grãos cheios de vitamina d1
Ultima atualização: 9 de março de 2020

Como escolhemos

27Produtos analisados

35Horas investidas

13Estudos avaliados

123Comentários coletados

Os fãs do mundo dos suplementos sabem perfeitamente que muitos dos itens mais vendidos são muito úteis, mas não são indispensáveis. Os produtos para musculação, para queimar gordura e os nootrópicos podem ser tomados ou não, dependendo da necessidade de cada um. Mas, e aqueles que são indispensáveis para nós? A vitamina B1 ou tiamina é uma molécula essencial para a saúde mental, muscular e cardiovascular.

Este nutriente é obtido de forma natural mediante uma dieta saudável. Entretanto, qualquer desequilíbrio nos nossos hábitos pode causar uma perigosa falta de tiamina. Você quer saber como manter seus níveis de B1 dentro dos limites saudáveis? Siga lendo!

O mais importante

  • A vitamina B1 é uma molécula hidrossolúvel que faz parte das vitaminas do grupo B.
  • A vitamina B1 permite a síntese de energia através dos carboidratos e mantém a estabilidade celular. Sua carência pode causar uma perigosa doença conhecida como beribéri.
  • Na hora de comprar um suplemento de vitamina B1 é necessário considerar os alérgenos do produto, sua adequação a uma dieta vegana, a forma de apresentação desejada, a combinação do suplemento com outros nutrientes e a relação custo-benefício.

Os melhores suplementos de vitamina B1 do mercado: Nossas recomendações

Os suplementos de vitamina B1 são muito menos populares que os complementos nutricionais multivitamínicos (que possuem todas as vitaminas do complexo B agrupadas). Se você deseja personalizar sua suplementação ao máximo e quer optar por um item que tenha, únicamente, a tiamina, consulte este ranking com os melhores suplementos de vitamina B1 do mercado:

Uma opção econômica e de qualidade

A vitamina B1 da Unilife vem numa embalagem com 60 comprimidos, é ideal para fortalecer o sistema imunológico e melhorar a capacidade do organismo de resistir a condições estressantes. As cápsulas são veganas.

Suplemento de vitamina B1 para suprir sua necessidade diária

A vitamina B1 da Tiaraju é uma vitamina hidrossolúvel, com cápsulas veganas. A tiamina é responsável pela tonicidade muscular normal do intestino, estômago e coração. 1 comprimido por dia é o suficiente para suprir a dose necessária.

O melhor combo de vitamina B1

Este combo de suplemento da Semprebom é ótimo para a saúde. Cada frasco contém 60 comprimidos. A tiamina ou vitamina B1 fortalece o sistema imunológico e sua suplementação é muito importante, desde que feita da forma adequada.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre a vitamina B1

A vitamina B1 tem uma função essencial na hora de preservar a atividade mental, muscular e cardíaca. Uma carência deste nutriente pode acarretar consequências devastadoras para a nossa saúde. Em casos extremos, este déficit pode até ameaçar a vida. Por sorte, a vitamina B1 é fácil de obter através de uma alimentação saudável ou pelo uso de suplementos.

girl taking a pill

A vitamina B1 contribui para manter um funcionamento neurológico normal. (Fonte: Guillem: 89108330 / 123rf.com)

O que é a vitamina B1?

Uma vitamina é uma molécula que regula o funcionamento metabólico do organismo. Estas substâncias, que possuem um papel vital na manutenção da nossa saúde, não podem ser sintetizadas pelo nosso corpo, portanto, devem fazer parte de uma dieta saudável.

A vitamina B1 regula a produção de energia no organismo.

Em casos excepcionais, essas vitaminas podem ser obtidas por meio da suplementação. A tiamina, mais conhecida pelo nome de vitamina B1, é uma substância solúvel em água (hidrossolúvel) que faz parte de um grupo de oito moléculas, conhecidas como as vitaminas do complexo B.

