Ultima atualização: 5 de agosto de 2021

Como escolhemos

20Produtos analisados

26Horas investidas

12Estudos avaliados

75Comentários coletados

O que é proline? uma vitamina? um flavonóide? De jeito nenhum. A prolina é um aminoácido não essencial que, junto com outros nutrientes, está envolvido na síntese de colágeno. Nós sabemos que suplementos de prolina não são muito populares, por isso elaboramos este guia para você aprender mais sobre eles.

Embora em pessoas que seguem uma dieta vegetariana onívora ou ovo-lacto, a ingestão de prolina geralmente não é um problema, este aminoácido pode ser um fator condicionante para os veganos. Os principais benefícios da suplementação são apoiar a produção de colágeno e manter a pele, cabelos, unhas e articulações saudáveis.




O mais importante em poucas palavras

  • Proline é um aminoácido não essencial que pode ser sintetizado pelo corpo humano e também pode ser obtido a partir de alimentos protéicos e suplementos.
  • Os suplementos de prolina são destinados a melhorar a saúde das articulações, pele, cabelo e unhas, pois este aminoácido é um nutriente essencial para a formação do colágeno.
  • Para comprar o melhor suplemento proline, o comprador deve avaliar certos critérios básicos, tais como composição do produto, forma de apresentação, adequação para veganos, certificações de qualidade, presença de alergênios e relação custo-benefício.

Proline: nossas recomendações

Se compararmos a variedade de marcas de prolina disponíveis comercialmente com outros aminoácidos, tais como glutamina ou BCAAs (aminoácidos de cadeia ramificada), podemos ver que as opções de suplementação de prolina não são abundantes no mercado.

Guia de compras: o que você precisa saber sobre a proline

A proline é um dos aminoácidos menos conhecidos porque não é essencial, o que significa que o corpo humano pode produzi-la por si só. Entretanto, sua suplementação pode ser muito útil em certas circunstâncias. Para que serve? Quem pode se beneficiar com isso? Estas perguntas e muitas outras serão respondidas nesta seção.

Proline é um aminoácido não essencial que pode ser sintetizado pelo corpo humano e também pode ser obtido a partir de alimentos protéicos e suplementos. (Fonte: Rido: 75164614/ 123rf.com)

O que é exatamente proline?

Proline é um aminoácido não essencial, que é a chave para a manutenção da saúde. O termo "não essencial" significa que o corpo humano pode sintetizá-lo em quantidades suficientes para atender às necessidades diárias. (1) A prolina se liga a outros aminoácidos para formar proteínas bem conhecidas como colágeno e glúten (2, 3).

Quais são os benefícios da suplementação com prolina?

Como mencionado acima, a prolina é um dos aminoácidos básicos para a formação de colágeno e muitos dos benefícios da suplementação estão relacionados às funções desta proteína (2). Aqui nós explicamos os benefícios que a maioria dos consumidores ganha ao tomar proline

  • Melhoria na produção de colágeno. A prolina é um aminoácido essencial para que o corpo humano sintetize o colágeno que fará parte das articulações, unhas, pele, ossos, cartilagem e tendões. Muitos suplementos de prolina também contêm lisina, glicina e vitamina C para estimular a síntese desta proteína estrutural (4, 5).
  • Manter a firmeza e a elasticidade da pele - quer uma pele suave e de aparência jovem? Tomar a prolina estimula a produção de colágeno e ajuda a manter a pele firme e lisa, enquanto reduz as rugas e linhas finas (6, 7).
  • Alívio de dores articulares ligadas a artrite, osteoartrite ou lesões esportivas. Proline, juntamente com outros aminoácidos e vitaminas, promove a síntese de colágeno e apoia a saúde das articulações (7).
  • Manutenção da estrutura adequada dos vasos sanguíneos e prevenção de eventos cardiovasculares. O colágeno tipo III é encontrado nas paredes dos vasos sanguíneos e é um componente essencial na manutenção de sua estrutura e função (5, 8)
  • Suporte para a função imunológica ideal. O Proline é um aminoácido chave para uma resposta imunológica adequada (9).

Os suplementos proline são recomendados para atletas que procuram aumentar a massa muscular?

