folhas de laranja e óleo
Ultima atualização: 10 de julho de 2020

Como escolhemos

21Produtos analisados

29Horas investidas

14Estudos avaliados

96Comentários coletados

Sua pele está mais opaca que o normal? Você começou a observar algumas linhas de expressão e manchas no seu rosto? A ideia de fazer algum tratamento mais “agressivo”, como laser ou botox, te dá medo? Neste caso, vamos propor que você procure a resposta num produto bem básico da nutrição. A vitamina C para o rosto pode ajudar a prevenir o envelhecimento precoce.

A vitamina C é um antioxidante reconhecido, que deve ser utilizado diariamente para proteger a pele do seu rosto dos temidos radicais livres. Se você quer saber mais sobre os benefícios que este nutriente pode fornecer ao seu rosto e se você está interessado em saber se os suplementos e os cosméticos com vitamina C são realmente efetivos, não perca este artigo!

O mais importante

  • A vitamina C é uma molécula antioxidante necessária para a síntese do colágeno. Pode proteger a pele do rosto das ações dos radicais livres, atrasando o aparecimento de manchas e rugas.
  • A vitamina C é um composto relativamente seguro. O incômodo digestivo é um efeito colateral comum dos suplementos, enquanto a irritação da pele do rosto é o principal problema da vitamina C tópica.
  • Se você não sabe se escolhe um suplemento de vitamina C, um sérum ou ambos os produtos, pense na sua rotina diária, em seus tratamentos farmacológicos e no seu orçamento antes de fazer a compra.

Os melhores produtos de vitamina C para o rosto: Nossas recomendações

Se você quer utilizar a vitamina C para melhorar o aspecto do seu rosto, deve saber que tem a sua disposição produtos de uso oral (suplementos) e de aplicação externa (séruns e cremes). Não importa se você é um amante dos suplementos ou dos cosméticos, você poderá encontrar uma opção que se ajuste às suas necessidades nas seguintes recomendações:

O sérum de vitamina C com melhor custo benefício

Este sérum da Tracta contém 10% de vitamina C nanoencapsulada e pode ser utilizado por pessoas com todos os tipos de pele. Tem ação antioxidante, clareador e antirrugas, em uma embalagem de 30ml com conta gotas, que facilita a aplicação. Além de todos os benefícios, tem um ótimo custo benefício.

Suplemento de vitamina C

Este suplemento de vitamina C da Now Foods é vegano e vendido em uma embalagem com 100 cápsulas com 25mg cada. Além de ter um papel muito importante no sistema imunológico, a vitamina C auxilia na síntese do colágeno e é importante para a saúde da pele, ossos e articulações. A dose recomendada é de 1 comprimido por dia.

Um creme com vitamina C de alta qualidade

A marca Adcos é reconhecida por sua qualidade e não é diferente com este creme de vitamina C. Esta versão é indicada para pele oleosa, acneica e mista, possui 20% de vitamina C pura, promovendo revitalização, melhorando a elasticidade e firmeza da pele com um efeito matte e toque seco. Ajuda na redução de rugas e linhas de expressão, devolve o viço e luminosidade, além de uniformizar a tonalidade e melhorar a textura da pele. A embalagem possui 30g.

Um suplemento muito completo

Este suplemento de vitamina C da Performance Nutrition em tabletes é recomendado pela sua fácil absorção pelo organismo. Com 1000mg cada cápsula e bioflavonoides, é um antioxidante que auxilia na proteção dos danos causados pelos radicais livres, bem como o bom funcionamento do sistema imunológico. Disponível na versão com 60 ou 100 tabletes, a dose diária recomendada é 1 ao dia.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre a vitamina C para o rosto

A vitamina C é uma molécula antioxidante capaz de proteger da oxidação celular causada pela radiação solar e os produtos tóxicos, como o tabaco. Ela também demonstrou possuir uma atividade antimanchas e efeitos foto protetores. Estes descobrimentos tornaram a vitamina C um produto extremamente popular para o cuidado da pele do rosto.

menina com laranjas no rosto

A vitamina C é necessária para a síntese do colágeno. (Fonte: Khosrork: 63692111 / 123rf.com)

A vitamina C é um antioxidante para a pele do rosto?