No nosso organismo, a tiamina regula a produção energética e controla o bom funcionamento dos tecidos corporais, intervindo nos seguintes processos:

  • Síntese de energia a partir dos carboidratos: A tiamina regula a síntese de energia (em forma de moléculas de ATP) a partir dos carboidratos.
  • Metabolismo das gorduras: Os lípidos também necessitam da presença de vitamina B1 para sua utilização correta, permitindo que estas moléculas sejam aproveitadas pelas células para dar lugar a energia ou intervir na síntese hormonal.
  • Manutenção dos níveis adequados de neurotransmissores e moléculas de sinalização: A tiamina é essencial para a formação de ácido gama-aminobutírico (GABA), glutamato e aspartato, entre outros. Estas substâncias permitem a transmissão de sinais entre as células do organismo.
  • Controle do estresse oxidativo: A vitamina B1 é essencial para a síntese de NADPH, uma molécula que capta os compostos oxidantes liberados durante o metabolismo celular e os impede de danificar os tecidos corporais.
  • Manutenção da estabilidade celular: Ao regular a produção de energia e a síntese de moléculas de sinal, a tiamina mantém as células estáveis e permite que exerçam suas funções de maneira adequada.
  • Manutenção da função neuronal: A vitamina B1 é especialmente relevante para o controle da atividade neuronal, por seus efeitos na regulação de energia e na transmissão de impulsos nervosos.

A dose diária recomendada de vitamina B1 varia dependendo da idade, sexo e as condições especiais de cada indivíduo (por exemplo, gravidez e amamentação). Na seguinte tabela você vai poder encontrar a Quantidade Diária Recomendada (QDR) de tiamina dependendo dos fatores citados:

Grupo populacionar QDR (miligramas/dia)
Bebês 0-6 meses 0,2
Bebês 7-12 meses 0,3
Crianças 1-3 anos 0,5
Crianças 4-8 anos 0,6
Crianças 9-13 anos 0,9
Mulheres adolescentes 14-18 anos 1
Homens adolescentes 14-18 anos 1,2
Mulheres com mais de 18 anos 1,1
Homens com mais de 18 anos 1,2
Mulheres grávidas 1,4
Mulheres em período de amamentação 1,4

Quais os sintomas da falta de vitamina B1?

A ingestão insuficiente de alimentos, uma dieta desequilibrada, o abuso de álcool e o consumo excessivo de carboidratos, podem causar um déficit de tiamina. Vamos analisar melhor abaixo:

  • Dietas desequilibradas: A tiamina é encontrada em muitos alimentos (como a carne vermelha, o leite, as frutas secas e os legumes). No entanto, as pessoas que evitam estes alimentos possuem um risco maior de sofrer com a falta de vitamina B1. Entre estes indivíduos se encontram as pessoas com transtornos alimentares (anorexia ou bulimia) e os vegetarianos.
  • Abuso do álcool: O álcool pode inibir a absorção de vitamina B1 no trato gastrointestinal. A consequente carência pode causar lesões cerebrais inicialmente reversíveis (encefalopatia de Wernicke), que, se não forem tratadas podem se tornar irreversíveis (síndrome de Korsakoff).
  • Excesso de carboidratos na dieta: Já que a tiamina é indispensável para o metabolismo da glicose, um aumento na ingestão de carboidratos refinados (como arroz, massa e alimentos processados) vai elevar a exigência dessa vitamina e vai causar uma carência relativa.
grãos cheios de vitamina d1

A carne e os alimentos integrais são ricos em vitamina B1. (Fonte: ratmaner: 91326126 / 123rf.com)

O corpo humano é capaz de armazenar apenas 30mg de vitamina B1 (principalmente no tecido muscular esquelético, neuronal e cardíaco). Os sintomas derivados do déficit de tiamina vão aparecer precocemente, causando uma série de condições cuja gravidade vai depender da intensidade da hipovitaminose e do seu tempo de evolução.

Sintomas iniciais:

  • Taquicardia (batimento cardíaco acelerado, mesmo em repouso)
  • Falta de energia e sensação de fadiga
  • Fraqueza muscular
  • Perda de reflexos
  • Perda de apetite
  • Tristeza e irritabilidade
  • Problemas de visão
  • Náuseas
  • Neuropatia periférica (distúrbios de sensibilidade difíceis de descrever, parecidos com um formigamento dos dedos das mãos e dos pés)

Alteração no sistema nervoso

A doença “beribéri” (do cingalês, “debilidade”) foi descrita pela primeira vez no Sri Lanka, afetando pessoas que consumiam exclusivamente arroz (pobre em tiamina). Sua primeira fase, afeta eminentemente a função nervosa, causando:

  • Neuropatia periférica
  • Alterações no equilíbrio e coordenação
  • Encefalopatia de Wernicke (uma lesão cerebral reversível que combina alterações motoras e sensitivas, provocando vômito, movimentos oculares anormais, febre e alterações intelectuais)
  • Síndrome de Korsakoff (o seguinte estado da encefalopatia de Wernicke, onde as lesões cerebrais se tornam irreversíveis, aparecendo também alterações na memória, delírios e amnésia)

Alterações cardiovasculares

A fase mais avançada do beribéri enfraquece o músculo cardíaco, provocando uma incapacidade progressiva para atender às demandas de oxigênio e nutrientes do corpo. Esta condição pode ser letal e vem acompanhada dos seguintes sintomas:

  • Edema generalizado (retenção de água e sal pelos rins)
  • Taquicardia
  • Hipertensão arterial
  • Angina (dor no peito opressiva, secundária da sobrecarga cardíaca)
  • Infarto do miocárdio (dano directo ao músculo cardíaco, potencialmente letal)
  • Insuficiência cardíaca fulminante (incapacidade de atender às demandas do corpo, potencialmente letal)
pílulas de vitamina d1

O consumo excessivo de álcool pode dar lugar a uma carência de vitamina B1. (Fonte: Thongphasuk: 51027689 / 123rf.com)

Diagnosticada a tempo, a falta de B1 é facilmente tratada. Os sintomas iniciais podem ser aliviados por uma dieta rica em tiamina ou o consumo de suplementos.

O beribéri, no entanto, deve ser tratado urgentemente por um médico. Portanto, se você faz parte de algum dos seguintes grupos, observe cuidadosamente seus níveis de B1:

  • Pessoas que consomem álcool em excesso (sendo uma quantidade excessiva mais de uma dose diária para mulheres e mais de duas para homens);
  • Pessoas que sofrem com má absorção intestinal (afetados pela doença de Crohn, colite ulcerativa, doença celíaca, entre outras);
  • Pessoas que sofrem de transtornos alimentares (anorexia e bulimia, entre outros);
  • Veganos ou vegetarianos com dietas desequilibradas (ricas em carboidratos refinados);
  • Pessoas que seguem “dietas milagrosas” (dietas de emagrecimento hipocalóricas e carentes de nutrientes);
  • Pessoas que consomem muito “fast food” (ricos em carboidratos refinados e pobre em micro e macronutrientes).

Quais alimentos são ricos em vitamina B1?

Considerando a grande importância da tiamina para o organismo, é essencial conhecer as principais fontes dessa vitamina. Os legumes, a carne vermelha e os ovos são alguns exemplos para aumentar os níveis de B1 na dieta. Na seguinte tabela, vamos mostrar o valor nutricional de alguns alimentos:

Alimento (100 gramas) Contribuição de vitamina B1 (miligramas/100 gramas) Porcentagem de QDR (adultos)
Levadura de cerveja 9 750 %
Semente de girassol 3,2 267 %
Cereais fortificados 1,4 115 %
Carne de porco 1,1 90 %
Carne bovina 0,4 33 %
Feijão preto 0,4 33 %
Atum 0,4 33 %
Fígado de frango 0,3 25 %
Pão integral 0,3 25 %
Pão branco 0,2 17 %
Melão 0,2 17 %
Algas Spirulina 0,2 17 %
Ovo (cozido) 0,1 8 %
Brócolis 0,1 8 %
Abacaxi 0,1 8 %

O consumo excessivo de carboidratos refinados pode diminuir os níveis de B1, já que essa vitamina é utilizada para transformar estes nutrientes em energia. No entanto, o consumo de carboidratos integrais fornece vitamina B1, favorecendo o organismo.

Dr. BergQuiroprático

“Quanto mais estresse você sofrer, maiores serão suas necessidades de vitamina B1.”

Quais os benefícios do suplemento de vitamina B1?

Se não é possível obter a tiamina necessária através de uma alimentação saudável, é possível utilizar suplementos. Na área médica, os profissionais de saúde podem injetar a tiamina em casos graves. No entanto, também existem suplementos nutricionais de venda livre.

Para as pessoas que decidem optar pela suplementação oral, é aconselhado utilizar uma dose de 50mg de tiamina por dia. Este remédio não será efetivo para as pessoas que sofrem de má absorção intestinal, que devem verificar com o seu médico.

Os suplementos de tiamina favorecem especialmente pessoas que consomem álcool com frequência, que fazem dietas de emagrecimento hipocalóricas e as que consomem grandes quantidades de carboidratos. Manter níveis adequados de vitamina B1 fornece os seguintes benefícios:

  • Manutenção da função intelectual normal
  • Manutenção da função cardiovascular normal
  • Manutenção da função muscular normal
  • Manutenção do metabolismo
  • Melhora no controle da diabete
  • Proteção cardiovascular
  • Melhora nos sintomas da demência
  • Alívio das cólicas menstruais
  • Prevenção da catarata
comida cheia de vitamina b1

A vitamina B1 pode melhorar muitos aspectos em nosso organismo. (Fonte: ratmaner: 80185825 / 123rf.com)

Como utilizar os suplementos de vitamina B1?

Você pode adquirir os suplementos de vitamina B1 em forma de comprimidos ou tabletes. Geralmente, uma dose única diária será suficiente, devendo ser tomada de acordo com a instrução do fabricante. Nas seguintes linhas, você vai poder encontrar instruções sobre o uso deste suplemento:

  • Dose: uma dose de 2,5 – 5 mg/dia será suficiente para manter os níveis de tiamina dentro do normal. A maioria dos suplementos possui entre 50 – 100 mg de tiamina por dose. Como a vitamina B1 é hidrossolúvel, não vai ficar acumulada no organismo.
  • Momento da suplementação: os suplementos de vitaminas do complexo B geralmente devem ser tomados pela manhã, mas também pode ser tomado em outro momento.
  • Consumir em jejum ou com alimentos: as vitaminas do complexo B são solúveis em água, por isso não é necessário consumir com alimentos. Mas também podem ser consumidos com alimentos, sem afetar sua absorção.
  • Duração da suplementação: este tipo de suplementação deve ser utilizado para aliviar uma carência. Por isso, é aconselhado que esse processo seja acompanhado por um médico.

É necessário seguir uma série de regras para obter benefícios da suplementação oral. Quem utilizar estes suplementos deve ser capaz de engolir sem engasgar e seu trato intestinal deve estar saudável para permitir a absorção de tiamina. Um profissional de saúde vai oferecer outras opções caso seja necessário.

muitos alimentos com vitamina d1

Diagnosticada a tempo, a carência de vitamina B1 é facilmente tratável. (Fonte: Baibakova: 66526085 / 123rf.com)

Critérios de compra

Se você viu que o suplemento de vitamina B1 é adequado para a sua saúde, não deixe de ler a seguinte seção do nosso guia de compras. Abaixo, você vai encontrar uma série de critérios de compra que vão te ajudar a escolher um produto de alta qualidade que se adapte às suas necessidades nutricionais.

Alérgenos e intolerâncias

Mesmo que você não seja alérgico a tiamina, é possível que os suplementos de vitamina B possuam outros alérgenos, como glúten, lactose, soja, extrato de frutas secas ou peixe.

Verifique atentamente a embalagem dos produtos antes de efetuar a compra e descarte aqueles que contenham compostos que você seja intolerante.

View this post on Instagram

La tiamina es la primera vitamina del grupo B. Es hidrosoluble, lo que quiere decir que se disuelve en agua, por lo que es expulsada a través de la orina, y debe reponerse continuamente ya que se almacena en muy pocas cantidades en el cuerpo. La Vitamina B1 ayuda a fomentar la salud de los nervios y músculos de los niños. Es requerido por el cuerpo de un niño para descomponer los carbohidratos en energía. La tiamina se encuentra naturalmente presente en muchos alimentos, y la podemos encontrar en fuentes vegetales, como los frijoles negros, soja, semillas, nueces; y en fuentes animales, como la carne, especialmente el cerdo y el pescado. Siempre respetando las medidas de higiene y recomendación al preparar alimentos para niños. La tiamina se encuentra en los suplementos multivitamínicos/multiminerales, en suplementos dietéticos del complejo vitamínico B, y en suplementos que sólo contienen tiamina. ¿Qué pasa si no se consume suficiente tiamina? Si no se obtiene suficiente tiamina de los alimentos que se consumen se puede sufrir de pérdida de peso y apetito, confusión, pérdida de memoria, debilidad muscular y problemas cardíacos. . Esta noche, pendientes con la siguiente entrega de esta serie dedicada a la vitamina B. . Si te pareció relevante, comparte este conocimiento, para que más personas puedan estar informados. Estaré atento a sus comentarios. Fuente: Office of Dietary Supplements . . . #elconocimientoesparacompartir #drmendozapediatra #vitaminab1 #b1 #tiamine #tiamina #alimentacionsaludable #alimentacioncomplementaria #ac #vitaminasparaniños #pediatra #pediatria

A post shared by Dr. Hector Mendoza – Pediatra (@drmendozapediatra) on

Nutrição vegana e vegetariana

Se você é vegano ou vegetariano, procure os selos de qualidade nos seus suplementos. Cada vez mais laboratórios escolhem utilizar produtos de origem animal em seus produtos, ainda existem alguns fabricantes que utilizam lactose, gelatina de origem bovina ou extrato de peixe.

As pessoas que eliminaram todos os itens de origem animal em sua dieta deverão ter atenção especial, cuidando na hora de comprar qualquer suplemento. Uma alternativa a gelatina bovina (utilizada para cobrir as cápsulas) é a celulose.

foco

Você sabia que o déficit de tiamina é uma das carências vitamínicas mais graves e, ao mesmo tempo, uma das mais fáceis de tratar?

Forma de apresentação

A forma mais comum de apresentação dos suplementos de tiamina são cápsulas ou comprimidos, mas também é possível encontrar fórmulas líquidas.

Este formato será perfeito para aquelas pessoas que não podem ou não querem ingerir um comprimido todos os dias. Mas não confunda com o formato injetável, que deve ser administrado por profissionais da saúde.

Combinação com outros nutrientes

A carência de vitamina B1 pode ser acompanhada de outras deficiências nutricionais. Considere adquirir um produto que forneça outras vitaminas além da tiamina.

Se você é vegano ou segue uma dieta de emagrecimento, um multivitamínico pode ser a melhor opção. Na seguinte tabela vamos mostrar as combinações nutricionais mais recomendadas:

Grupo populacional Combinação com B1
Veganos e vegetarianos Vitamina B12
Ômega-3
Ferro
Cálcio
Vitamina D
Vitamina K-2
Zinco
Iodo
Pessoas recuperadas do vício ao álcool Vitamina B6
Vitamina B9
Selênio
Magnésio
Zinco
Vitamina C
Pessoas com dietas desequilibradas (nutrição insuficiente) Cálcio
Vitamina D
Ferro
Vitamina B12
Vitamina B9
Magnésio
Pessoas que sofrem de fatiga Coenzima Q10
Vitamina B12
Ferro
Creatina
Citrulina

Resumo

A vitamina B1 é um nutriente indispensável para a saúde. Os níveis adequados de tiamina permitem manter a função intelectual e muscular adequadas. Se sua dieta possui um excesso de carboidratos, é essencial complementar a tiamina para evitar qualquer desequilíbrio.

Os suplementos de vitamina B1 são uma boa opção para combater a carência de tiamina. Este complemento nutricional será seu aliado se você estiver se recuperando de um vício ao álcool ou se você decidiu adotar um estilo de vida mais saudável. Essa vitamina fornece muitos benefícios para a saúde. Que tal tentar?

Se você gostou do nosso guia sobre suplementos de vitamina B1, deixe um comentário ou compartilhe este artigo em suas redes sociais!

(Fonte da imagem destacada: morisfoto: 123609587 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Anabel Rodríguez Formada em Medicina
Formada em Medicina, tem como missão utilizar o método científico para encontrar novas formas de potencializar o rendimento esportivo e intelectual das pessoas. Quer conversar com as pessoas que desejam se informar sobre suplementação com base em evidências. Seus suplementos favoritos são a L-teanina e as vitaminas do grupo B.
Redatora do Saudável&Forte, Luiza pesquisa com muito cuidado e auxiliar na redação e edição de artigos relevantes que envolvem um dos temas que mais lhe interessam: o universo da suplementação.