Não, proline não é um suplemento prioritário para atletas que procuram aumentar a massa muscular. Atletas que consomem alimentos de origem animal terão proline suficiente para construir músculo, enquanto que para atletas veganos é recomendado um suplemento proteico completo com todos os aminoácidos, não apenas proline, (10).

Os suplementos proline são destinados a melhorar a saúde das articulações, pele, cabelo e unhas, já que este aminoácido é um nutriente essencial para a formação do colágeno. (Fonte: Samborskyi: 108023709/ 123rf.com)

Para quem são os suplementos proline?

Os principais beneficiários dos suplementos proline são vegetarianos e especialmente veganos. Acontece que essas pessoas não consomem colágeno hidrolisado porque vem de animais (vaca, porco, tubarão) e a prolina, juntamente com outros nutrientes, é uma alternativa eficaz para promover a síntese de colágeno no organismo.

Agora, algum indivíduo vegano tem que tomar prolina? Não, este não é um suplemento alimentar essencial para aqueles que seguem uma dieta vegana, nem é exclusivo deste grupo. Suplementos Proline podem ser recomendados para

  1. Indivíduos que desejam prevenir rugas, reduzir linhas finas e aumentar a firmeza e maciez da pele.
  2. Indivíduos que sofrem de problemas nas articulações, estejam ou não ligados ao esporte.
  3. Pessoas que procuram fortalecer suas unhas e cabelos.

Que tipos de suplementos de prolina existem?

Os suplementos de prolina podem conter exclusivamente este aminoácido ou podem fornecer outros princípios nutricionais que também são necessários para estimular a produção de colágeno. Os tipos de suplementos proline são

  • Produtos que consistem unicamente de prolina: cápsulas ou comprimidos geralmente fornecem 500 mg deste aminoácido por unidade. O material da cápsula é a hidroxipropilmetilcelulose, também conhecida como celulose vegetal. Geralmente, eles devem ser combinados com outros suplementos, por exemplo, vitamina C ou lisina.
  • Produtos contendo prolina em combinação com outros elementos: a combinação mais comum é a prolina e lisina, mas também pode conter glicina e vitamina C em sua composição. Eles podem estar na forma de cápsulas ou pó, embora este último seja menos comum.
Proline sola Proline combinado com outros nutrientes
Ingredientes L-proline (esta é a forma ativa do aminoácido). L-proline, L-lisina, glicina, cálcio e vitamina C.
Forma de apresentação Cápsulas, comprimidos ou pó. Cápsulas, comprimidos ou pó.

Quais são as fontes alimentares da prolina?

As principais fontes de prolina são de origem animal, então os veganos obtêm quantidades menores deste aminoácido em sua dieta. Estes incluem carne (bovina, suína e de aves), peixe, ovos, gelatina e produtos lácteos (leite, iogurte e queijo). Alimentos ricos em glúten de trigo, por exemplo, seitan, também são muito ricos em proline (11).

Pessoas que procuram fortalecer suas unhas e cabelos.
(Fonte: Lenets: 49201686/ 123rf.com)

Pessoas com doença celíaca podem tomar proline?

Sim, pessoas com doença celíaca ou intolerância ao glúten podem tomar suplementos de proline, pois o aminoácido é encontrado em sua forma livre e não faz parte do glúten. A doença está relacionada com a proteína, não com o aminoácido. Caso contrário, os portadores de doenças celíacas não seriam capazes de consumir nenhum dos alimentos listados acima.

Quais são as vantagens e desvantagens de tomar suplementos proline?

Embora os suplementos proline sejam uma excelente opção para pessoas que querem cuidar de sua pele e articulações sem tomar colágeno, eles têm suas limitações. Na tabela a seguir, resumimos as vantagens e desvantagens do proline:

Vantagens
  • Estimula a produção de colágeno, especialmente quando combinado com glicina, lisina e vitamina C. É um verdadeiro impulsionador decolágeno. O Proline em sua forma livre é assimilado de forma muito eficiente porque não requer digestão. Ela tem excelente tolerância digestiva e quase não tem efeitos adversos.
Desvantagens
  • Em geral, para alcançar bons resultados, ela tem que ser combinada com outros suplementos (lisina, vitamina C) e mais dinheiro tem que ser investido.

A prolina pode causar toxicidade ou efeitos adversos?

Os únicos casos relatados de toxicidade ligados à ingestão de prolina foram associados a uma condição muito rara chamada hiperprolinaemia. Esta condição pode levar a convulsões e outros sintomas neurológicos (12). Em adultos saudáveis, a suplementação da prolina não produz reações adversas.

Quais são as contra-indicações à suplementação da prolina?

A única contra-indicação à suplementação da prolina é uma doença metabólica chamada hiperprolinaemia, na qual a prolina se acumula excessivamente no plasma. Mulheres grávidas e lactantes, assim como pessoas que vivem com doenças renais ou hepáticas, devem consultar seu médico antes de tomar proline.

Mujer con dolor de rodilla

Pessoas que querem prevenir rugas, reduzir linhas finas e aumentar a firmeza e maciez da pele.
(Fonte: Pukkato: 87907169/ 123rf.com)

Critérios de compra

Escolher um suplemento alimentar nunca é uma tarefa fácil porque há muitas combinações diferentes de ingredientes e formas de apresentação. Portanto, se você quiser comprar o melhor suplemento proline, você precisará avaliar os seguintes aspectos:

Composição do produto

Como mencionado acima, os suplementos proline podem ser compostos exclusivamente de proline ou conter outros nutrientes essenciais para a produção de colágeno. Produtos que também contêm lisina, glicina e vitamina C são altamente recomendados e permitem melhores resultados no cuidado da pele e das articulações.

Ashley Barrientdietista registrada
"Vitamina C é um antioxidante que promove a síntese de colágeno. Na ausência de vitamina C, o corpo não pode produzir colágeno efetivamente".

Forma de apresentação

Embora o proline e seus nutrientes associados sejam mais comumente encontrados na forma de cápsulas ou comprimidos, esses elementos também são comercializados na forma de pó. As cápsulas são mais convenientes do que o pó porque não precisam ser dissolvidas em nenhum líquido antes do consumo. Alguns goles de água são suficientes para facilitar a deglutição.

Apropriado para veganos

A maioria das cápsulas e comprimidos proline são feitos de hidroxipropil metilcelulose, também conhecida como celulose vegetal. Ele pode ser listado como HMPC nas listas de ingredientes. Isto é muito importante porque significa que o produto é adequado para veganos e não é feito com gelatina animal.

Certificações de qualidade

Muitos dos suplementos proline são certificados de qualidade HACCP (Hazard Analysis and Critical Control Point). Isto garante que o produto é seguro para a saúde dos consumidores e que foi produzido de acordo com um sistema de produção cuidadoso. Boas Práticas de Fabricação (BPF) também são uma certificação de prestígio.

Presença de alergênios

Já explicamos que o proline pode ser consumido por pessoas com doença celíaca. Entretanto, os suplementos podem conter outros alergênios, como soja, nozes, gergelim, ovo ou lactose. Por esta razão, no caso de uma alergia alimentar, é essencial ler a lista de ingredientes para descartar ou confirmar a presença do alergênio.

Você sabia que a dose máxima permitida de L-proline é de 4000 mg por dia e os suplementos geralmente fornecem apenas 1000 mg por porção?

Valor por dinheiro

Embora os suplementos proline não sejam conhecidos por serem caros, um comprador experiente deve sempre avaliar a relação custo-benefício. No caso da prolina, é sábio escolher produtos que também contenham lisina, glicina ou vitamina C, já que o custo é normalmente aproximadamente o mesmo dos suplementos somente de prolina e sua eficácia é maior.

Resumo

A prolina é um aminoácido não essencial que o corpo humano pode sintetizar por si só e desempenha um papel fundamental na produção de colágeno. Como essa proteína faz parte da pele, cabelo, articulações e até mesmo das paredes dos vasos sanguíneos, os suplementos de prolina podem ajudar a cuidar dessas estruturas corporais.

É comum encontrar no mercado suplementos que contenham lisina, glicina ou vitamina C além da prolina. Estes produtos são uma excelente alternativa para veganos que não consomem colágeno hidrolisado de origem animal, mas querem rejuvenescer sua pele e manter a saúde das articulações.

Se você gostou deste guia, deixe-nos um comentário ou compartilhe-o em suas redes sociais.