Todo mundo sabe da importância da vitamina C para o bem estar. Esta molécula solúvel em água intervém em inúmeras reações químicas do corpo humano, contribuindo com a formação de energia e com a integridade dos órgãos.

Ela também é necessária para que o sistema imunológico desenvolva sua atividade defensiva. No entanto, a grande popularidade deste nutriente se deve ao seu papel como antioxidante.

A vitamina C é capaz de se opor aos efeitos dos radicais livres, as substâncias relacionadas com o aparecimento de doenças e com o envelhecimento precoce. Esta última condição pode provocar estragos na pele (1, 2, 3, 4):

  • Rugas: a exposição excessiva aos radicais livres pode causar dano excessivo à pele. O corpo humano pode tentar reparar estas lesões, mas será “parado” pelo ataque dos radicais livres. O reparo será defeituoso, dando lugar as temidas rugas.
  • Manchas: quando a pele é exposta à luz solar, a radiação ultravioleta pode provocar uma lesão que altera a formação de melanina, o pigmento que dá cor à pele. Esta melanina é acumulada de forma incorreta em algumas áreas, criando manchas desagradáveis no rosto, braços ou colo.
  • Flacidez: ninguém consegue escapar dos efeitos da gravidade! A pele das áreas mais elevadas do corpo tendem a cair. No entanto, o excesso de radicais livres acelera este processo, deixando a pele flácida e sem vida.
  • Outras condições: a maioria das pessoas atribui à pele apenas uma importância estética. Porém, a pele é um órgão protetor, suscetível a doenças se não for cuidado. Os radicais livres (pela exposição desmedida à radiação solar) podem induzir doenças graves, como o câncer de pele (5).
menina umedecendo o rosto

A vitamina C é uma molécula antioxidante capaz de proteger da oxidação celular causada pela radiação solar e produtos tóxicos, como o tabaco. (Fonte: Shironosov: 57363540 / 123rf.com)

Tipos de vitamina C para o rosto: a beleza está no interior?

Você quer incluir a vitamina C na sua rotina para melhorar o aspecto do seu rosto? Existem três formas diferentes de “carregar” suas células com este fabuloso antioxidante. Então você pode recorrer a alimentação, aos suplementos ou aos cosméticos.

A vitamina C pode ser consumida em forma de suplementos, cosméticos ou com uma dieta saudável.

Os alimentos ricos em vitamina C deveriam ser constantes na sua dieta. Um adulto precisa de cerca de 75 a 90mg de vitamina C por dia (6, 7). O consumo de produtos ricos em vitamina C pode dar as nossas células as ferramentas necessárias para combater os efeitos dos radicais livres.

Os suplementos de vitamina C geralmente são vendidos como possíveis remédios para o alívio da fadiga ou dos sintomas de resfriados comuns. Foi descoberto que o consumo destes complementos pode aumentar a concentração de vitamina C nas células da pele, ajudando a defender contra a oxidação.

Os cosméticos com vitamina C são opções populares para introduzir esta molécula na rotina de beleza. É possível encontrá-la em séruns, cremes ou produtos esfoliantes. Muitas marcas comercializam estes produtos para combater o envelhecimento precoce, excesso de pigmentação e acne.

Suplementos de vitamina C para o rosto: são realmente efetivos?

As cápsulas, o pó ou as bebidas com vitamina C são muito úteis para evitar a carência deste nutriente. Alguns estudos também demonstraram que utilizar estes suplementos pode elevar a concentração desta molécula no interior das células da pele.

Quais outras informações existem sobre estes suplementos antioxidantes? Vamos ver o que a ciência diz:

O melhor: Escudo anti radicais livres (8, 9)

  • Produção de colágeno: a vitamina C demonstrou ser o “alimento” indispensável das células que criam o colágeno, uma proteína que dá firmeza para a pele do rosto. Se os níveis de vitamina C são baixos, o consumo deste nutriente pode melhorar a produção de colágeno.
  • Função de barreira: a vitamina C também é capaz de “ativar” a produção de lipídios (substâncias gordurosas) que atuam como barreira na pele. Esta molécula também compõe as reservas das nossas células da pele, o que fornece proteção frente aos efeitos da radiação solar.
  • Reparação: alguns estudos em fases iniciais (diretamente sobre células ou em animais) mostraram que a vitamina C pode contribuir com a reparação acelerada de feridas e, inclusive, pode ajudar a reverter os danos causados por uma exposição excessiva à luz solar ou substâncias oxidantes (como as incluídas em algumas tintas de cabelo).

O pior: Doses elevadas e incógnitas (8, 9)

  • Dose dos suplementos: os estudos que utilizam os suplementos de vitamina C para elevar o conteúdo desta molécula na pele utilizam doses muito elevadas. Mesmo a vitamina C não sendo tóxica (inclusive a dose superior a quantidade diária recomendada), um consumo excessivo pode provocar problemas digestivos, como diarreia ou ardência no estômago.
  • Reservas celulares: as células do corpo humano tem um “limite”. Se você tem uma dieta saudável, é muito possível que sua pele já tenha vitamina C suficiente. Neste caso, o consumo de um suplemento não ajudará.
óleo cítrico com vitamina c

Os séruns de vitamina C em forma de ácido ascórbico são mais efetivos, mas podem causar irritação. (Fonte: Marctran: 115372089 / 123rf.com)

Vitamina C tópica para o rosto: é realmente efetiva?

A aplicação de vitamina C diretamente na pele do rosto pode ser benéfica. Este composto potencializa a ação antioxidante do protetor solar e compartilha com os suplementos sua ação estimulante de colágeno.

No entanto, ele é degradado rapidamente. Os especialistas em cosméticos ainda lutam para encontrar uma solução para este problema.

O mejor: Um complemento ao protetor solar (1, 8, 9, 10)

  • Fotoproteção: se você aplicar antes do protetor solar, a vitamina C pode ajudar a “captar” a radiação ultravioleta que escapa do protetor solar. Se utilizar a vitamina E junto com a C, o efeito antioxidante será ainda mais potente. A aplicação tópica pode ser, inclusive, mais efetiva que o uso de suplementos.
  • Textura melhorada: utilizar a vitamina C de forma externa também pode ajudar na síntese do colágeno por parte das células da pele, o que pode melhorar a aparência do rosto.
  • Anti-manchas: a vitamina C demonstrou ser capaz de frear a produção de pigmentos pela pele. Por isso, pode ter uma leve ação anti-manchas, que é incrementada se combinada com outros produtos.

O pior: Uma molécula instável (8)

  • Instabilidade: para que a vitamina C possa penetrar na pele, deve ser apresentada em sua forma mais “pura” (ácido ascórbico) e ter um meio altamente ácido que permita sua absorção. Infelizmente, o ácido ascórbico é um elemento muito instável que pode degradar se misturado com outros compostos ou inclusive com água.
  • Múltiplas fórmulas: para dar mais estabilidade para a vitamina C dos séruns, cremes e outros cosméticos, foram criadas fórmulas mais resistentes, como o ascorbil fosfato de sódio. No entanto, estes derivados da vitamina C tem uma absorção menor e acabam sendo menos efetivos que o ácido ascórbico puro.
  • Absorção discutível: assim como os suplementos de vitamina C, os cosméticos com vitamina C podem não ser especialmente efetivos em pessoas saudáveis e que tenham uma ingestão diária adequada deste nutriente. Suas células estariam “mais que saturadas” de ácido ascórbico!
Dr. Joshua ZeichnerDermatologista

“Recomendo utilizar um sérum com vitamina C logo após a limpeza da pele pela manhã. Depois, aplique o protetor solar. Ambos os produtos vão trabalhar juntos para proteger a pele da radiação ultravioleta.”

Segurança: quais efeitos colaterais a vitamina C para o rosto pode causar?

Um dos pontos fortes da vitamina C é sua segurança. Em comparação com as vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), que se acumulam nos tecidos e podem causar intoxicação, a vitamina C é relativamente segura, mesmo em altas doses. Mas isso não significa que você pode fazer um uso irresponsável desta molécula:

Efeitos colaterais dos suplementos de vitamina C (11, 12)

  • Incômodos gastrointestinais: os suplementos de vitamina C podem causar dor abdominal, náuseas, vômitos e diarreia. Este problema é comum em quem toma uma dose de vitamina C maior que o recomendado (75-90 mg) e em pessoas com estômago sensível.
  • Pedras nos rins: doses muito altas de vitamina C (2000 mg ou mais) podem aumentar a possibilidade de sofrer com pedras nos rins, um condição especialmente dolorosa e que exigirá uma visita ao hospital.
  • Interações medicamentosas: a vitamina C pode afetar o efeito dos medicamentos mais comuns, como antiácidos, anticoncepcionais orais, os remédios para baixar o colesterol e os anticoagulantes, entre outros. Consulte seu médico antes de utilizar o suplemento de vitamina C se você segue algum tratamento crônico.

Efeitos colaterais da vitamina C tópica (13)

  • Irritação: a vitamina C pode provocar uma sensação de formigamento na pele. Em algumas peles mais sensíveis, pode causar irritação e vermelhidão. Se isso ocorrer, reduza a quantidade de vitamina C ou utilize com menos frequência, dando tempo para a pele “acostumar”.
  • Esfoliação: a vitamina C tem um leve efeito peeling que despertou o interesse de alguns especialistas. É possível que cause este efeito, uma descamação da pele ao longo do dia. Um sinal que você exagerou na quantidade de produto.
  • Interações com outros compostos: se você deseja combinar os efeitos antioxidantes do ácido ascórbico com a atividade antirrugas do retinol, pense duas vezes. A combinação da niacinamida e vitamina C podem causar vermelhidão.
menina com óleo de vitamina c

A vitamina C pode ser combinada com a vitamina E para potencializar seu efeito foto protetor. (Fonte: Wang: 115848039 / 123rf.com)

Critérios de compra

Agora que você sabe que tanto a vitamina C em forma de suplementos como em cosméticos podem ser benéficos para a pele do rosto, é hora de saber qual formato é mais adequado para você. Então, confira esta seção. Vamos analisar os critérios que você deve considerar para escolher o produto certo.

Cosméticos e nutrição

Os suplementos de vitamina C são mais do que um complemento nutricional. Por este motivo, devem ser utilizados sobre supervisão médica. Esta dica é especialmente importante para pessoas mais sensíveis (jovens em fase de crescimento, grávidas, idosos e pessoas com doenças crônicas que façam tratamento médico).

No entanto, a maioria dos produtos cosméticos com vitamina C podem ser utilizados no rosto sem medo de complicações inesperadas. Diferente do retinol, os cremes e séruns com vitamina C podem ser utilizados durante a gravidez (com autorização do seu ginecologista) (14).

mosaico cítrico

As pessoas que consomem frutas e legumes ricos em vitamina C podem manter um rosto mais jovem durante mais tempo. (Fonte: Belchonock: 97807053 / 123rf.com)

Suplemento ou cosmético

Você toma muitos remédios? Neste caso, valorize a real necessidade de introduzir mais um item à sua rotina. Mesmo que muitos suplementos de vitamina C tenham origem natural, podem afetar seus medicamentos comuns. Consulte seu médico antes de consumir.

Mas, você gosta de cosméticos? Se você já tem uma rotina de beleza, talvez não queira se arriscar com mais um produto que pode causar irritação. Se você já utiliza produtos com retinol, recomendamos que você aplique a vitamina C em um horário diferente.

Rotina

Pense no seu dia a dia. Você gosta de cuidar da pele do rosto, esfoliando e utilizando produtos em diferentes horários do dia? Neste caso, aplicar um sérum de vitamina C antes do protetor solar pode ajudar a manter seu rosto livre de manchas e rugas por mais tempo.

Porém, se você prefere a cara lavada e não gosta de aplicar cosméticos, talvez seja melhor deixar os séruns de lado. Cuidar da sua alimentação ou incluir um suplemento de vitamina C na sua dieta será um opção muito melhor para você. Mas não esqueça do protetor solar!

Conclusão: Sérum para o rosto, suplementos para a vida

Se a sua dieta for pobre em vitamina C, um suplemento deste nutriente pode ajudar a evitar sua carência e a proteger seu rosto dos radicais livres durante mais tempo. No entanto, se o que você quer é potencializar o efeito do protetor solar, o ácido ascórbico em forma de creme ou sérum atuará mais rapidamente.

Se falamos de beleza, a vitamina C em forma tópica é a ganhadora. Alguns cosmetólogos aconselham também o consumo de suplementos deste nutriente para proteger a pele em todos os ângulos. Porém, lembre-se que se a sua dieta já for rica em vitamina C, adicionar mais ácido ascórbico não terá benefícios significativos (8, 13).

Suplementos de vitamina C Cosméticos com vitamina C
Auxilia na carência de vitamina C Absorção direta (camadas superficiais da pele do rosto)
Possível ação antioxidante, favorecendo a síntese de colágeno Possível ação antioxidante, antimanchas e estimulante da síntese de colágeno
Algum grau de proteção contra a radiação solar (combinada com vitamina E e zinco) Potencializa o efeito do protetor solar
Boa absorção Absorção em condições especiais (meio ácido e na forma de ácido ascórbico)
Mais ativo na forma de sérum
Fácil de conservar (na embalagem original, manter em local fresco e seco) Degrada facilmente, exige uma embalagem opaca, manter longe da luz solar e das temperaturas extremas
Pode ser ingerido em qualquer momento do dia, acompanhado ou não de alimentos Utilizar pela manhã, depois da limpeza facial e antes do protetor solar e maquiagem
Efeitos colaterais pouco frequentes (interações medicamentosas, incômodos gastrointestinais e pedras nos rins) Pode causar irritação nas primeiras aplicações, melhorando com o tempo

Resumo

A vitamina C é uma molécula essencial para a pele do rosto. Ao permitir a cicatrização de feridas, intervir na síntese de colágeno e proteger dos radicais livres, este nutriente vai ajudar a manter o rosto mais jovem durante mais tempo. Quando aplicada diretamente na pele, a vitamina C potencializa os efeitos do protetor solar.

No entanto, é importante lembrar que o efeito antioxidante desta vitamina sempre acaba perdendo contra os mau tratos a nossa pele. Se você quiser evitar a deficiência de vitamina C, siga uma dieta rica em frutas e verduras frescas, use protetor solar diariamente e abandone o consumo de tabaco. Sua pele vai agradecer!

Se, com este guia, você conseguiu aprender mais sobre os benefícios da vitamina C para o rosto, compartilhe este artigo em suas redes sociais!

(Fonte da imagem destacada: Dvulikaia: 135224119 / 123rf.com)

Referências (14)

1. Manríquez JJ, Majerson Gringberg D, Nicklas Diaz C. Wrinkles. BMJ Clin Evid [Internet]. 2008 Dec 16.
Fonte

2. Hillebrand GG, Liang Z, Yan X, Yoshii T. New wrinkles on wrinkling: An 8-year longitudinal study on the progression of expression lines into persistent wrinkles. Br J Dermatol [Internet]. 2010;162(6):1233–41.
Fonte

3. B. P, R. D. Free radicals and extrinsic skin aging. Dermatol Res Pract [Internet]. 2012.
Fonte

4. Choi W, Yin L, Smuda C, Batzer J, Hearing VJ, Kolbe L. Molecular and histological characterization of age spots. Exp Dermatol [Internet]. 2017 Mar 1 ;26(3):242–8.
Fonte

5. Bisevac JP, Djukic M, Stanojevic I, Stevanovic I, Mijuskovic Z, Djuric A, et al. Association Between Oxidative Stress and Melanoma Progression. J Med Biochem [Internet]. 2018 Jan 1 ;37(1):12–20.
Fonte

6. Gómez C, Sastre A. Tabla de recomendaciones (normativas y recomendaciones nutricionales SEOM). Soporte Nutricional en el paciente oncológico [Internet]. 2002;317–22.
Fonte

7. Departamento de Agricultura de Estados Unidos (USDA). FoodData Central [Internet]. FoodData Central. 2019.
Fonte

8. Pullar JM, Carr AC, Vissers MCM. The Roles of Vitamin C in Skin Health. Nutrients [Internet]. 2017 Aug 12;9(8):866.
Fonte

9. Michels A. Vitamin C and Skin Health | Linus Pauling Institute | Oregon State University [Internet]. Lius Pauling Institute. 2011.
Fonte

10. Darr D, Dunston S, Faust H, Pinnell S. Effectiveness of Antioxidants (Vitamin C and E) With and Without Sunscreens as Topical Photoprotectants. Acta Derm Venereol [Internet]. 1996;76(4):264–8.
Fonte

11. Vitamin C Uses, Side Effects & Warnings – Drugs.com [Internet].
Fonte

12. Vitamin C (Ascorbic Acid): Uses, Side Effects, Interactions, Dosage, and Warning [Internet].
Fonte

13. Telang P. Vitamin C in dermatology. Indian Dermatol Online J [Internet]. 2013 ;4(2):143.
Fonte

14. Bozzo P, Chua-Gocheco A, Einarson A. Safety of skin care products during pregnancy. Can Fam Physician [Internet]. 2011;57(6):665–7.
Fonte

Por que você pode confiar em nós?

Anabel Rodríguez Formada em Medicina
Formada em Medicina, tem como missão utilizar o método científico para encontrar novas formas de potencializar o rendimento esportivo e intelectual das pessoas. Quer conversar com as pessoas que desejam se informar sobre suplementação com base em evidências. Seus suplementos favoritos são a L-teanina e as vitaminas do grupo B.
Redatora do Saudável&Forte, Luiza pesquisa com muito cuidado e auxiliar na redação e edição de artigos relevantes que envolvem um dos temas que mais lhe interessam: o universo da suplementação.
Artigo científico
Manríquez JJ, Majerson Gringberg D, Nicklas Diaz C. Wrinkles. BMJ Clin Evid [Internet]. 2008 Dec 16.
Ir para a fonte
Artigo científico
Hillebrand GG, Liang Z, Yan X, Yoshii T. New wrinkles on wrinkling: An 8-year longitudinal study on the progression of expression lines into persistent wrinkles. Br J Dermatol [Internet]. 2010;162(6):1233–41.
Ir para a fonte
Artigo científico
B. P, R. D. Free radicals and extrinsic skin aging. Dermatol Res Pract [Internet]. 2012.
Ir para a fonte
Artigo científico
Choi W, Yin L, Smuda C, Batzer J, Hearing VJ, Kolbe L. Molecular and histological characterization of age spots. Exp Dermatol [Internet]. 2017 Mar 1 ;26(3):242–8.
Ir para a fonte
Artigo científico
Bisevac JP, Djukic M, Stanojevic I, Stevanovic I, Mijuskovic Z, Djuric A, et al. Association Between Oxidative Stress and Melanoma Progression. J Med Biochem [Internet]. 2018 Jan 1 ;37(1):12–20.
Ir para a fonte
Tabla de recomendaciones SEOM
Gómez C, Sastre A. Tabla de recomendaciones (normativas y recomendaciones nutricionales SEOM). Soporte Nutricional en el paciente oncológico [Internet]. 2002;317–22.
Ir para a fonte
Site oficial USDA
Departamento de Agricultura de Estados Unidos (USDA). FoodData Central [Internet]. FoodData Central. 2019.
Ir para a fonte
Artigo científico
Pullar JM, Carr AC, Vissers MCM. The Roles of Vitamin C in Skin Health. Nutrients [Internet]. 2017 Aug 12;9(8):866.
Ir para a fonte
Linus Pauling Institute
Michels A. Vitamin C and Skin Health | Linus Pauling Institute | Oregon State University [Internet]. Lius Pauling Institute. 2011.
Ir para a fonte
Artigo científico
Darr D, Dunston S, Faust H, Pinnell S. Effectiveness of Antioxidants (Vitamin C and E) With and Without Sunscreens as Topical Photoprotectants. Acta Derm Venereol [Internet]. 1996;76(4):264–8.
Ir para a fonte
Site oficial
Vitamin C Uses, Side Effects & Warnings – Drugs.com [Internet].
Ir para a fonte
Site oficial
Vitamin C (Ascorbic Acid): Uses, Side Effects, Interactions, Dosage, and Warning [Internet].
Ir para a fonte
Artigo científico
Telang P. Vitamin C in dermatology. Indian Dermatol Online J [Internet]. 2013 ;4(2):143.
Ir para a fonte
Artigo científico
Bozzo P, Chua-Gocheco A, Einarson A. Safety of skin care products during pregnancy. Can Fam Physician [Internet]. 2011;57(6):665–7.
Ir para a fonte