coluna.

Imagem de uma gestante fazendo atividade física.

O pilates deve enfatizar diferentes áreas, dependendo do trimestre da gravidez. (Fonte: freestocks.org/ Pexels.com)

Resumo

O pilates é uma das atividades físicas preferidas das mulheres grávidas, pois proporciona benefícios para o corpo e a mente. Tanto que pode ser feito antes, durante e após a gravidez.

No entanto, em cada fase da gravidez, os estímulos devem ser diferentes. Mas antes de praticar a atividade física, consulte seu médico. Esperamos que tenha gostado do texto.

(Fonte da imagem destacada: Anthony Shkraba/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas