Ultima atualização: 5 de agosto de 2021

A ioga, como as artes marciais, não é uma prática única, mas sim uma grande variedade de disciplinas e variações. Se você é um fã da Operación Triunfo, você reconhecerá a vinyasa yoga como a disciplina que Xuan Lan ensinou aos participantes. Mas o que é exatamente vinyasa yoga?

Vinyasa yoga é uma classificação geral que engloba práticas de yoga onde o movimento corporal é coordenado com exercícios respiratórios. Por exemplo, a exigente ashtanga yoga ou yoga de fluxo moderno. Ao invés de manter posturas por longos períodos de tempo, os asanas da vinyasa yoga fluem em sintonia com o ar que você inspira e expira. Neste artigo você aprenderá tudo sobre esta variante dinâmica do yoga.




O mais importante

  • A Vinyasa yoga é baseada na harmonia entre a respiração e o movimento. As asanas de Vinyasa são mais dinâmicas que em outras formas de yoga.
  • Há uma variedade de estilos dentro da vinyasa yoga. Alguns focam mais nos aspectos espirituais, enquanto outros são mais como rotinas de fitness.
  • A Vinyasa yoga é mais exigente fisicamente do que outros tipos de yoga. É aconselhável praticá-lo com alguma experiência anterior em estilos mais fáceis.

Guia de compra: o que você precisa saber sobre Vinyasa Yoga

Pelo seu nome, ashtanga vinyasa yoga pode soar como uma das antigas formas de yoga. Curiosamente, na verdade esta prática não tem nem um século de idade. Isso não significa que essa forma de yoga não tenha uma base antiga, mas atribuímos sua origem contemporânea a Sri Tirumalai Krishnamacharya. Mais especificamente, é seu aprendiz Sri K. Patthabi Jois, que fundou a primeira escola de ashtanga vinyasa yoga em meados do século 20.

O equilíbrio e a flexibilidade fazem da vinyasa yoga uma grande adição à sua rotina diária. (Fonte: Zen Bear Yoga: IVf7hm88zxY/ Unsplash)

Qual é a origem da vinyasa yoga?

A origem exata da vinyasa yoga está envolta em misticismo, pois é baseada em um manuscrito perdido (o Yoga Karunta), escrito pela sábia Vamana Rishi. Segundo a lenda, o sábio aprendeu esta yoga do próprio deus Vishnu e reencarnou a fim de evitar que este conhecimento caísse no esquecimento.

Os ensinamentos de ashtanga vinyasa yoga tiveram um grande impacto nos Estados Unidos. Sua popularidade levou à criação de múltiplas variantes, que passaram a ser conhecidas como vinyasa yoga. Hoje, o vinyasa yoga é um dos estilos mais difundidos.

Que tipos de vinyasa yoga existem?

Vinyasa é uma medida de uma sequência respiratória completa. Quando nós inalamos ar, isso significa que absorvemos prana para cima. É a energia universal que alimenta a vida. Quando exalamos, fazemos o prana fluir para baixo através do nosso corpo. É a energia purificadora que limpa nosso corpo. Seja por razões espirituais ou técnicas, a vinyasa yoga é qualquer disciplina que usa este processo como um sistema para marcar a duração e a mudança entre posturas.

Yoga cresce e se desenvolve com cada novo professor, tornando impossível listar seus estilos com precisão. No entanto, os seguintes são alguns dos mais conhecidos dentro da vinyasa yoga:

Stilo Ênfase Descrição
Ashtanga yoga Memória Demanding, tanto técnica como fisicamente. Este estilo é baseado em seguir uma seqüência específica de movimentos em uma ordem específica. É o estilo vinyasa fundamental no qual as variantes são geralmente baseadas.
Flow yoga Fluência Uma versão menos exigente do ashtanga yoga, onde a repetição de posturas e precisão de tempo é eliminada em favor de um estilo mais rítmico.
Jivamukti yoga Espiritualidade A fim de ensinar como aplicar a filosofia do yoga em nossas vidas diárias. Este estilo cria sessões temáticas onde o ashtanga yoga é combinado com mais práticas espirituais, como o canto de mantra ou música.
Power yoga Fitness Uma variação do ashtanga que elimina a rigidez das seqüências para dar maior importância à sua natureza de exercício físico.
Ioga quente Desintoxicação Uma prática de vinyasa realizada a 40 graus, que ajuda a tonificar o corpo enquanto aumenta a flexibilidade e diminui o risco de lesões.

Quais são os benefícios da vinyasa yoga?

Vinyasa yoga combina os aspectos meditativos e espirituais da yoga com elementos mais atléticos. Como resultado, este tipo de yoga pode trazer benefícios para muitas facetas diferentes da sua vida. Aqui estão alguns dos mais importantes.

Um bom instrutor sabe como empurrá-lo sem colocá-lo em risco de se machucar. (Fonte: Elly Fairytale: 3822670/ Pexels)

Benefícios físicos da vinyasa yoga

Vinyasa yoga é uma das formas de yoga mais exigentes fisicamente. Como tal, é totalmente comparável a uma atividade esportiva leve. O exercício realizado em uma sessão de yoga de uma hora é comparável a 45 minutos de caminhada (1). Isso o torna uma excelente forma de exercício para reduzir a obesidade (2).

Não é uma atividade esportiva que consome muita energia. No entanto, as melhorias que o vinyasa yoga pode trazer ao seu equilíbrio e flexibilidade são superiores às do treinamento esportivo tradicional (3).

Benefícios mentais do vinyasa yoga

A combinação dos elementos relaxantes do yoga com os exercícios respiratórios do vinyasa yoga faz do vinyasa yoga uma excelente ferramenta para a sua saúde mental.

Vinyasa yoga ajuda a combater o estresse e a ansiedade tão eficazmente que é útil em ambientes estressantes como as universidades (4) ou mesmo para cuidadores de pacientes com câncer (5).

Você não pode usar este tipo de yoga apenas para lidar com problemas externos em sua vida. Vinyasa yoga também é uma ferramenta útil se você estiver tentando parar de fumar. Pode ajudá-lo não só a perseverar, mas também a reduzir a sensação de dependência (6).

Benefícios para a saúde da vinyasa yoga

Além do valor restaurador e relaxante geralmente atribuído à yoga, a vinyasa yoga tem vários valores terapêuticos comprovados. Por exemplo, a melhora no desempenho cardiovascular e redução do colesterol nos praticantes é evidente desde a primeira sessão (7).

A melhora na força muscular e flexibilidade que a prática de vinyasa yoga gera faz dela uma forma útil de atividade para terapias de reabilitação. Vinyasa yoga é, por exemplo, viável como tratamento para a doença de Parkinson (8)

Benefícios do vinyasa yoga comparado com outros tipos de yoga

Se você está pensando em praticar vinyasa yoga, a primeira coisa que você deve saber é que isso não o exclui da prática de outras formas. Vinyasa yoga é algo complicado, por isso é aconselhável praticar primeiro um estilo mais simples como o hatha yoga. Desta forma, até que você esteja familiarizado com o básico. Dito isto, cada estilo de yoga tem suas próprias vantagens sobre os outros.

A principal contribuição da vinyasa yoga sobre outros estilos está relacionada à sua base conceitual. O fluxo de prana e apana, que purifica o corpo, não é meramente uma idéia espiritual. Vinyasa yoga é na verdade melhor do que estilos mais estáticos para a circulação sanguínea. Por envolver mais esforço físico devido ao seu dinamismo, também é melhor para construir resistência e perder peso.

Xuan LanProfessor de ioga Vinyasa
"Para dias em que o corpo está mais cansado, eu recomendo uma sessão de yoga restauradora. Se você precisa de algum tempo para se basear ou meditar em decisões importantes, hatha yoga será seu melhor aliado. Por outro lado, se você precisa liberar energia, o vinyasa yoga vai deixar você se sentindo como novo"

5 dicas obrigatórias para iniciantes de vinyasa yoga

Iniciar uma prática como a vinyasa yoga, pode ser um pouco intimidante para iniciantes. Com nossas dicas abaixo, você saberá tudo o que precisa para tornar suas sessões tão relaxantes quanto deveriam ser.

Graças à variedade de escolas, você pode encontrar um tipo de vinyasa yoga que melhor atende às suas necessidades. (Fonte: Dyllan Gillis: YJdCZba0TYE/ Unsplash)

Encontre um bom professor

Em yoga, a eficácia de suas sessões depende muito de ter um bom professor. Em vinyasa yoga, isto é duplamente verdadeiro.

As maiores exigências dos asanas de vinyasa yoga fazem com que seja importante adaptá-los para iniciantes. Um bom professor terá o cuidado de assegurar que seus alunos sigam um ritmo apropriado. Se você sente que não entende algo ou que não pode fazer o que é pedido, não hesite em perguntar.

Cuidado com as lesões ao praticar

Vinyasa yoga é mais dinâmica do que os outros estilos e, portanto, tem um risco maior de lesões. Não se esqueça de prestar atenção às instruções do professor e não se force demais. Estas são algumas das lesões que podem ser causadas por uma má prática de ioga

  • Lesões nas costas ou nos ombros: Informe seu professor se certas posturas estão lhe causando dor. Você pode não estar fazendo isso corretamente.
  • Lesões nos pulsos ou dedos: Preste atenção nas posturas para não colocar muito peso na ponta dos seus dedos.
  • Joelhos de balanço: Não force muito sua postura ao cruzar suas pernas e certifique-se sempre de usar roupas apropriadas.
  • Lesões no pescoço: Se seu pescoço doer durante certas posturas, não o estique e informe o instrutor imediatamente.

Ter alguma experiência anterior em outros estilos ajudará você a fluir entre posturas com menor risco de lesões.

Não se compare com seus pares

Vinyasa yoga é complexa e nem todos têm a mesma experiência quando iniciam as aulas. Siga as instruções de seu professor e não se preocupe se seus colegas de classe parecerem estar fazendo melhor.

Um dos objetivos do yoga é relaxar e melhorar dia a dia. Não vale a pena enfatizar sobre não ter conseguido a perfeição desde o início.

Use roupas apropriadas

Isto é importante em todos os tipos de yoga, mas ainda mais em vinyasa yoga. Ao praticar vinyasa yoga, você precisará não só de roupas flexíveis, mas também de roupas que não esfreguem você.

Verifique com os profissionais da loja, pois nem toda roupa esportiva é adequada para vinyasa yoga.

Não se esqueça que suas roupas devem ser respiráveis. Vinyasa yoga vai fazer você trabalhar duro e roupas inadequadas podem causar problemas quando o suor começa a crescer.

Lembre-se de descansar

Lembre-se sempre que o objetivo da yoga é melhorar a cada dia. Se você começar a ficar muito cansado, não tente se forçar a terminar a sessão, pois isso pode causar ferimentos.

Não seja tímido para deixar o instrutor saber. Um bom professor saberá se você precisa desacelerar ou se é melhor parar um pouco antes de continuar.

Conclusão

Vinyasa yoga é uma prática um pouco mais complicada do que os outros estilos, mas com muitos benefícios. Se você tem alguma experiência com yoga tradicional, nós recomendamos que você experimente uma sessão. Sua natureza mais dinâmica pode ser muito recompensadora se você for uma pessoa ativa.

Existem muitas escolas e variações de vinyasa yoga, então não hesite em experimentar um casal antes de decidir. Um bom professor fará com que as sessões sejam muito diferentes e cada estilo tem suas próprias vantagens. Encontre o que mais lhe convém e não se esqueça que o mais importante é se divertir.

(Fonte da imagem em destaque: Vega: F2qh3yjz6Jk-/ Unsplash)

Referências (8)

1. Sherman SA, Rogers RJ, Davis KK, Minster RL, Creasy SA, Mullarkey NC, et al. Energy Expenditure in Vinyasa Yoga Versus Walking. Journal of Physical Activity and Health. 2017Jan;14(8):597–605.
Fonte

2. Jakicic JM, Davis KK, Rogers RJ, Sherman SA, Barr S, Marcin ML, et al. Feasibility of Integration of Yoga in a Behavioral Weight‐Loss Intervention: A Randomized Trial. Obesity. 2021Feb2;29(3):512–20.
Fonte

3. Polsgrove M J, Eggleston BM, Lockyer RJ. Impact of 10-weeks of yoga practice on flexibility and balance of college athletes. Int J Yoga 2016;9:27-34.
Fonte

4. Lemay V, Hoolahan J, Buchanan A. Impact of a Yoga and Meditation Intervention on Students' Stress and Anxiety Levels. American Journal of Pharmaceutical Education. 2019Jun;83(5):7001.
Fonte

5. Martin AC, Keats MR. The Impact of Yoga on Quality of Life and Psychological Distress in Caregivers for Patients With Cancer. Oncology Nursing Forum. 2014May25;41(3):257–64.
Fonte

6. Bock BC, Fava JL, Gaskins R, Morrow KM, Williams DM, Jennings E, et al. Yoga as a Complementary Treatment for Smoking Cessation in Women. Journal of Women's Health. 2012Feb1;21(2):240–8.
Fonte

7. Piña AA, Shadiow J, Tobi Fadeyi A, Chavez A, Hunter SD. The acute effects of vinyasa flow yoga on vascular function, lipid and glucose concentrations, and mood. Complementary Therapies in Medicine. 2021Jan;56:102585.
Fonte

8. Ni M, Mooney K, Signorile JF. Controlled pilot study of the effects of power yoga in Parkinson’s disease. Complementary Therapies in Medicine. 2016Apr;25:126–31.
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Artigo científico
Sherman SA, Rogers RJ, Davis KK, Minster RL, Creasy SA, Mullarkey NC, et al. Energy Expenditure in Vinyasa Yoga Versus Walking. Journal of Physical Activity and Health. 2017Jan;14(8):597–605.
Ir para a fonte
Artigo científico
Jakicic JM, Davis KK, Rogers RJ, Sherman SA, Barr S, Marcin ML, et al. Feasibility of Integration of Yoga in a Behavioral Weight‐Loss Intervention: A Randomized Trial. Obesity. 2021Feb2;29(3):512–20.
Ir para a fonte
Artigo científico
Polsgrove M J, Eggleston BM, Lockyer RJ. Impact of 10-weeks of yoga practice on flexibility and balance of college athletes. Int J Yoga 2016;9:27-34.
Ir para a fonte
Artigo científico
Lemay V, Hoolahan J, Buchanan A. Impact of a Yoga and Meditation Intervention on Students' Stress and Anxiety Levels. American Journal of Pharmaceutical Education. 2019Jun;83(5):7001.
Ir para a fonte
Artigo científico
Martin AC, Keats MR. The Impact of Yoga on Quality of Life and Psychological Distress in Caregivers for Patients With Cancer. Oncology Nursing Forum. 2014May25;41(3):257–64.
Ir para a fonte
Artigo científico
Bock BC, Fava JL, Gaskins R, Morrow KM, Williams DM, Jennings E, et al. Yoga as a Complementary Treatment for Smoking Cessation in Women. Journal of Women's Health. 2012Feb1;21(2):240–8.
Ir para a fonte
Artigo científico
Piña AA, Shadiow J, Tobi Fadeyi A, Chavez A, Hunter SD. The acute effects of vinyasa flow yoga on vascular function, lipid and glucose concentrations, and mood. Complementary Therapies in Medicine. 2021Jan;56:102585.
Ir para a fonte
Artigo científico
Ni M, Mooney K, Signorile JF. Controlled pilot study of the effects of power yoga in Parkinson’s disease. Complementary Therapies in Medicine. 2016Apr;25:126–31.
Ir para a fonte
Resenhas