(Fonte de imagem em destaque: Dudziński: 135246132/ 123rf.com)

Referências (12)

1. Juan Díaz M, Serrano Lázaro A, Mesejo Arizmendi A. Proteínas en nutrición artificial [Internet]. Nutrición Clínica en Medicina. 2014.
Fonte

2. Albaugh V, Mukherjee K, Barbul A. Proline Precursors and Collagen Synthesis: Biochemical Challenges of Nutrient Supplementation and Wound Healing [Internet]. The Journal of Nutrition. 2017.
Fonte

3. Gómez G. Notas Breves Sobre Alimentación en la Enfermedad Celíaca [Internet]. 2007.
Fonte

4. Barbul A. Proline Precursors to Sustain Mammalian Collagen Synthesis [Internet]. Journal of Nutrition. 2008.
Fonte

5. Gelse K, Poschl E, Aigner T. Collagens—structure, function, and biosynthesis [Internet]. 2003.
Fonte

6. Murakami H, Shimbo K, Kobayashi H. Importance of amino acid composition to improve skin collagen protein synthesis rates in UV-irradiated mice [Internet]. 2012.
Fonte

7. Czajka A et al. Daily oral supplementation with collagen peptides combined with vitamins and other bioactive compounds improves skin elasticity and has a beneficial effect on joint and general wellbeing [Internet]. Nutrition Research. 2018.
Fonte

8. Silver F, Foran D, Horvath I. Viscoelasticity of the Vessel Wall: The Role of Collagen and Elastic Fibers [Internet]. 2001.
Fonte

9. Wu G et al. Proline and hydroxyproline metabolism: implications for animal and human nutrition [Internet]. 2011.
Fonte

10. Tipton K, Gurkin B, Matin S, Wolfe R. Nonessential amino acids are not necessary to stimulate net muscle protein synthesis in healthy volunteers [Internet]. The Journal of Nutritional Biochemistry. 1999.
Fonte

11. Teymoori F et al. Various proline food sources and blood pressure: substitution analysis [Internet]. 2019.
Fonte

12. Nadler J, Wang A, Hakim A. Toxicity of L-proline toward rat hippocampal neurons [Internet]. 1988.
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Artículo científico
Juan Díaz M, Serrano Lázaro A, Mesejo Arizmendi A. Proteínas en nutrición artificial [Internet]. Nutrición Clínica en Medicina. 2014.
Ir para a fonte
Artículo científico
Albaugh V, Mukherjee K, Barbul A. Proline Precursors and Collagen Synthesis: Biochemical Challenges of Nutrient Supplementation and Wound Healing [Internet]. The Journal of Nutrition. 2017.
Ir para a fonte
Artículo científico
Gómez G. Notas Breves Sobre Alimentación en la Enfermedad Celíaca [Internet]. 2007.
Ir para a fonte
Artículo científico
Barbul A. Proline Precursors to Sustain Mammalian Collagen Synthesis [Internet]. Journal of Nutrition. 2008.
Ir para a fonte
Artículo científico
Gelse K, Poschl E, Aigner T. Collagens—structure, function, and biosynthesis [Internet]. 2003.
Ir para a fonte
Artículo científico
Murakami H, Shimbo K, Kobayashi H. Importance of amino acid composition to improve skin collagen protein synthesis rates in UV-irradiated mice [Internet]. 2012.
Ir para a fonte
Artículo científico
Czajka A et al. Daily oral supplementation with collagen peptides combined with vitamins and other bioactive compounds improves skin elasticity and has a beneficial effect on joint and general wellbeing [Internet]. Nutrition Research. 2018.
Ir para a fonte
Artículo científico
Silver F, Foran D, Horvath I. Viscoelasticity of the Vessel Wall: The Role of Collagen and Elastic Fibers [Internet]. 2001.
Ir para a fonte
Artículo de PubMed
Wu G et al. Proline and hydroxyproline metabolism: implications for animal and human nutrition [Internet]. 2011.
Ir para a fonte
Artículo científico
Tipton K, Gurkin B, Matin S, Wolfe R. Nonessential amino acids are not necessary to stimulate net muscle protein synthesis in healthy volunteers [Internet]. The Journal of Nutritional Biochemistry. 1999.
Ir para a fonte
Artículo científico
Teymoori F et al. Various proline food sources and blood pressure: substitution analysis [Internet]. 2019.
Ir para a fonte
Artículo científico
Nadler J, Wang A, Hakim A. Toxicity of L-proline toward rat hippocampal neurons [Internet]. 1988.
Ir para a fonte
Resenhas